FOTO CAPA

NOITE DE BELOS GOLS

Postado às 21h42 deste domingo, 21 de setembro de 2014.
Mesmo sem empolgar e em alguns momentos até dominado pelo adversário, o Santos venceu o Figueirense, na noite deste domingo (21), por 3 a 1, no estádio do Vila Belmiro. Os gols do alvinegro foram marcados por Leandro Damião, Robinho e Lucas Lima. Com o resultado, o time santista foi para 33 pontos e permanece na nona colocação do Campeonato Brasileiro.

Conforme o Blog do ADEMIR QUINTINO publicou em primeira mão durante a tarde de sábado, Edu Dracena e Arouca foram poupados e não jogaram. A maior surpresa na escalação de Enderson Moreira foi a entrada do jovem Caju no lugar de Zé Carlos na lateral-esquerda. O atacante Thiago Ribeiro que retornava de contusão foi para o banco e Gabriel começou como titular. Recentemente, este espaço realizou uma enquete e 91% dos torcedores santistas desejavam que o camisa 11 fosse para o banco de reservas.

Nos primeiros 45 minutos, o Santos foi completamente dominado. Os catarinenses finalizaram mais de 10 vezes contra apenas três do mandante. Ainda assim, Leandro Damião aproveitou belo cruzamento de Lucas Lima e abriu o placar. Já nos acréscimos, Giovanni Augusto empatou o duelo, após um pênalti que na minha opinião, não aconteceu. A bola toca na mão de Alison, mas o volante alvinegro não teve nenhuma intenção. Critico as interpretações das arbitragens, após a última recomendação da FIFA.

Mesmo sem modificações no time, o Santos voltou melhor na etapa complementar. Novamente Lucas Lima fez brilhante jogada, carregou a bola e entregou a Robinho que com a categoria que Deus lhe deu, colocou o Peixe na frente novamente.

O treinador santista resolveu mudar. Com o Figueirense em busca do ataque, Enderson Moreira retirou Leandro Damião e promoveu a volta de Thiago Ribeiro. Em seguida entrou Leandrinho para a saída de Gabriel. O objetivo foi fechar a marcação e a equipe praticamente num 4-5-1 com apenas Robinho a frente e Thiago acompanhando o lateral-direito adversário, explorar o contra-ataque. A pressão do Figueirense continuou, porém, em um contra-golpe mortal, Robinho lançou Thiago que segurou a bola no tempo certo e rolou para Lucas Lima encobrir com extrema categoria e dar números finais a partida - 3x1.

Para a próxima partida, quinta-feira (25), em Belo Horizonte, o zagueiro David Braz suspenso com três cartões amarelos é desfalque certo. Com isso, Neto deve ser mantido na equipe titular.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 3 X 1 FIGUEIRENSE
Árbitro: Elmo Alves Cunha (GO)
Público/renda: 5.571 pagantes / R$ 96.310,00
Cartões amarelos: David Braz (SAN); Marquinhos e Paulo Roberto (FIG)
GOLS: Leandro Damião, 40'/1ºT (1-0); Giovanni Augusto, 47'/2T (1-1); Robinho, 11'/2ºT (2-1) e Lucas Lima, 44'/2ºT (3-1)
SANTOS: Aranha, Cicinho, Neto, David Braz e Caju (Zé Carlos, 36'/2ºT); Alison, Souza e Lucas Lima; Gabriel (Leandrinho, 26'/2ºT), Robinho e Leandro Damião (Thiago Ribeiro, 16'/2ºT). Técnico: Enderson Moreira
FIGUEIRENSE: Tiago Volpi; Leandro Silva, Marquinhos (Nirley, 28'/2ºT), Thiago Heleno, Marquinhos Pedroso; Paulo Roberto, Marco Antônio (França, 34'/2ºT), Giovanni Augusto; Clayton (Felipe, 12'/2ºT), Pablo e Everaldo. Téncico: Argel Fucks

