FOTO CAPA

SAMPAOLI CHEGA AO BRASIL PARA 'OLHOS NOS OLHOS' DECIDIR SE ASSINA COM O PEIXE

Publicado às 19h40 deste domingo, 16 de dezembro de 2018.
Sampaoli chegou ao Brasil. Por volta das 18h30, o treinador argentino apareceu no portão de desembarque do terminal 2 do Aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos e foi ovacionado por centenas de santistas que o aguardavam. 

O técnico apenas acenou e cercado por seguranças do clube, não deu entrevista. Ele e mais duas pessoas que vieram juntas- um é advogado, entraram em um automóvel que os aguardavam. 

Com um sorriso de “canto de boca”, o argentino seguiu do Aeroporto para um hotel onde ficará hospedado na Capital. Em seguida,  será recepcionado por dirigentes santistas. Eles devem jantar juntos, ainda na noite deste domingo (16). 

Nesta segunda-feira (17) está previsto que o comandante técnico da Seleção Argentina, no Mundial da Rússia deste ano, desça a Serra para conhecer as instalações do clube na Baixada. 


O treinador tem ótimos trabalhos realizados na Universidad de Chile, Seleção Chilena e Sevilla. Porém, a última impressão deixada na Copa do Mundo deste ano, com a Seleção Argentina foi péssima, quando a equipe de Messi caiu de forma precoce, nas oitavas de finais para a França, depois de se classificar na 'bacia das almas'. na última rodada da primeira fase. 

Caso o acerto com o Peixe efetivamente aconteça, a oportunidade é encarada pelo seu staff como a chance de dar a volta por cima.

Por enquanto, Santos e Jorge Sampaoli têm apenas um 'aceite' assinado (espécie de pré-contrato, uma carta intenções) na proposta para que o argentino seja o treinador da equipe em 2019 e 2020.

strutura.com.br
Leia Mais »

SAMPAOLI CHEGA DOMINGO E CONVERSARÁ COM O PRESIDENTE NO MESMO DIA

Publicado ás 10h00 deste sábado, 15 de dezembro de 2018.
A chegada de Jorge Sampaoli ao Brasil foi adiada de sábado para a tarde deste domingo (16).  Pelo que o Blog do ADEMIR QUINTINO apurou, a primeira conversa entre o comandante técnico, o presidente santista José Carlos Peres e alguns dirigentes, acontecerá ainda na noite do mesmo dia, na capital. A torcida santista prepara uma recepção calorosa ao treinador na sua chegada ao Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. A concentração de torcedores será à partir das 15h.

A organização e convite para que a torcida alvinegra compareça em grande número são das Embaixadas do clube de São Paulo e Diadema, além de algumas páginas santistas na internet como Santos Depressivo, Sereias da Vila, Universo Santista, Juntos Somos Mais Santos e Sou Santos, entre outras.


Por enquanto, Santos FC e Jorge Sampaoli têm um 'aceite' assinado (espécie de pré-contrato, uma carta intenções) na proposta para que o argentino seja o treinador da equipe em 2019. Na segunda-feira (17), o técnico deve descer a Serra e conhecer a estrutura do clube como o estádio da Vila Belmiro e o Centro de Treinamento Rei Pelé.



OITO PEDALADAS, SHOW E FIM DA ERA MENINOS DA FILA

Há exatos 16 anos, as pedaladas de uma garoto franzino nascido em São Vicente de nome Robinho, encantaram o país e após 34 anos, o Brasil era do alvinegro mais famoso do mundo, mais uma vez. Nesse sábado, 15 de dezembro de 2018, se completa mais um aniversário de um dos títulos mais importantes da história do Santos, depois de muitos anos sem dar uma volta olímpica - 3 à 2 em cima do SCCP, em um Morumbi lotado e dividido pelas duas torcidas.

