FOTO CAPA

VANDERLEI DE VOLTA AO GOL

Publicado às 12h10 deste sábado, 4 de junlho de 2015.
O goleiro Vanderlei deve ser a maior novidade no Santos para o duelo diante do Grêmio-RS, neste domingo (5), às 16h00, no estádio da Vila Belmiro, com transmissão da Rádio Capital- 1.040 AM. O Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que o camisa 1 contratado no começo da temporada volta a meta na vaga de Vladimir. O Peixe vem de duas derrotas consecutivas e precisa vencer para fugir da 16a. posição, a última antes dos times que estão na zona de rebaixamento.

O treinador santista, Marcelo Fernandes, não poderá contar com Werley e Daniel Guedes, ambos suspensos com o terceiro cartão amarelo. Em compensação, David Bráz e Lucas Otávio retornam após cumprirem suspensão. 

Sendo assim, sem Gustavo Henrique na seleção brasileira pan-americana, Paulo Ricardo é mantido entre os titulares e forma a zaga com Braz. Victor Ferraz volta para a ala-direita e na canhota Caju, mesmo com o preparo físico abaixo dos demais companheiros, em razão de ter voltado da Seleção Brasileira sub-20, terá pela primeira vez neste campeonato brasileiro, a chance de começar o jogo.

Contratado no início de 2015, Vanderlei se adaptou rápido ao clube e ganhou a vaga que até então era de Aranha, em 2014. O até então titular santista se transferiu para a reserva do Palmeiras e deixou o Santos, após entrar na justiça e posteriormente fazer um acordo. 

Durante o Campeonato Paulista, porém, Vanderlei, vindo do Coritiba, sofreu múltiplas fraturas na face e quando retornou foi para o banco. Ele só jogou uma partida após se recuperar da lesão. Foi no dia 3 de junho diante do São Paulo, quando entrou na segunda etapa na derrota santista por 3 a 2, no Morumbi.

Com a ausência de Vanderlei no fim de março, após a contusão em jogo com a Ponte Preta, em Campinas, Vladimir ganhou sua maior oportunidade na carreira, se destacou no clássico com o Corinthians, durante a fase de classificação no estadual, na Arena de Itaquera e em seguida, brilhou na disputa de pênaltis com o Palmeiras, na grande decisão do Paulistão. Entretanto, o camisa 12 oscilou na meta alvinegra e a comissão técnica decidiu novamente dar a titularidade ao camisa 1.


Quem também podia ter uma oportunidade no banco, em minha opinião, é o jovem Gabriel Gasparotto. O titular da campanha vitoriosa da Copa São Paulo/2013, treina há dois anos com o elenco profissional, mas nunca teve uma oportunidade de jogar, nem em jogos mais fáceis. Foi reserva na final do estadual e não tem sido relacionado após a volta de Vanderlei. O arqueiro disputou posição com o goleiro Alison do Internacional-RS, na seleção brasileira sub-20. Hoje, o goleiro colorado barrou o irmão Muriel e o veterano Dida no Sul. Já o santista, ainda não pode demostrar se tem condições de ser o camisa 1.

O Peixe deve começar o confronto válido pela décima-primeira rodada com a seguinte formação: Vanderlei; Victor Ferraz, Paulo Ricardo, David Braz e Caju, Lucas Otávio, Thiago Maia e Lucas Lima; Geuvânio, Ricardo Oliveira e Gabriel.