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS

Aranha: Quando exigido deu conta. Teve sorte na bola chutada no travessão - 6,5
Cicinho: Apoiou pouco. Deficiente nos cruzamentos - 5,5
Neto: Voluntarioso. Pra quem não atuava há quatro meses, foi bem - 6,0
David Braz: O arroz com feijão de sempre. Sofreu um pouco no primeiro tempo - 5,5
Caju: Muito bem no apoio e em sua estreia demonstrou personalidade. Deixou espaços na defesa no primeiro tempo - 6,5
(Zé Carlos): Entrou no fim da partida: SEM NOTA 
Alison: Bem na marcação, como de costume - 6,5
Souza: Dificuldades para fechar o lado esquerdo na marcação e não conseguiu distribuir o jogo - 5,0
Lucas Lima: Não canso de escrever e há muito tempo, o meia tem o melhor preparo físico da equipe. Deu duas assistências e marcou um belo gol. Não é craque, longe disso. Desde a saída de Cícero, tem crescido - 8,0
Gabriel: Pouco participativo no jogo. Aberto pela direita tem sido sacrificado no esquema - 5,5
(Leandrinho): Entrou para fortalecer a marcação no meio-campo. Em alguns momentos foi envolvido com os demais volantes - 5,5
Robinho: Sumido no primeiro tempo, o rei das pedaladas foi fundamental para a vitória na etapa complementar. Marcou um golaço e iniciou a jogada do terceiro gol - 7,5
Leandro Damião: Quando volta ao meio-campo não tem qualidade para toques refinados e envolventes. Em compensação, dentro da área, principalmente na bola área, demonstra que pode produzir. Deixou seu gol de cabeça - 6,5
(Thiago Ribeiro): Entrou muito bem no jogo e deu a assistência para o último gol do jogo - 7,0
Técnico: Enderson Moreira: Ao contrário do jogo contra o Coritiba quando recuou o time desnecessariamente, o treinador santista mandou bem dessa vez quando fortaleceu o meio, já que em muitas oportunidades, os catarinenses chegavam a ficar com cinco homens e o Peixe apenas três já que nenhum dos atacantes titulares voltava para recompor. Vejo muitas críticas ao trabalho do novo comandante técnico que começou há poucas semanas, mas é preciso dar tempo para o mesmo ser cobrado.Em 15 pontos disputados conquistou 10. - 6,5

                                                 

Leia Mais »

EDU DRACENA E AROUCA FORA

Postado às 15h25 deste sábado, 20 de setembro de 2014.
O Santos terá pelo menos duas modificações em relação as duas últimas partidas para enfrentar o Figueirense pela 23a. rodada do Campeonato Brasileiro da série A, às 18h30, no estádio da Vila Belmiro com transmissão da Rede Terra de Rádio/SP - 1.330 AM. Pelo que o Blog do ADEMIR QUINTINO apurou em primeira mão, o zagueiro Edu Dracena e o volante Arouca serão poupados pelo técnico Enderson Moreira e não enfrentam os catarinenses.

O zagueiro Edu Dracena que inclusive será homenageado pelo clube minutos antes da partida, por completar cinco anos de Santos, nesse fim de semana atuou nos últimos 10 jogos após retornar recuperado da lesão no cruzado anterior do joelho esquerdo que o deixou nove meses afastados dos gramados. Com isso, Neto, que não atua desde de 19 de Maio, na última vitória do alvinegro fora da casa no campeonato contra o Bahia em Feira de Santana, deve ganhar nova oportunidade entre os titulares. 

Alison que cumpriu suspensão contra o Grêmio deve voltar ao meio-campo e sem Arouca preservado, Souza deve permanecer na equipe.

No ataque, a dúvida é se o treinador santista escalará Thiago Ribeiro ou Gabriel. Enderson Moreira não deu pistas de qual a formação irá a campo durante a atividade realizada na manhã deste sábado (19), no CT Rei Pelé e mantém o mistério no ataque.

O Peixe deve ir a campo com: Aranha, Cicinho, Neto, David Braz e Zé Carlos; Alison, Souza e Lucas Lima, Robinho, Thiago Ribeiro (Gabriel) e Leandro Damião.

                                                 
Leia Mais »

CINCO ANOS COM EDU DRACENA

Publicado às 20h15 desta sexta-feira, 19 de setembro de 2014.
O zagueiro Edu Dracena completa, neste domingo (21), cinco anos de vínculo com o Santos. Capitão desde 2010, Edu ajudou o clube a levantar seis títulos: um tricampeonato paulista em 2010/11/12, que não se repetia desde 1969; a conquista da Copa do Brasil em 2010; uma Recopa Sul-Americana em 2012 e a conquista mais importante do clube nas últimas décadas: a Taça Libertadores de América em 2011. 