O último titulo nacional do Peixe havia acontecido em 1968. Pelé havia parado de jogar na década de 70 e o alvinegro viveu um período de "vacas magras". As exceções foram os títulos paulistas de 1978 e 1984, além de dois vice-campeonato brasileiros de 1983 e 1995. Muitos podem falar do torneio Rio-SP de 1997 e a Conmebol de 1998, mas o torcedor queria um título estadual ou melhor ainda, um brasileirão. E não poderia haver um roteiro melhor. A decisão contra o maior rival, recheado de dramas e emoções.

Sem dinheiro para contratações em 2002, o Peixe montou um time recheado de garotos para não cair para a série B e sob a batuta do técnico Emerson Leão, os meninos da Vila provaram que talento se faz em casa e em uma campanha onde o time ficou como o último classificado (8o.) eliminou tudo e todos no mata-mata (São Paulo e Grêmio) e a conquista mais aguardada pela Nação Santista após vencer o rival.
"Éramos apontados como zebra e tiramos um enorme peso das nossas costas. Há alguns anos a torcida pendurava as faixas de ponta-cabeça para protestar", relembrou o responsável em levantar a taça naquela memorável tarde, o volante Paulo Almeida.                                              
A epopeia santista foi um divisor de águas na vida do clube. Em 2003, o Santos foi vice brasileiro e da Libertadores. No ano seguinte, levou o oitavo título nacional de sua história e manteve a doce rotina vencedora em 2006 e 2007 com o bicampeonato paulista. Depois de três anos, o clube iniciou a era Neymar, conquistando o tri paulista (2010,2011,2012), além de 2015 e 2016, campeão da Copa do Brasil (2010) e a Libertadores de 2011.

Fábio Costa, Maurinho, André Luís, Alex e Léo; Paulo Almeida, Renato, Elano e Diego (Robert depois Michel); Robinho e William (Alexandre) foram os heróis na final. O centroavante Alberto, fundamental durante a campanha do título, estava suspenso na última partida.

Me perdoem os leitores, pois, esse espaço é formado basicamente por informações, mas recordar é viver e esse data é tão importante e marcante na história do clube, que não poderia passar em branco.

Mais do que a conquista, aquele esquadrão alvinegro ressuscitou a mistica de que no Santos, não basta vencer. Tem que ser no estilo ofensivo e com direito a espetáculo.

Além dos atletas, três pessoas não podem ser esquecidas na conquista. O Supervisor Zito, o técnico Emerson Leão e o presidente Marcelo Teixeira que acreditaram nos meninos.

Os campeões de 2002. Um marco na história do clube.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS NA DECISÃO
Fábio Costa: Não me recordo de um goleiro pegar tanto em uma decisão. Só jogou os seis jogos finais, após se recuperar de contusão. - 9,5
Maurinho: Apesar de não ter conseguido conter Gil no primeiro gol do rival, fez um campeonato maravilhoso. Tanto que foi para o Cruzeiro no ano seguinte e foi campeão novamente. - 7,5
André Luís: Se redimiu do drible que levou de Gil um ano antes na semifinal do paulista. - 7,0 
Alex: Um dos melhores beques da história do clube. Uniu força, juventude e técnica rara. Fundamental na conquista. - 8,5
Léo: Vivia seu grande momento na carreira. Foi coroado com o gol do título. - 9,0
Paulo Almeida: Não tinha a técnica do campeão Mundial em 70 - Clodoaldo, mas sua liderança e ótimo preparo fisíco contribuíram bastante. - 7,5 
Renato: Não recebeu um cartão amarelo durante todo o Campeonato e a fase final. - 8,5 
Elano: Além de fazer a função de quarto homem do meio-campo, tinha disposição física para ajudar na marcação. Foi dele o gol do empate há poucos minutos do fim. - 8,5 
Diego: Na final, teve que sair no primeiro minuto. Não tinha condições de atuar. Fez um campeonato fantástico. Decisivo na primeira partida da final. - 9,0 
(Robert): No ano anterior tinha sido o melhor jogador do Santos e do Campeonato. Foi emprestado ao São Caetano e foi vice da Libertadores pelo time do ABC. Voltou ao Peixe e sua experiência e habilidade com a canhota foram determinantes para um título que era para ter vindo ao "maestro" sete anos antes. - 8,0 
(Michel): Entrou nos minutos finais. Tinha potencial. Infelizmente pra ele, se perdeu com a falta de maturidade para seguir na carreira. - SEM NOTA
Robinho: Iluminado, decisivo. O "cara" da decisão. Chamou toda a responsabilidade para si. Tarde de Pelé - 10,0
William: Voluntarioso. Sem grande qualidade técnica, lutou como pode e marcava pressão na saída de bola. - 6,5 
(Alexandre): Volante, carregador de piano. Viveu bom momento com Emerson Leão. Entrou em um momento difícil do jogo. - 6,5
Alberto: Estava suspenso na última partida. Marcou gol de bicicleta no mesmo SCCP durante a fase de classificação, gol de letra contra o Grêmio e viveu seus melhores dias vestindo a camisa 9. - 8,5
Técnico Emerson Leão: Personalidade forte sempre foi a sua marca. Corajoso ao dizer ao supervisor Zito, após um amistoso contra o mesmo adversário da decisão, que não precisava de reforços. O treinador na hora certa, no momento certo, com os jogadores certos. Ao ser expulso na final, por reclamação, deixou os meninos órfãos, mas tinha Robinho e o camisa 7 estava em tarde inspirada e resolveu tudo. Só não vai levar 10 pq na decisão, foi expulso (injustamente) e o time se desestabilizou.  - 9,5

