FOTO CAPA

PAGAMENTO À VISTA E RENUNCIA DE IMAGEM. OS DETALHES DA VENDA DE AGUILAR

Publicado às 11h30 desta quarta-feira, 25 de março de 2020.
Que a situação financeira do Santos não é das melhores é uma frase que acompanha o clube, infelizmente, há algum tempo. Sem receitas altas para entrar em um curto espaço de tempo e com muitas contas para pagar, o clube recebeu na semana passada, os R$ 10 milhões da venda do zagueiro Felipe Aguilar. O Peixe exigiu pagamento à vista dos valores.

O Blog do ADEMIR QUINTINO apurou e teve confirmada pelo membro do Comitê de Gestão Matheus Rodrigues que o defensor colombiano que ficou apenas uma temporada em Vila Belmiro, abriu mão de três direitos de imagem que tinha para receber para facilitar a sua ida para o clube de Curitiba.
" Receberemos à vista e o atleta e o empresário dele foram bem cordiais conosco, pois no acordo com o nosso jurídico, houve a renuncia de três meses e meio de imagem. Portanto, o valor total da rescisão somando tudo isso, foi menor do que esperávamos. Só faltava (pagar) o direito de imagem, o CLT (valor na carteira) estava certinho" explicou o membro do CG em entrevista exclusiva a TV Cultura Litoral, na quinta-feira passada (19). 
O Blog do ADEMIR QUINTINO publicou a época da contratação do jogador, em janeiro do ano passado que o atleta custou U$ 4 milhões (R$ 14,9 milhões pela cotação daquele dia) aos cofres do alvinegro. O Peixe dá os direitos federativos ao time da região sul do Brasil, porém, ainda é detentor de metade dos direitos econômicos. O jogador foi o segundo nome contratado na temporada passada, a pedido de Jorge Sampaoli. 
"Eu considero que o Felipe (Aguilar) teve bons momentos no clube. Aconteceram alguns contratempos que acontecem na carreira de jogador (profissional) e ele perdeu espaço. É um excelente profissional, sempre chegou no horário. Concordo com o torcedor que vai haver necessidade de repôr peças ou com pratas da casa ou voltar a fazer contratações, mas entendo que foi um bom negócio porque praticamente o que conseguimos pagar ao Atlético Nacional (da Colômbia) em 100%, nós vendemos pelo mesmo valor e de 50% ." finalizou Matheus Rodrigues.

strutura.com.br

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by