O defensor chegou a Vila Belmiro em 21 de setembro de 2009, vindo do  Fenerbahce da Turquia, onde ficou durante três temporadas.

Com 17 gols marcados, Dracena é o segundo zagueiro que mais marcou com a camisa do Santos, perdendo apenas para Alex, hoje no Milan (Itália), que marcou vinte vezes. Seus gols mais importantes foram na semifinal da Libertadores de 2011, contra o Cerro, no Pacaembu, e o gol em Salvador, na final da Copa do Brasil de 2010.

Com 33 anos e 215 partidas disputadas, está na galeria dos 80 atletas que mais jogaram pelo Alvinegro e também entre os 15 zagueiros que mais jogaram pelo Santos. Ao lado de Durval, formou uma das quatro duplas de zaga mais vitoriosas da história do Peixe. 

Durante esse período na baixada, além de erguer muitos troféus, o defensor também sofreu com dois rompimentos no ligamento cruzado do joelho esquerdo, uma em 2012 e outra no início desta temporada.

O camisa 2 do alvinegro da Vila tem contrato até dezembro de 2015, e quer continuar fazendo mais história:
"Para mim é motivo de muita honra completar cinco anos em um clube como o Santos. Sempre digo a meus companheiros que é fundamental passar pelo clube e tentar fazer história. Com os títulos que já conquistamos, tenho certeza que dei minha contribuição. Mas ainda quero conquistar mais títulos pelo Santos. Ser campeão está no DNA desse clube" disse Dracena em breve contato com o Blog do ADEMIR QUINTINO.
O xerife santista também faz questão de lembrar do torcedor santista que sempre o apoiou desde que chegou a clube:
"Eu queria também frisar que a torcida do Santos sempre me tratou com muito carinho. Nos bons e maus momentos. Isso aumenta ainda mais a identidade que eu e minha família criamos com o clube e a cidade" afirmou.

Preparador físico deixa o Peixe

O preparador físico Ricardo Rosa deixa o Santos após cinco anos. A informação extra-oficial é a de que o profissional foi convidado e aceitou ir trabalhar com o craque Neymar. 
Parto para um novo desafio em minha carreira, mas faço questão de agradecer ao Santos pela oportunidade no início de 2010 até hoje. Destaco também o excelente ambiente de trabalho no clube e todo o auxílio que tive dos jogadores, comissões técnicas e funcionários, com que atuei nestes quase cinco anos” afirmou Rosas.
Auxiliar de Rosa nesse período, Marco Alejandro assume a função da preparação física da equipe. Marco Alejandro trabalha há 19 anos no Clube – dez no futebol de base e outros nove no profissional. Ele terá como auxiliar Fernando Fernandez, que até então, atuava na academia do CEPRAF (Centro de Excelência em Prevenção e Recuperação de Atletas de Futebol) no CT Rei Pelé.

Ingressos

Além da compra de ingressos para a partida Santos e Figueirense que podem ser adquiridos nos postos autorizados, o torcedor santista tem mais uma opção para adquirir sua entrada para este fim de semana e acompanhar o Peixe na Vila Belmiro, domingo às 18h30.

O Ingresso fácil está vendo bilhetes através da internet:


                                                 
Leia Mais »

ARANHA, EXEMPLO DE DIGNIDADE

Postado às 23h22 desta quinta-feira, 18 de setembro de 2014.
Grêmio e Santos fizeram uma partida horrível e o empate em 0 a 0 pela 22a. rodada do Campeonato Brasileiro retratou exatamente a qualidade medíocre do que aconteceu durante os 90 minutos. Mas se tem alguém que demonstrou lucidez nas palavras, coerência, dignidade e provou ser de uma grandeza acima do que já conhecíamos foi o goleiro Aranha.