strutura.com.br

Leia Mais »

PEIXE CONHECE O CAMINHO A PERCORRER NA COPA DO BRASIL 2019

Publicado às 06h00 desta sexta-feira, 14 de dezembro de 2018.
Fora da Libertadores do ano que vem, algo que não acontecia há dois anos, o Santos vai participar da Copa do Brasil, desde a primeira fase. Na noite desta quinta-feira (13), o alvinegro conheceu seu primeiro adversário. Será o Altos do Piauí. 

A equipe nordestina está na competição nacional em razão de ter sido Campeão do seu Estado em 2018. O time piauiense disputou a Série D deste ano e foi eliminado nas oitavas de final para o time que seria campeão, o Ferroviário-CE.

A Copa do Brasil em 2019 tem início em 6 de fevereiro. São 80 clubes participantes nesta edição, sendo que 11 deles vão entrar diretamente à partir das oitavas de final. São eles Palmeiras, Flamengo, Internacional, Grêmio, São Paulo, Atlético-MG, Cruzeiro, Atlético-PR (representantes do Brasil na Libertadores), Sampaio Corrêa (campeão da Copa do Nordeste), Paysandu (campeão da Copa Verde) e Fortaleza (campeão da Série B).

A primeira fase da Copa do Brasil é realizada em jogo único, com mando de campo do time de posição inferior no ranking de clubes da CBF. Na etapa seguinte, também segue da mesma forma. Diante do Altos, por jogar fora de casa e estar melhor posicionado no ranking o empate é do Santos.

A data e o horário do jogos ainda não está definida. Quem classificar, enfrenta o vencedor de Sobradinho (DF) x América-RN. Na terceira fase, enfrenta quem sair da chave Brusque (SC) x Atlético-GO e Atlético-CE x Joinvile (SC).

O Peixe foi campeão em 2010 diante do Vitória-BA e vice-campeão em 2015, quando perdeu a decisão diante do Palmeiras.

strutura.com.br


Leia Mais »

SANTOS ANUNCIA ACORDO COM SAMPAOLI E CITA DETALHES FINAIS COM ENCONTROS PRESENCIAIS


Publicado às 13h47 desta quinta-feira, 13 de dezembro de 2018.
O Santos de forma oficial confirmou que o técnico Jorge Sampaoli aceitou a proposta feita pela direção do clube, entretanto, os últimos detalhes e a assinatura do contrato só serão finalizados em encontros presenciais marcados para neste final de semana, conforme antecipou o Blog do ADEMIR QUINTINO há algumas horas. O treinador desembarca no Brasil, no próximo sábado (15). A informação foi confirmada em contato que o  Blog realizou nesta manhã de quinta-fera (13) pelo advogado e empresário do treinador - Fernando Baredes. 