RELACIONADOS

Goleiros
Vladimir e Vanderlei
Laterais
Caju, Crystian e Victor Ferraz
Zagueiros
Leonardo, David Braz e Paulo Ricardo
Meio-campistas 
Lucas Lima, Lucas Otávio, Marquinhos, Rafael Longuine, Thiago Maia e Serginho
Atacantes 
Ricardo Oliveira, Gabriel, Geuvanio, Nilson, Neto Berola e Diogo Vitor

Apoio:

http://www.strutura.com.br

Leia Mais »

O INFERNO É LOGO ALI

Publicado às 23h52 desta sexta-feira, 2 de julho de 2015.
Cuidado com a tristeza. Ela é um vicio. E o Santos, fora de casa, se acostumou a amarga rotina de não vencer. Desta vez, o insucesso foi no estádio do Maracanã, após um primeiro tempo abaixo da critica do time paulista, o Fluminense bateu o Peixe, por 2 a 1. O único gol santista foi convertido pelo artilheiro do Campeonato Brasileiro - Ricardo Oliveira,

O primeiro tempo foi um show de horrores do time alvinegro. E a ida para o vestiário com a derrota parcial era questão de tempo. O Santos dava muito espaço ao meio campo dos donos de casa que tinha numericamente mais jogadores. Os volantes do Peixe saiam para cobrir as laterais e o meio fica esvaziado. E assim, saiu o primeiro gol do time carioca. Lançamento do zagueiro Antonio Carlos, Victor Ferraz levou nas costas, o defensor Werley não diminuiu o espaço no meia Gerson que cruzou de perna canhota para Fred marcar.

No segundo tempo, o time de Marcelo Fernandes voltou um pouco mais interessado. A letargia e a vontade de segurar o empate sem gols tinham ficado para trás, e Gabriel, até então apagado no jogo, recebeu do lado direito (após inverter posição com Geuvânio) e em uma linda jogada deu bela assistência para o gol de empate anotado pelo matador Ricardo Oliveira.  

Quando tudo caminhava para uma igualdade, a defesa que sofreu 14 gols nos últimos sete jogos, novamente nos 10 minutos finais, ficou apenas observando Lucas Gomes marcar o gol que decretou mais uma derrota santista. Com o resultado, o Santos caiu para a 16a. colocação, a última antes de entrar na zona de rebaixamento. 

O campeonato ainda tem praticamente mais 3/4 a ser disputado, mas não dá para não ficar preocupado. O time só conquista pontos quando joga na Vila Belmiro, tem problemas de ordem técnica e se ficar dormindo em berço esplendido com a convicção que uma hora a coisa melhora, pode ser tarde demais. Os rivais Palmeiras e SCCP passaram por situações muito parecidas com a que o clube praiano atravessa e sabemos como foi o final dessas histórias.

A direção santista que tome medidas emergenciais de acordo com a grandeza do clube. Que a gestão passada deixou o time em uma situação financeira caótica não é novidade para ninguém, mas ficar com esse discurso e vendo o barco afundar, não dá mais. O Peixe contratou 12 jogadores desde o inicio do ano e apenas dois são titulares (outros dois estão contundidos). Contratar por contratar, a esmo, não adianta. Isso não é planejamento.

Para o duelo contra o Grêmio-RS, o treinador santista não contará com o futebol de Werley e Daniel Guedes. Ambos receberam o terceiro cartão amarelo. Em compensação, David Braz e Lucas Otávio retornam ao time. A porcentagem de pontos que o Peixe conquistou até agora é digna de clubes rebaixados.

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2 X 1 SANTOS
Local: Maracanã - Rio de Janeiro/RJ
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG) - Fifa
Público/Renda: 13.002 presentes/R$ 325.100,00
Cartões amarelos: Gerson e Wagner (FLU); Daniel Guedes, Thiago Maia e Werley (SAN)
GOLS: Fred, 41'/1ºT (1-0); Ricardo Oliveira 8'/2ºT (1-1); Lucas Gomes, 35'/2ºT (2-1)
FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Marlon, Antônio Carlos e Giovanni; Edson, Jean, Gerson (Gustavo Scarpa, 28'/2ºT), Wagner (Pierre, 37'/2ºT) e Marcos Junior (Lucas Gomes, 17'/2ºT); Fred. Técnico: Enderson Moreira
SANTOS: Vladimir; Daniel Guedes (Caju, 32'/2ºT), Werley, Paulo Ricardo e Victor Ferraz; Thiago Maia, Rafael Longuine (Serginho, 39'/2ºT) e Lucas Lima; Geuvânio (Nilson, 36'/2ºT), Gabigol e Ricardo Oliveira. Técnico: Marcelo Fernandes