O camisa 1 santista, além de realizar três defesas importantes, sofreu durante todo o jogo. Foi alvo de racismos por parte de alguns torcedores do Grêmio há 21 dias, na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil,  e voltou a ser hostilizado, desde o seu aquecimento, neste novo encontro das equipes. Aranha ouviu todos os xingamentos possíveis e imagináveis, exceção a novos apupos em relação a cor da sua pele, até por medo, já que muitos poderiam ser filmados.
"Eu acreditava que a maioria do torcedor gremista repudiava o que tinha acontecido, mas pelo que eu vi hoje eles acharam bonito" disse Aranha aos repórteres na saída do gramado ao final da partida.
As vaias insistentes e em intensidade maior do que normal dos torcedores do time da casa, eram nítidas porque o goleiro santista denunciou as atitudes racistas de uma parte da torcida no jogo passado. E teve profissional bairrista da imprensa local insistindo em dizer que não, classificando tudo como normal, durante a saída de campo do goleiro, o que é profundamente lamentável.

O palco da partida foi transformado em um local de ódio e discriminação. Aquele que foi vitima de racismo, crime que está no código penal brasileiro foi vaiado por ter denunciado o ato e que culminou em uma atitude drástica do STJD que excluiu o tricolor dos pampas da Copa do Brasil.

Aranha sem querer holofotes, fez muito mais pelos negros, exigindo apenas respeito, do que muitos outros que poderiam ter lutado mais e se omitiram. 

Infelizmente, o poste está próximo de urinar no cachorro. O ser humano esquece dos seus valores. Vale mais o amor e paixão pelo clube do que o respeito ao próximo.

E você quer saber do jogo? O jogo foi secundário, por tudo o que aconteceu.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 0x0 SANTOS
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
18.904 pagantes/R$ 488.563,00
Cartão Amarelo: Matheus Biteco,Ramiro (Grêmio)
GRÊMIO: Marcelo Grohe, Matías (Walace 41'/2ºT), Rhodolfo, Pedro Geromel e Pará; Ramiro, Matheus Biteco, Fellipe Bastos (Riveiros intervalo), Luan (Fernandinho 29'/2ºT) e Dudu; Lucas Coelho. Técnico: Felipão.
SANTOS: Aranha, Cicinho, Edu Dracena, David Braz e Zeca; Souza, Arouca e Lucas Lima (Alan Santos 45'/2ºT); Gabriel (Stéfano Yuri 29'/2ºT), Robinho e Leandro Damião (Geuvânio 13'/2ºT). Técnico: Enderson Moreira

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS
Aranha: O melhor do jogo - 8,0
Cicinho:  Errou todos os cruzamentos - 5,0
Edu Dracena: Bastante exigido e deu conta do recado - 6,0
David Braz: A exemplo do seu companheiro, fez o arroz com feijão bem temperado - 6,0
Zé Carlos: Como é destro, tinha dificuldade para cruzar, mas no geral teve aproveitamento satisfatório - 6,0
Souza: Erros absurdos de passes e dificuldades na marcação - 4,5
Arouca: Ajudou e foi competente na marcação. Apenas isso - 6,0
Lucas Lima: Deu belo passe para Robinho no segundo tempo, mas o 7 da Vila não conseguiu aproveitar. Sobrecarregado na armação. Não é craque, mas é voluntarioso - 6,5 
(Alan Santos): Entrou nos acréscimos - SEM NOTA
Gabriel: Sumido no primeiro tempo. Tem muito mais potencial do que apresentado na noite desta quinta-feira - 5,0
(Stéfano Yuri): Entrou praticamente no fim. Se movimentou e batalhou do lado esquerdo do campo - 5,5
Robinho: Apagado na primeira etapa, um pouco mais aceso nos 45 minutos finais. Longe do brilho digno de elogios - 6,0
Leandro Damião: Os primeiros 20 minutos foram agradáveis. Depois desapareceu - 5,0
(Geuvânio): Melhorou o passe e a posse de bola pelo lado direito. Poderia ter aproveitado melhor a oportunidade - 5,5
Técnico: Enderson Moreira: Parece indeciso nas alterações. Tirou Damião, home de área e colocou um jogador de lado do campo - Geuvânio. Em seguida tirou um homem de velocidade para colocar um novo homem de área - 5,5

                                                 
Leia Mais »

QUASE PRONTO

Postado às 12h40 desta quarta-feira, 17 de setembro de 2014.
O Santos ainda não está definido para voltar ao Rio Grande do Sul e enfrentar o Grêmio (RS), nesta quinta-feira (18) às 20h30, pela 22a. rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador santista deve manter a formação com três atacantes utilizada na última partida. Thiago Ribeiro com dores nas costas e Mena com dores musculares na coxa esquerda não devem nem viajar. Alison suspenso com o terceiro cartão amarelo é desfalque certo.