O namoro entre Sampaoli e Santos começou na última quinta-feira (6). Sampaoli e seu staff analisaram durante alguns dias e uma semana depois, chegaram a um acordo para que o técnico venha a São Paulo para 'olhos nos olhos' definir o que ainda resta para que ele seja o responsável pelo comando técnico do time santista em 2019.

O treinador tem por hábito, acertar as condições de trabalho sempre após encontros pessoais com os dirigentes. Foi assim tanto nos clubes, como pelas seleções em que já trabalhou.

Quem cuidou pessoalmente da contratação foi o presidente José Carlos Peres.

Sampaoli foi vitorioso em suas passagens pelo futebol chileno - Universidad De Chile e Seleção; no Sevilha-ESP, porém, não deixou boa impressão na Seleção do seu país durante a última Copa do Mundo e encara a oportunidade para apagar essa imagem que ficou bem desgastada, internacionalmente.

Antes de Cuca fechar com o Peixe, após a saída de Jair Ventura, no começo do segundo semestre deste ano, Sampaoli também tinha sido procurado pelos dirigentes alvinegros. Estudioso por natureza, sabe das dificuldades financeiras que o Peixe enfrenta e as informações é de que está seguro que terá de ser criativo e terá que utilizar jogadores das divisões menores do clube, em muitos momentos.

O alvinegro da Vila não tem um treinador estrangeiro no comando do time profissional desde 1977, ou seja, se vão 41 anos. O último foi o também argentino Ramos Delgado, que marcou época como zagueiro do alvinegro em um time que tinha Pelé e Cia.

Segue abaixo a Nota publicada no site oficial do clube:
"Santos FC e Jorge Sampaoli têm um aceite assinado na proposta para que o argentino seja o treinador da equipe em 2019. Os últimos detalhes e a assinatura do contrato devem ser finalizados em encontros presenciais neste final de semana. O argentino de 58 anos começou sua trajetória como treinador em 1994. Durante a longa carreira, Sampaoli teve passagens marcantes por Universidad de Chile, Seleção Chilena e Sevilla, da Espanha. Em 2018 ele comandou a Argentina na Copa do Mundo".

strutura.com.br
Leia Mais »

SAMPAOLI QUER CONVERSAR PESSOALMENTE COM PRESIDENTE PARA DECIDIR SE ACEITA PROPOSTA SANTISTA

Publicado às 11h40 desta quinta-feira, 13 de dezembro de 2018.
O técnico Jorge Sampaoli desembarca no Brasil no próximo sábado (15). A informação foi confirmada ao Blog do ADEMIR QUINTINO pelo advogado e empresário do treinador - Fernando Baredes. Porém, isso não significa que está tudo acertado entre o treinador e o Santos. Sampaoli tem por hábito resolver todas as questões pessoalmente. Sempre foi assim nos clubes e nas seleções por onde passou.
"Em princípio sim, sábado (15) viajaremos. Vamos conversar com o presidente para definir os detalhes como comissão técnica, o que eles pretendem e o projeto que eles tem para o Jorge (Sampaoli).", disse o representante do técnico da Seleção Argentina no Mundial da Rússia, este ano.
O treinador pretende trazer algumas pessoas de sua confiança, caso o acerto com o Santos aconteça, não apenas para trabalhar na comissão técnica do time principal, como também um profissional que será os seus olhos na base santista.

Informamos no programa Mais 90 do canal Space, na noite desta quarta-feira (12), que o treinador foi consultado pelo Santos e recebeu a proposta alvinegra, na quinta-feira (5) da semana passada, logo após a negativa de Abel Braga. A noticia foi confirmada pelo advogado do atleta. Sampaoli e seu staff analisaram durante alguns dias e resolveram vir no próximo fim de semana a São Paulo para 'olhos nos olhos' aceitar ou recusar a proposta do time de Vila Belmiro.