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS

Vladimir: No segundo gol a bola parecia ser defensável, foi concluída praticamente no meio do gol. - 5,0
Daniel Guedes: Sua maior qualidade é o cruzamento. Não conseguiu ir na linha de frente para apoiar. - 5,0
(Caju): Ainda não desenvolveu o futebol da temporada passada. - 5,0
Werley: E o torcedor santista reclamava de Durval e Edu Dracena. O atual camisa 2 não encostou na cobertura no lance do primeiro gol. No segundo gol dos cariocas não acompanhou o atacante que finalizou sozinho. Não tem saída de bola e de forma desesperada se meteu a armar o time quando perdia o jogo. - 4,0
Paulo Ricardo: O jovem foi um pouco melhor que seu companheiro. A defesa estava bem desprotegida também. - 5,0
Victor Ferraz: No lance do primeiro gol, levou nas costas. Sacrificado por jogar no lado canhoto. Até trocou algumas bolas no campo ofensivo. - 5,0
Thiago Maia: Um dos poucos que se salvaram na partida. Marcação forte e se desdobrando para compensar a falta de pegada dos demais companheiros de setor. - 5,5
Rafael Longuine: Apagado. Longe do bom desempenho do jogo contra o SCCP. - 5,0
(Serginho): Entrou no fim - SEM NOTA
Lucas Lima: Deu dó do melhor coordenador de jogadas do futebol nacional na atualidade. Tinha que vir pegar bola quase que no pé dos zagueiros. - 5,5
Geuvânio: A bola quase que não chegou nele e as que chegaram, o ótimo "ponta" não desenvolveu. - 5,0
(Nilson): Não conseguiu bater de primeira em um rebote. Entrou no final. - SEM NOTA
Gabriel: Não jogou nada no primeiro tempo pela esquerda. Melhorou muito pelo lado direito e fez uma linda jogada no gol de empate santista. - 6,0
Ricardo Oliveira: A bola que chegou, o artilheiro do Brasileirão guardou. Outro que está órfão no ataque, principalmente nos jogos fora de casa. - 6,5 
Técnico: Marcelo Fernandes: Seu time se preocupou demais em segurar o empate sem gols no primeiro tempo. O treinador conseguiu motivar o time no intervalo, tanto que a equipe jogou (um pouco), algo que não tinha feito. Precisa acabar com as improvisações no time. - 5,0

Ministério Publico investiga ex-presidente

O MPF -Ministério Público Federal da cidade de Santos entrou com uma ação civil contra o Santos FC e o ex-presidente do clube - Marcelo Teixeira, por suspeita de atos de improbidade administrativa nos dois últimos anos de gestão do ex-mandatário, em 2008 e 2009, em razão de empréstimos assinados pelo então gestor.

O promotor alega que os empréstimos concedidos pela Universidade de propriedade da família Teixeira são ilegais pois contrariam a finalidade da instituição e a mesma é isenta de impostos. 
"Procuraremos mostrar a verdade dos fatos, descobrir quais são os verdadeiros motivos que alimentaram estas insinuações maldosas e todos os motivos que de alguma forma levaram a esta divulgação." defendeu-se o ex-mandatário do Santos - Marcelo Teixeira
Apoio:

http://www.strutura.com.br


Leia Mais »

EM BUSCA DA PRIMEIRA VITÓRIA FORA

Publicado às 15h02 desta quarta-feira, 1 de julho de 2015.
O Santos segue em busca, nesta quinta-feira (2), no Rio de Janeiro, diante do Fluminense, às 21h00, com transmissão da Rádio Capital- 1.040 AM, sua primeira vitoria fora de casa neste Campeonato Brasileiro. Sem David Braz expulso na última partida contra o Inter-RS e Gustavo Henrique na seleção Pan-Americana, Paulo Ricardo (foto) entra na zaga para ser o companheiro de Werley.