Na última atividade no CT Rei Pelé, antes do embarque da delegação a Porto Alegre, Enderson Moreira escalou Gabriel, Robinho e Leandro Damião no ataque, como já havia sido na partida contra o Coritiba, no último sábado.

O provável Santos na partida que marca o reencontro de Aranha e a torcida gremista após os incidentes no jogo entre as equipes na Copa do Brasil deve ser de Aranha, Cicinho, Edu Dracena, David Braz e Zé Carlos; Arouca, Souza e Lucas Lima; Gabriel, Leandro Damião e Robinho.

O Santos é o nono colocado da competição com 29 pontos. A última vitória do Peixe no Brasileirão fora de casa foi em 19 de Maio (antes da Copa do Mundo), contra o Bahia, no estádio Jóinha da Princesa, em Feira de Santana.


Panos quentes

O técnico Enderson Moreira preferiu minimizar a discussão que teve com o atacante Rildo, após a vitória contra o Coritiba, no último fim de semana, nos vestiários do estádio da Vila Belmiro:
"Não teve problema, o Rildo foi requisitado para fazer trabalho físico. Vamos ver se viaja ou não. Não tem nada, nunca teve problema. Cada atleta tem o seu momento, às vezes, o atleta que não entra precisa de um aprimoramento em determinada área.  O que há, sempre, é a cobrança", garantiu o treinador santista, que não convenceu de que o problema (se pequeno ou grande, isso só o tempo vai dizer) não existiu.

Robinho convocado e pode desfalcar o Santos na Copa do Brasil

O atacante Robinho foi convocado pelo técnico Dunga para os amistosos da Seleção do Brasil contra a Argentina e Japão (dias 11 e 14, na China e em Cingapura, respectivamente).

Pela distância, com aproximadamente 24 horas de vôo, eu confesso que creio que seja pouco provável o possível retorno a tempo do Rei das pedaladas em condições de estar dia 16, no Brasil, e pelo Santos enfrentar o Botafogo-RJ, no jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil, em partida marcada para a Vila Belmiro. Além desse duelo decisivo, o jogador vai desfalcar o Peixe nas partidas contra Bahia (dia 8) e Criciúma (dia 12), pelo Campeonato Brasileiro.

O Botafogo terá o mesmo problema com o goleiro Jefferson, também convocado. 

O Blog do ADEMIR QUINTINO já havia alertado essa possibilidade há duas semanas, e felizmente para o atleta e infelizmente para o clube, ela se concretizou.

A CBF faz dos seus clubes um verdadeiro prostíbulo. Pega o que quer e na hora que deseja.  O Santos faz um esforço enorme para  pagar um salário fora dos padrões para repatriar um atleta de ponta que muito provavelmente se tivesse na Itália ainda, nem seria lembrado, e na hora que mais precisa desse jogador, a CBF, em amistosos que não vão acrescentar absolutamente nada, caça niqueis, vem e deixa o Santos (e outras agremiações que tiveram jogadores convocados, tem jogos importantes e decisivos com o mesmo problema) na mão. 

O Brasil é o único país do mundo que não para nas datas FIFA. Ou os clubes tomam vergonha, se unem, e criem para ontem, uma liga independente ou a falência dos mesmos está perto. 

Com a seleção, a CBF já conseguiu enterrar com os 7 a 1, na Copa do Mundo. Os clubes se aproximam disso - estão perto do fim também, se comungarem passivamente com tudo, como sempre fizeram.

                                             
Leia Mais »

PROBLEMAS PARA ENDERSON

Postado às 19h35 desta terça-feira, 16 de setembro de 2014.
O Santos realizou na tarde desta terça-feira, um treino tático para enfrentar o Grêmio(RS), quinta-feira (18), em Porto Alegre. O técnico Enderson Moreira ainda não definiu oficialmente a equipe que começa o confronto no Sul do país.