O treinador foi vitorioso em suas passagens pelo futebol chileno - Universidad De Chile e Seleção; no Sevilha-ESP, porém, não deixou boa impressão na Seleção do seu país durante a última Copa do Mundo e encara a oportunidade para apagar essa imagem que ficou bem desgastada, internacionalmente.

Antes de Cuca fechar com o Peixe, após a saída de Jair Ventura, no começo do segundo semestre deste ano, Sampaoli também tinha sido procurado pelo Santos. Estudioso por natureza, sabe das dificuldades financeiras que o Peixe enfrenta e as informações é de que está seguro que terá de ser criativo e utilizar jogadores das divisões menores do clube, em muitos momentos.

strutura.com.br



Leia Mais »

SANTOS CONSULTOU E FEZ PROPOSTA A SAMPAOLI

Publicado às 03h00 desta quinta-feira, 13 de dezembro de 2018.
Sabedor que ficaria sem técnico há mais de 20 dias e namorar Abelão por quase duas semanas e o mesmo preferir ficar no Rio de Janeiro para dirigir o Flamengo, o Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que o Santos fez proposta ao ex-técnico das Seleções Argentinas e Chilena - Jorge Sampaoli, na última semana. 

A confirmação veio por parte de um dos advogados do treinador - Fernando Baredes. Segundo o bacharel em direito e membro do staff de Sampaoli, o Peixe procurou o técnico da Seleção Argentina no Mundial da Rússia na última quinta-feira (6).
"Consultaram e demonstraram interesse.", limitou-se a dizer o advogado, em contato por whatsapp. no fim da manhã desta quarta-feira (12), para em seguida, não mais responder sobre outras perguntas através do aplicativo.
Surgiu durante toda a quarta-feira (12), que outro argentino interessaria ao Peixe. Ele seria Ariel Holan, do Independiente, campeão da Copa Sul-Americana 2017, porém, o Blog manteve contato com uma pessoa próxima do treinador que garantiu que o comandante técnico não deseja sair da Argentina, mesmo com os vencimentos três vezes mais do que ele recebe hoje.
"É por isso que eu disse a você que duvido do fato, só se há muito dinheiro envolvido. Mas quanto às  intenções de Holan, hoje, eu  te digo que ele pretende continuar no Independiente. Na verdade, ontem ele se reuniu com alguns dirigentes para falar sobre a pré-temporada, mercado e etc”.
Em contato com os amigos que o presidente santista José Carlos Peres confia, ele esconde o jogo e disse no começo da semana, conforme dissemos com exclusividade no Programa De Placa, do canal Space, na manhã da terça-feira (12), que a prioridade para o mandatário santista era pagar as contas, principalmente o 13o. salário. Nesta quarta-feira (12), foram pagos os salários de novembro e o 13o. dos funcionários.

Enquanto não contrata um novo treinador, o Peixe é o único time do campeonato paulista da primeira divisão que ainda não tem um profissional contratado para essa função.

strutura.com.br
Leia Mais »

FLAMENGO TAMBÉM QUER BRUNO HENRIQUE. PEIXE QUER ARÃO E JEAN LUCAS

Publicado às 08h00 desta segunda-feira, 10 de dezembro de 2018.
O atacante Bruno Henrique segue sendo desejado pelo Cruzeiro-MG e também pelo Flamengo. No fim do mês passado, o presidente do Santos, José Carlos Peres cogitou fazer leilão pelo jogador e que o camisa 11 poderia até ser usado como moeda de troca. O Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que a direção do clube carioca que está de saída e o Peixe chegaram a conversar na semana passada e os santistas exigem no mínimo R$ 30 milhões mais os empréstimos dos meio-campistas William Arão e Jean Lucas para liberar o seu jogador em definitivo. O segundo nome entre os atletas desejados pelo time da Vila, já havia sido revelado pelo Diário do Peixe.

William Arão em ação diante do Santos
O desejo do alvinegro por William Arão é antigo. Desde os tempos de Jair Ventura no comando da equipe durante o primeiro semestre de 2018. O meio-campista que começou no SCCP também interessa ao São Paulo. Seus vencimentos são altos, na casa de R$ 400 mil/mês.