Thiago Maia agradou no Sul e será mantido no meio-campo na vaga de Lucas Otávio, suspenso com o terceiro amarelo. Rafael Longuine retorna como segundo volante, posição que o mesmo ocupou contra o SCCP e novamente substituirá Renato que segue no departamento médico. 

O próprio treinador Marcelo Fernandes, desta vez não fez mistério e já adiantou a equipe para o duelo:
"O time vai ser Vladimir; Daniel Guedes, Paulo Ricardo, Werley e Victor Ferraz; Thiago Maia, Rafael Longuine e Lucas Lima; Geuvânio, Gabriel e Ricardo Oliveira" disse.
Outra novidade será no banco de reservas. O jovem Diogo Vitor, cria da base, com 18 anos de idade, campeão da Copa Nike Sub-15, em 2012, e que se recuperou de lesão no ligamento cruzado no joelho, sofrida em novembro foi relacionado. Após se recuperar, passou a treinar entre os profissionais e agora será aproveitado pelo treinador. Ele substituirá Neto Berola entre os suplentes, já que o atacante sentiu um desconforto na posterior da coxa direita e não foi relacionado.



RELACIONADOS 

Goleiros
Vladimir e Vanderlei
Laterais
Caju, Daniel Guedes e Victor Ferraz
Zagueiros
Leonardo, Werley e Paulo Ricardo
Meio-campistas 
Lucas Lima, Leandrinho, Marquinhos, Rafael Longuine, Thiago Maia, Léo Cittadini e Serginho
Atacantes 
Ricardo Oliveira, Gabriel, Geuvânio, Nilson e Diogo Vitor.

Apoio:

http://www.strutura.com.br

Leia Mais »

FEZ QUE NÃO IA, MAS FOI

Publicado às 23h21 desta terça-feira, 30 de junho de 2015.

A TEISA (Terceira Estrela investimento S/A)  tinha o direito de exercer a preferência na compra e o Santos vendeu o atleta sem comunicar os investidores, segundo um membro do grupo afirmou ao Blog, e disse que os mesmos poderão ir até a justiça, em razão dos prejuízos sofridos. Cicinho já até treinou nesta terça-feira (30) com seus novos companheiros.

Sem dinheiro em caixa, o empréstimo gratuito do jogador foi descartado e a venda concretizada. Lembrando que dos 900 mil euros, 26% serão para a TEISA.

No site do clube búlgaro, está a seguinte mensagem referente a nova contratação do clube - Cicinho: 
"Ludogorets contratou uma estrela da equipe de Pelé e Neymar"
Se confirmada que o clube vendeu o jogador sem consultar o "parceiro", tudo leva a crer que o Peixe estará em breve novamente nos tribunais.

Pelo Santos, Cicinho atuou em 101 jogos e marcou quatro gols.


Ex-presidente e ex-gestores almoçam

O Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que o ex-presidente do Santos - Marcelo Teixeira foi visto nesta terça-feira (30) , reunido durante um almoço, em uma Churrascaria, no bairro da Ponta da Praia em Santos, com os quatro membros recém saídos do Comitê de Gestão do clube. São eles: Rodrigo Marino, José Renato Quaresma, Lourenço Lopes e Jorge Corrêa da Costa.

Entre uma iguaria e outra, o assunto não poderia deixar de ser Santos. O Peixe ainda deve algumas parcelas doe um empréstimo que contraiu junto ao ex-mandatário que demonstrou descontentamento com a saída dos quatro membros supracitados.

Existem rumores que a aliança entre o atual presidente do clube e Marcelo Teixeira já foi mais forte.