O comandante técnico santista vai ter problemas. O lateral-esquerdo Mena que estava prestes a voltar de uma contusão muscular, após servir a seleção chilena, sentiu dores e passou a ser dúvida. Thiago Ribeiro que não enfrentou o Coritiba no último fim de semana com dores nas costas, voltou a não trabalhar no gramado com seus demais companheiros e se não participar da última atividade antes do embarque da delegação para a capital gaúcha, na manhã desta quarta-feira, não será relacionado.

O volante Alison, que está suspenso com o terceiro cartão amarelo, deixou o treino aos prantos. O camisa 29 dividiu uma bola com Leandro Damião e levou a pior. O meio-campista será submetido a exames nesta quarta-feira para saber da gravidade da contusão.

O zagueiro Edu Dracena e o volante Arouca foram poupados, mas ambos não preocupam para a partida contra o tricolor dos pampas. No treinamento, os dois foram substituídos por Neto e Alan Santos, respectivamente.

Durante a atividade no CT Rei Pelé, a equipe treinou no esquema 4-3-3 (lembrando que Dracena e Arouca vão entrar nesse time) com Aranha, Cicinho, Neto, David Braz e Zé Carlos; Alan Santos, Souza e Lucas Lima; Robinho, Leandro Damião e Gabriel. Victor Ferraz substituiu o jovem Zé Carlos durante o treinamento tático.


Robinho, de novo?

O técnico Dunga fará nesta quarta-feira a segunda convocação desde seu retorno a Seleção Brasileira. Os 22 jogadores chamados enfrentarão a Argentina, no Superclássico das Américas, no dia 11 de outubro, em Pequim, e o Japão, em amistoso a ser disputado três dias depois, em Cingapura. O Blog do ADEMIR QUINTINO já alertou há algumas semanas que se Robinho for novamente convocado, ele pode desfalcar o Peixe no jogo de volta contra o Botafogo/RJ, no dia 16 de outubro, em Vila Belmiro pelas quartas de final da Copa do Brasil.


Grêmio precavido

O Grêmio anunciou uma restrição na venda de ingressos para a arquibancada norte de sua arena para o duelo contra o Santos.

O setor, atrás de uma das metas, de onde vieram as manifestações racistas de alguns torcedores contra o goleiro Aranha terão vendas apenas pelo site para esta partida. E cada torcedor poderá adquirir um ingresso, vinculado ao seu CPF. Normalmente os associados que desejam assistir os jogos desse setor, podem adquirir até quatro entradas. A medida visa identificar algum infrator, em caso de um hipotético futuro problema na próxima quinta-feira.


                                   
Leia Mais »

VALE A PENA INVESTIR EM TODOS?

Postado às 16h53 desta segunda-feira, 15 de setembro de 2014.
O atacante Tiago Alves, emprestado ao Paraná Clube é o próximo jogador a deixar o Santos e o clube ficará apenas com a porcentagem por ser formador do atleta. O artilheiro dos paranistas com seis gols no Brasileiro da Série B tem seu contrato a se encerrar em 31 de dezembro deste ano, mesma data que expira seu contrato de empréstimo com o time de Curitiba. O Santos é dono de 60% dos seus direitos econômicos.

Como permite a legislação esportiva do país, o jogador por estar a menos de seis meses de ter seu contrato encerrado com os atuais proprietários de seus direitos econômicos, já pode assinar um pré-contrato com qualquer outra agremiação.

Pelo que o Blog do ADEMIR QUINTINO apurou os representantes de Tiago tentaram a renovação do contrato com o Santos antes da ida do jogador para o Paraná, porém, não houve um acordo.

Em 2012, sob o comando técnico Muricy Ramalho, Tiago Alves começou o Paulistão de 2012 entre os titulares do Peixe (os principais jogadores estavam de férias, em razão da disputa do Mundial de clubes, no fim do ano anterior). 

Prestes a completar 21 anos, o atacante natural de São João do Araguaia-PA, foi emprestado diversas vezes pelos dirigentes do Peixe. Ele defendeu o Boa Esporte-MG, América-MG, Penapolense-SP, antes de chegar ao Paraná Clube no meio deste ano.

O jogador se destacou na Vila Belmiro pelas apresentações na Copa Eurofarma – torneio Sub-20, que o Santos disputou e ganhou em 2010. Ele também foi campeão paulista sub-17 pelo Peixe, no mesmo ano, sob o comando do técnico Claudinei Oliveira. Tiago Alves fez 14 jogos pelo time profissional do Santos e marcou um gol.

