FOTO CAPA

SANTOS CONTA COM MECANISMO DE SOLIDARIEDADE DE ATLETAS FORMADOS NO CLUBE PARA QUITAR DÍVIDA

Publicado às 11h40 desta terça-feira, 24 de março de 2020.
O Santos já sabe como fazer para quitar a dívida que o clube tem com o Hamburgo pela compra do zagueiro Cléber Reis, adquirido no fim de 2016 e que no momento está emprestado a Ponte. Como não arcou o pagamento do defensor com os alemães desde então, a FIFA proibiu o Santos de contratar qualquer novo jogador.  Em entrevista exclusiva à TV Cultura Litoral, o gestor Matheus Rodrigues explicou como o clube pretende arcar com o débito para que o alvinegro se livre da punição. 
"Pretendemos sanar em breve, primeiro com alguns valores oriundos do mecanismo de solidariedade (formação do atleta) que estamos recebendo. O Serginho (Sóler vendido ao futebol chinês) é um deles. Temos do Felipe Anderson e mais uns três, quatro que entraram esta semana e temos também até o final desta semana, o valor do Felipe Aguilar. Fizemos o negócio para receber à vista com o Athlético Paranaense e esse dinheiro entrando, vamos usar uma parte dele para resolver esse problema com o Hamburgo." disse o membro do Comitê Gestão Santista.
O Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que o zagueiro Felipe Aguilar foi vendido ao Athléitco Paranaense por R$ 10 milhões de reais. O jogador abriu mão de três direitos de imagem que ele tinha para receber do Peixe para faciliar sua ida para o Sul do país.

Prestes a completar 30 anos, Cléber Reis jamais se firmou no time principal do Peixe e segue sendo constantemente emprestado com boa parte dos seus vencimentos pagos pelo clube da Baixada Santista. Paraná, Coritiba, Oeste de Barueri e Ponte Preta, foram alguns dos clubes que o Santos emprestou o jogador.

Desde do dia 5 deste mês, a FIFA, decidiu punir o alvinegro, em razão do calote dado ao Hamburgo-ALE. Cléber Reis foi contratado em dezembro de 2016, quando o clube era comandado por Modesto Roma Junior por pouco mais de 2 milhões de euros. Sem pagar a dívida durante mais de três anos, o valor já atingiu mais que o dobro - 4 milhões de euros. A multa diária da falta de pagamento é na ordem de 1 mil euros por dia (R$ 5,5 mil).

O time alemão aceitou o parcelamento do que tinha a receber, porém, nunca teve o dinheiro recebido pelo Santos e foi a FIFA. A maior entidade do futebol mundial bloqueou a inscrição de novos jogadores por parte do Peixe, até que se resolva a questão.

A diretoria tenta diminuir os valores com os alemães, o que é pouco provável, já que o time de Vila Belmiro, parcelou uma vez e não honrou com seu compromisso.

strutura.com.br

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by