Apoio:

http://www.strutura.com.br
Leia Mais »

A ÚLTIMA PEDALADA

Publicado às 16h20 desta terça-feira, 30 de junho de 2015.
A era Robinho chega ao seu final pela terceira vez. O Santos não renovará o seu contrato que terminou nesta terça-feira (30). O rei do drible se manifestou em um vídeo da Santos TV e confirmou que não fica no clube.
"Queria agradecer pelo carinho e respeito, infelizmente não vai ser possível a renovação do meu contrato mas o Santos fica para sempre no meu coração. O Santos vai continuar grande como sempre foi e o Santos está acima de qualquer jogador, saio chateado e vida que segue" disse o ex-camisa 7 alvinegro.
O presidente Modesto Roma também se manifestou após a saída do jogador:
"Estivemos conversando com o Robinho hoje sobre a renovação (do seu) contrato, mas infelizmente as condições que o Santos pode pagar o Robinho são menores que o clube do exterior e ele vai continuar sua carreira fora do Brasil e desejamos ao ídolo eterno do nosso clube, sucesso em sua carreira e torcendo para que ele seja feliz" afirmou o mandatário.
Nem o jogador, nem a advogada e representante do jogador revelaram qual será o destino do maior camisa 7 da história do clube. No site do atleta afirma que ele vai mesmo para o exterior. Tudo caminha para que o multi-campeão pelo alvinegro bi-brasileiro (2002/2004), Campeão da Copa do Brasil 2010 e Paulista 2010 e 2015, vá para o Guanghzou Evergrande (CHI) que ofereceu salários de U$ 1 milhão (R$ 3 milhões) mensais ao atleta.

Robinho tem 31 anos e atuou em suas três passagens pelo clube 252 partidas e marcou 111 gols.

A opção profissional é do atleta e sei que a torcida está chateada, pois o maior ídolo da torcida pós-Pelé, deixa a Vila Belmiro novamente e só tenho a agradecer tudo que o eterno Rei das Pedaladas fez em suas três passagens pelo clube. Na primeira tirou o time da fila, na segunda foi o alicerce para a montagem do time que venceria a Libertadores do ano seguinte e na terceira, o grande líder do elenco campeão estadual deste ano.

Seja feliz Robinho. Fica a saudade. Obrigado R7!

Apoio:

http://www.strutura.com.br

Leia Mais »

A VOLTA DE QUEM AINDA NÃO FOI?

Publicado às 21h15 desta segunda-feira, 29 de junho de 2015.
O empréstimo gratuito do lateral Cicinho ao Ludogorets da Bulgária corre o risco de não acontecer. O Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que o Santos pode desistir do negócio em razão da necessidade de fazer caixa e recebeu uma proposta de empresários por 900 mil euros (R$ 3,15 milhões) pelos 100% dos direitos econômicos. O clube deseja vendê-lo. O jogador já se despediu dos companheiros do Peixe, na última quinta-feira (25). 

O Santos já tinha topado emprestar o ala aos búlgaros para se livrar dos quase R$ 100 mil mensais do vencimentos do camisa 4. Porém, como vive um clima desesperador por falta de recursos, pode recuar e transacioná-lo em definitivo.

Cicinho foi contrato pelo Santos em 2013 e pagou R$ 6 milhões a Ponte Preta. Desde então, o ala vestiu por 101 vezes a camisa alvinegro e marcou quatro gols neste período.

O Santos não é dono de todos os direitos econômicos do jogador. A TEISA (Terceira Estrela Investimentos S/A) tem 26% do jogador.

No momento, o treinador Marcelo Fernandes conta com Daniel Guedes, Victor Ferraz e Crystian para a posição.


Comitê de Gestão com os novos membros

Nesta segunda-feira (29), aconteceu a reunião do Comitê de Gestão do Santos. O Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que os quatro novos membros que ainda não foram aprovados pelo Conselho Deliberativo, como rege o estatuto do clube participaram do encontro. Eles substituirão aos dois membros exonerados e os dois demissionários neste mês.

A nomeação dos sete outros nomes do CG é de direito do presidente eleito, entretanto, todos os nomes tem de ser aprovados pelo Conselho Deliberativo.