Em 2014, deixaram o time de Vila Belmiro outros pratas da casa com os contratos encerrados sem que o clube arrecadasse nenhum valor. São eles, o volante Anderson Carvalho e os atacantes Victor Andrade e Neílton. O Santos negociou e ficou com uma pequena porcentagem dos respectivos direitos econômicos de cada um dos três jogadores para liberá-los imediatamente, há poucos dias antes do término de seus vínculos.

                                        
Leia Mais »

O GOL DE ANJO

Postado às 13h23 deste domingo, 14 de setembro de 2014.

Para quem gosta de se arriscar como goleiro (no futsal, por questões geométricas), como eu, sabe que não há nada mais humilhante, mais constrangedor, do que sofrer um gol de cobertura.

O gol de cobertura ignora o goleiro. O gol de cobertura iguala o arqueiro em importância à um cone. Com ou sem ele, o gol é iminente. É preferível ser driblado pelo atacante várias vezes a levar o fatídico gol de cobertura.

Por sorte dos goleiros, são raros os jogadores que possuem qualidade suficiente para realizar a jogada. Para sorte dos santistas, Robinho é impressionantemente preciso na hora de liquidar o goleiro com um toque. Abaixo, este colunista relembra sete gols dele, desta forma, por cobertura.



E aí, qual foi o mais bonito?

As opções estão no canto superior direito, escolha a sua e deixe o seu comentário.


(*) Texto de Felipe Takashi.

Twitter: @felipetakashi
fb.com/felipetakashi
www.360pixels.com.br




Leia Mais »

EM CASA, O SANTOS VENCE

Postado às 23h00 deste sábado, 13 de setembro de 2014.

O Santos voltou a vencer pelo Campeonato Brasileiro. Com dois belos gols, um de Lucas Limas e outro de Robinho, o Peixe derrotou o Coritiba por 2 a 1, na noite deste sábado (13), no estádio da Vila Belmiro. O resultado fez com que o alvinegro pule para 29 pontos na classificação e reassuma a nona colocação do campeonato, pelo menos até o fim da rodada, neste domingo.

O Peixe construiu o resultado no primeiro tempo. Sem Thiago Ribeiro com dores nas costas e com Gabriel aberto pela direita, Enderson Moreira voltou a utilizar o esquema 4-3-3. 

Aos 13 minutos de jogo, Lucas Lima recebeu de Gabriel, carregou e disparou um bólide contra a meta de Vanderlei para abrir o marcador. Já praticamente no final da primeira etapa, Leandro Damião puxou contra-ataque, tocou para Gabriel que deu bela assistência a Robinho, e esse com muita categoria, tocou por cima do goleiro e ampliou o placar - 2 a 0.

No segundo tempo, a partida estava controlada pelos santistas, porém, o novo treinador preferiu recuar o time. Substituiu Gabriel por Rildo e trocou Leandro Damião por Souza. O time do Paraná alugou o meio-campo, diminuiu o placar e o alvinegro da Vila levou um pequeno sufoco no final do jogo de forma desnecessária.

Na próxima quinta-feira (18), o Santos volta a Porto Alegre para enfrentar o Grêmio (RS), desta vez pelo returno do Campeonato Brasileiro. Para o confronto, o comandante técnico santista não contará com Alison suspenso com o terceiro cartão amarelo.


FICHA TÉCNICA
SANTOS 2x1 CORITIBA
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (Fifa-RJ)
Público e Renda: 7.075 pagantes/R$ 129.955,00
Cartão Amarelo: Carlinhos, Alison, Hélder, Cicinho, Zé Love, Leandro Damião,

Gols: Lucas Lima (13'/1ºT), Robinho (38'/1ºT), Dudu (42'/2ºT)