As conversas que aconteceram nos últimos dias entre Flamengo e Santos, tiveram apenas caráter inicial, pois o alvinegro aguarda a contratação de um técnico, já que o clube é o único que disputará o Paulista da primeira divisão, que ainda não tem o profissional definido para o cargo. A direção santista deseja que o novo treinador avalize os nomes em uma possível troca.

Já no clube carioca, aconteceram as eleições, neste fim de semana com a vitória de Rodolfo Landim. O rubro-negro quer repôr as saídas de Geuvânio e Marlos Moreno, jogadores de beirada, que não ficarão no clube na próxima temporada. Além disso, o Flamengo também aguarda a confirmação do técnico para intensificar as contratações. Abelão é o favorito para desembarcar no Ninho do Urubu.

Paralelamente a isso, o Cruzeiro também deseja Bruno Henrique e topa até incluir Thiago Neves no negócio, porém, o meio-campo que também interessa ao Grêmio-RS, tem vencimentos em torno de R$ 650 mil mensais, valores acima do teto do time de Vila Belmiro, o que dificulta o negócio.

Bruno Henrique custou ao Santos a bagatela de 4 milhões de euros (aproximadamente R$ 18 milhões) e chegou a Vila no fim de janeiro de 2017. Ele assinou com o Peixe por quatro temporadas, portanto, seu contrato vai até 31 de janeiro de 2021.

O jogador revelou a amigos mais próximos que o presidente santista não tem atendido as ligações telefônicas do seu staff. O empresário do jogador, o ex-zagueiro Dênis Ricardo, desconversou e nem confirmou, tampouco negou, que o mandatário santista não tem lhe atendido. Ele limitou-se a dizer, em rápido contato com o Blog, que a saída do camisa 11 da Vila é difícil:
"É uma operação que não é fácil e envolve uma série de situações. Existem muitas especulações no mercado, algumas verdadeiras e outras falsas. O interesse do Cruzeiro pelo Bruno (Henrique) é concreto desde janeiro." garantiu.
strutura.com.br
Leia Mais »

FIM DA NOVELA ABEL BRAGA NA VILA

Publicado às 16h45 desta quinta-feira, 6 de dezembro de 2018.
Após a saída de Cuca ao término do Brasileiro, o presidente do Santos - José Carlos Peres estabeleceu que Abel Braga era a prioridade máxima para substituir o técnico que livrou o Peixe do rebaixamento. O mandatário santista viajou na semana passada ao Rio de Janeiro, conversou com o filho do treinador - Fábio Braga e mesmo com urgência para definir um novo comandante, aguardou o treinador carioca. Porém, não deve ser desta vez que Abelão vai dirigir um grande de São Paulo.
"Ninguém pode dizer não ao Santos. Mais uma vez pintou uma proposta de São Paulo, na hora errada", revelou o programa Seleção Sportv na tarde desta quinta-feira (6), após contato com Abel.
Com trabalhos vitoriosos na cidade maravilhosa e no Rio Grande do Sul, onde sagrou-se Campeão do Mundo, em 2006, pelo Internacional, o técnico só trabalhou no Estado de São Paulo, uma única vez e foi em Campinas, na Ponte Preta, em 2003. 

Na oportunidade, o clube do interior estava em uma crise financeira e chegou a dever nove meses de salários, o que resultou saída de 13 jogadores da equipe. Abel Braga, que chegou a ajudar financeiramente alguns atletas, comandou um time recheado de jovens que se salvou do rebaixamento na última rodada ao vencer o Fortaleza por 2 a 0.

Sem Abel ou outro treinador, o Peixe colecionou mais dias de atraso no planejamento para 2019. 

Os atletas retornam de férias no começo de janeiro, visando os preparativos para as competições do primeiro semestre. O primeiro jogo em 2019 será contra a Ferroviária, na primeira rodada do Campeonato Paulista, dia 20.

strutura.com.br
Leia Mais »
 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by