Apoio:

http://www.strutura.com.br
Leia Mais »

FALTA ALGO

Publicado às 20h40 deste domingo, 28 de junho de 2015.
O Santos jogou mal? Não, não jogou, mas permanece sem vencer um time da série A, fora da Vila, na temporada 2015. Com um gol de Valdívia, o Internacional-RS bateu o Peixe, por 1 a 0. O resultado faz com que o alvinegro permaneça próximo a zona de rebaixamento, com 10 pontos ganhos, na décima quarta colocação. 

Conforme o Blog do ADEMIR QUINTINO revelou em absoluta primeira mão na última quinta-feira (25), Marcelo Fernandes escalou Thiago Maia na vaga de Renato no departamento médico. Sendo assim, o jovem de 18 anos fez sua primeira partida como titular (foi a quarta apresentação como profissional) e ajudou Lucas Otávio na marcação. No primeiro tempo deu muito certo. Apesar do colorado ter maior passe de bola, os gaúchos não conseguiram pressionar o gol de Vladimir. Faltou encaixar um contra-ataque.

Na segunda etapa, o panorama continuou o mesmo. E aos 32 minutos, quando tudo caminhava para um empate sem gols, Valdívia que tinha entrado há poucos minutos, cobrou uma falta lateral, onde D'Alessandro chutou e a bola bateu na mão de Lucas Otávio, portanto, poderia ser uma falta em dois lances, entretanto, o juíz não levantou o braço e em um momento de pura felicidade, o time da casa fez o único gol do duelo. 

Castigo? Acho até que foi, pois o resultado foi realmente injusto, entretanto não dá mais para jogar bem e sair sem a vitória , como afirmou o comandante técnico em entrevista coletiva.  Não jogou mal, mas perdeu. Então, não dá para defender ou falar bem. O futebol é assim.

Falta alguma coisa. Não é possível não ganhar fora de ninguém. Até a Chapecoense que tem uma folha salarial infinitamente inferior a do Santos, já venceu fora neste campeonato.

O elenco tem nova chance de sair dessa amarga rotina na próxima quinta-feira (2), no Maracanã, contra o Fluminense. David Braz expulso por reclamação é o desfalque. Rafael Longuine que cumpriu suspensão, fica à disposição.


INTERNACIONAL-RS 1 x 0 SANTOS

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)

Público/Renda: 22.495 pagantes/R$ 618.895,00
Cartões amarelos: Jorge Henrique, Lisandro López e William (INT); Lucas Otávio e Neto Berola (SAN)
Cartão vermelho: David Braz, 33'/2ºT (SAN)
GOL: Valdivia, 32'/2ºT (1-0)
INTERNACIONAL-RS: Alisson (Muriel, 14'/2ºT); William, Ernando, Alan Costa e Alan Ruschel (Valdívia, Intervalo); Rodrigo Dourado, Anderson, Jorge Henrique e D'Alessandro; Nilmar (Rafael Moura, 32'/2ºT) e Lisandro López. Técnico: Diego Aguirre.
SANTOS: Vladimir; Daniel Guedes (Caju, 17'/2ºT), Werley, David Braz e Victor Ferraz; Thiago Maia, Lucas Otávio e Lucas Lima; Geuvânio (Marquinhos Gabriel, 36'/2ºT), Gabigol (Neto Berola, 23'/2ºT) e Ricardo Oliveira. Técnico: Marcelo Fernandes.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS

Vladimir: Estava um passo a frente no lance do gol.- 4,5
Daniel Guedes: Não foi a linha de fundo para realizar cruzamentos, sua maior qualidade. Defensivamente funcionou. Foi substituído. - 5,5
(Caju): Tem potencial e tudo para ser titular. Mas nesta partida específica entrou e levou duas bolas nas costas. - 5,0
Werley: Rebatedor. Não comprometeu. Não tem boa saída de bola. - 5,5
David Braz: Se tinha amarelo, não devia reclamar de forma tão ríspida como fez. Senti exagero da arbitragem na expulsão. - 5,0 
Victor Ferraz: Chega de improvisação. Com a volta de Caju, que o bom ala dispute a posição com Daniel Guedes na direita. - 5,5
Thiago Maia: Não comprometeu. Bastante combativo. Sofreu no começo para encaixar a marcação em D'Alessandro. Tem potencial para crescer. - 5,5
Lucas Otávio: Bem na marcação. Vi algumas críticas ao meu comentário sobre a atuação do camisa 25 quando disse que tinha que melhorar os passes. Me refiro aos passes em progressão. Passes laterais ele tem grande acerto. - 5,5
Lucas Lima: Precisa de alguém do seu lado para dividir responsabilidades na criação. É o motor santista. Finalizou de fora da área e disparado o melhor alvinegro em campo. - 6,5
Geuvânio: Alguns dribles, sua maior arma ao lado da velocidade e até desarmou e ajudou a defesa. Novamente cansou. - 6,0
(Marquinhos Gabriel): Jogou apenas 13 minutos (já com os acréscimos) - SEM NOTA
Gabriel: Taticamente cumpriu sua função de acompanhar o lateral, entretanto, tecnicamente, não conseguiu dar a velocidade para puxar os contra-ataques. Ainda prefiro o jogador de falso centroavante do que pelos lados. - 5,0
(Neto Berola): Tem velocidade, mas não entrou legal na partida. - 5,0
Ricardo Oliveira:Jogou quase que isolado no ataque. Teve apenas uma chance boa de finalizar e não concluiu bem. - 5,5
Técnico: Marcelo Fernandes: Acertou ao escalar Thiago Maia e dar maior proteção a defesa que sofreu muitos gols nos últimos jogos. O time começou com seis jogadores revelados na base. O comandante ainda não conseguiu dar a consistência para o time não perder pontos no fim das partidas, algo que aconteceu diversas vezes no Brasileiro 2015, apesar de não merecer alguns resultados. Mas no futebol, não tem merecimento e sim bola na rede. - 5,5

Apoio:

http://www.strutura.com.br

Leia Mais »

MAIA É O FAVORITO PRA SUBSTITUIR RENATO

Publicado às 19h20 desta sexta-feira, 26 de junho de 2015.
O técnico Marcelo Fernandes não vai contar com Renato mais uma vez para o duelo diante do Internacional-RS, domingo (28) às 18h30 com transmissão da Rádio Capital- 1.040 AM. Com isso, existe uma vaga no meio-campo. O comandante técnico fechou o treino desta sexta-feira (26) a imprensa, no CT Rei Pelé, e preferiu não confirmar quem será o segundo volante.

O Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que Elano não deve ser relacionado, pois recupera-se de uma lesão grau um na panturrilha esquerda. Lucas Lima retorna na vaga de Marquinhos Gabriel como coordenador de jogadas e a dúvida está entre Thiago Maia e Leandrinho. Conforme este espaço já havia publicado na quinta-feira (25), Thiago Maia é o favorito pra começar o duelo diante do colorado.

O meia Rafael Longuine poderia ser mais um candidato a exercer a função, entretanto, como foi expulso na última partida, vai cumprir suspensão automática.

Sendo assim, o Santos deve buscar sua primeira vitória fora de casa na competição com a seguinte formação: Wladimir; Daniel Guedes, Werley, David Braz e Victor Ferraz; Lucas Otávio, Thiago Maia e Lucas Lima; Geuvânio, Ricardo Oliveira e Gabriel.

O Internacional-RS não perde em casa desde outubro do ano passado.


REPROVADO

O Conselho Deliberativo reprovou por unanimidade na noite desta quinta-feira (25), o demonstrativo financeiro auditado do exercício de 2014. O Conselho Fiscal já havia reprovado as contas do último ano de mandato do ex-presidente Odílio Rodrigues Filho contidas no balanço, baseados na auditoria contratada à empresa Parker Randall. O parecer fala em irregularidades na compra, venda e empréstimos de jogadores, além de outras ações no período.