SANTOS: Aranha, Cicinho, Edu Dracena, David Braz e Ze Carlos; Alison, Arouca e Lucas Lima (Geuvânio 39'/2ºT); Gabriel (Rildo 25'/2ºT), Robinho e Leandro Damião (Souza 30'/2ºT). Técnico: Enderson Moreira.
CORITIBA: Vanderlei, Ivan, Luccas Claro, Leandro Almeirda e Carlinhos; Helder (Dudu 16'/2ºT), Rosinei, Gil e Robinho (Joel intevalo); Elber (Douglas 33'/2ºT) e Zé Love. Técnico: Marquinhos Santos.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS
Aranha: Nenhuma grande defesa, mas também não teve culpa no gol que sofreu, já que houve um desvio de David Braz - 6,0 
Cicinho: Parece ter perdido a confiança na hora de apoiar. Limitou-se a defender e teve momentos que abusou dos chutões - 5,5
Edu Dracena: Deu conta do recado. Bem no jogo aéreo principalmente na segunda etapa - 6,0
David Braz: Deu azar no gol do Coritiba ao tocar na bola que tirou o goleiro Aranha de uma defesa. Não comprometeu - 5,5
Zé Carlos: Sofreu na marcação do primeiro tempo. Precisa melhorar o cruzamento. Sofre por jogar na esquerda e ser destro - 5,5 
Alison: O bom cão de guarda de sempre. Levou um cartão desnecessário e desfalca o time na quinta-feira no Sul - 6,0
Arouca: Alternou bons e razoáveis momentos na partida - 6,5
Lucas Lima: Visivelmente tem o melhor preparo físico do elenco. Primeiro tempo muito bom com direito a um golaço - 7,5
(Geuvânio): Jogou menos de 10 minutos. Entrou no fim - SEM NOTA
Gabriel: Participou do primeiro gol e deu a assistência para o segundo. Está fora de sua posição. Não é ponta-direita - 6,5
(Rildo): Errou tudo que tentou - 4,5
Robinho: Classe, técnica, lençol e golaço por cobertura. O melhor do jogo - 8,0
Leandro Damião: Pouco finalizou. Brigou e puxou o contra-golpe que terminou no segundo gol santista - 5,5
(Souza): Ainda não justificou a sua contratação, apesar de ter jogado pouco tempo - 5,0
Técnico: Enderson Moreira: Se foi feliz em retomar o esquema 4-3-3 jogando em casa contra um adversário que luta para não cair, mesmo sem Thiago Ribeiro, com dores nas costas, recuou o time desnecessariamente no fim da partida e quase levou o castigo - 5,0

                                   
Leia Mais »

COM DÚVIDAS EM BUSCA DE REABILITAÇÃO

Postado às 18h50 desta sexta-feira, 12 de setembro de 2014.
O técnico Enderson Moreira não revelou se o Santos que busca a reabilitação no Campeonato Brasileiro na noite deste sábado (13) às 21h00, no estádio da Vila Belmiro contra o Coritiba, vai com três ou quatro homens no meio-campo. Robinho e Alison que retornam da seleção brasileira principal e sub-21, respectivamente, devem entrar nas vagas de Souza e Alan Santos. Thiago Ribeiro com dores nas costas, dificilmente reunirá condições de jogo.
"Com o Robinho, o Santos ganha em qualidade técnica e liderança" garantiu o técnico Enderson Moreira.
Outro que pode reaparecer na equipe é Gabriel. Com a contusão de Thiago Ribeiro, o artilheiro do time na temporada pode ganhar nova oportunidade no time titular.

Oito pontos atrás do primeiro time do G-4, o Internacional-RS, a possibilidade matemática de luta por uma vaga na Libertadores da América do ano que vem através dessa competição existe (faltam 18 jogos), porém, a oscilação da equipe principalmente nos jogos fora de casa, não dão a confiança necessária ao torcedor.

Mena contundido é desfalque certo. O jogador realizou exame de ressonância magnética, na última quarta-feira (10), e ficou constatada uma lesão de grau 1 na coxa direita.



O adversário santista na noite deste sábado tem uma série de ex-jogadores que já vestiram o manto alvinegro. São eles Zé Love (2010-2011), Germano (2009-2010), Robinho (2008-2009/2011), Keirrison (2010-2011) e Misael (2013) que estarão na Vila amanhã, mas como adversários.

O provável Peixe que vai a campo deve começar a partida com Aranha, Cicinho, Edu Dracena, David Braz e Zé Carlos; Alison, Arouca e Lucas Lima; Robinho, Gabriel e Leandro Damião.

                                   
Leia Mais »
 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by