O Conselho vai enviar as contas reprovadas para a Comissão de Inquérito e Sindicância. Existe até a possibilidade da expulsão do ex-presidente e outros que fizeram parte da gestão passada do quadro associativo do clube.

O ex-mandatário tem cinco dias para apresentar a defesa em nova reunião a ser marcada no egrégio conselho deliberativo. A dívida total do clube já gira em R$ 400 milhões.

Apoio:

http://www.strutura.com.br

Leia Mais »

THIAGO MAIA PODE SER A NOVIDADE

Publicado às 19h05 desta quinta-feira, 25 de junho de 2015.
O volante Thiago Maia pode ser a principal novidade no time santista para domingo em Porto Alegre (RS) contra o Internacional (RS) às 18h30 com transmissão da Rádio Capital - 1.040 AM. O meia Renato ainda não está totalmente recuperado e segue como dúvida. Rafael Longuine que executou a função de segundo volante na última partida foi expulso e cumpre suspensão.

As outras opções para o setor são Elano, que se recupera de lesão de grau um na panturrilha esquerda e Leandrinho, que entrou no segundo tempo, na vitória contra o SCCP, no último sábado (20).

Aos 18 anos, Thiago Maia tem apenas três partidas no time profissional do Santos. O jovem revelado na base da Vila Belmiro tem passagens pelas Seleções brasileira Sub-15, Sub-17 e sub-20, onde disputou o último sul-americano da categoria em janeiro, como titular, do time do então técnico Alexandre Gallo.

O técnico santista Marcelo Fernandes deve começar a definir a equipe que enfrenta o colorado gaúcho nesta sexta-feira (25), em treino a ser realizado no CT Rei Pelé. 

Existe uma chance muito grande de Thiago Maia formar a dupla de volantes com Lucas Otávio para o jogo deste final de semana, no sul do país. O coordenador de jogadas Lucas Lima, que cumpriu suspensão, retorna na vaga de Marquinhos Gabriel no meio-campo.

Apoio:

http://www.strutura.com.br


Leia Mais »

2014: O ANO QUE NÃO ACABOU

Publicado às 20h00 desta quarta-feira, 24 de junho de 2015.
Nesta quinta-feira (25), acontece a reunião do Conselho Deliberativo, em sessão extraordinária, no Salão Vidal Behor Sion, no estádio da Vila Belmiro, à partir das 20 horas. O encontro promete ser tenso, pois o item principal da pauta está a apreciação, discussão e votação do demonstrativo financeiro auditado do exercício de 2014, enviado pela Presidência do Clube, com parecer do Conselho Fiscal.

O Conselho Fiscal do Santos reprovou as contas de 2014 contidas no balanço, baseados na auditoria contratada junto à empresa Parker Randall. O órgão responsável pela análise das finanças concluiu que há irregularidades em compra, venda e empréstimos de jogadores, além de outras ações no período do último ano de mandato da gestão passada.

O Blog do ADEMIR QUINTINO procurou o ex-presidente Odílio Rodrigues que se manifestou através de uma nota sobre a reprovação do Conselho Fiscal:
"Tomamos conhecimento do parecer do Conselho Fiscal apontando vários atos que, no entendimento do referido órgão, foram contrários ao Estatuto Social do Clube. Discordamos do entendimento a que chegaram e iremos apresentar que os atos praticados foram pautados por obdiência ao estatuto e seguiram rigorosamente os ditames legais e morais que se espera de dirigentes de um clube da tradição do Santos" limitou-se a dizer o ex-mandatário alvinegro ao Blog.
O parecer da Comissão Fiscal fala em gestão temerária, transações nada transparentes e contratos lesivos ao clube. 

Caso seja aprovado o parecer pelo Conselho Deliberativo, em seguida, o mesmo é enviado para a Comissão de Inquérito e Sindicância para que medidas sejam tomadas contra os ex-dirigentes do clube.

Apoio:

http://www.strutura.com.br
Leia Mais »
 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by