FOTO CAPA

CONTRA TUDO E TODOS

Publicado às 15h28 deste sábado, 2 de maio de 2015.
Não é nenhum discurso de vitimização como estratégia de auto-defesa, mas a constatação de algumas verdades. O time dos descreditados, a "quarta força" do Estado que passaria vergonha, que vai cair no brasileirão, algo que jamais aconteceu; chegou a final de mais um Paulistão. Para dar a volta olímpica neste domingo (3), a equipe de Marcelo Fernandes, sucessor de Enderson Moreira que deixou o comando durante a competição e novamente o clube foi motivo de desconfiança, precisa vencer o Palmeiras por dois gols de diferença para chegar ao título. Uma vitória simples do alvinegro leva a decisão para as penalidades máximas.

Sem querer ser o pai da criança, pois se existem méritos nessa caminhada são principalmente dos jogadores, talvez este espaço tenha sido um dos poucos que acreditou no Santos, quando afirmei antes de a bola rolar que com a manutenção da espinha dorsal da equipe - Robinho, Lucas Lima e Geuvânio, o alvinegro não faria tão feio com os "profetas do apocalispe" afirmavam. Também não é menos verdade e aproveito o ensejo para dizer que esse elenco precisa ser reforçado para o Campeonato Brasileiro que começa semana que vem. O Nacional é mais longo e um elenco mais qualificado é necessário.

Que o clube ficou muito mal em razões de más gestões, isto é fato, e  não se pode esconder. Salários atrasados, uma crise financeira sem precedentes, jogadores entrando na justiça, alguns ídolos deixando o clube pela porta dos fundos, outros que desejavam continuar, mas a nova direção não tinha interesse em razão de altos salários e o cenário não era dos mais favoráveis. Mas esqueceram do fundamental. O time pode até não ser campeão, mas não se pode menosprezar uma camisa como a do Santos, por tudo que ela representa e já fez no futebol mundial.

Mesmo depois de deixar favoritos e folhas salariais três vezes maiores para trás, muita gente com dolo tentou conturbar o ambiente com manchetes e informações de que os principais jogadores estavam sendo negociados. Parecia que o sub-20 do Peixe é quem estaria em campo na decisão, pois, Lucas Lima, Robinho e Ricardo Oliveira entre outros, estariam de saída para diversos rivais ao longo da última semana.

O vestiário santista se não for o melhor, é um dos mais unidos entre os que já presenciei em 18 anos cobrindo futebol. Os resultados vieram, o bom futebol retornou e o Peixe tem totais condições de ser o campeão estadual. 

Com exceções do goleiro Vanderlei e o volante Alison que passaram por intervenções cirugicas e não podem jogar, o ex-zagueiro, ex-auxiliar e agora debutante como treinador Marcelo Fernandes tem todos os demais jogadores a disposição. O Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que os até então lesionados Werley, Valencia e Robinho devem ir para o jogo, assim como Gustavo Henrique está de sobreaviso e também pode ser aproveitado. 

O comandante técnico só vai revelar o time, assim como fez semana passada e o Blog antecipou a escalação quando o time ia em direção ao estádio palmeirense, na preleção antes da saída do Hotel Recanto dos Alvinegros até a Vila Belmiro, no pequeno percurso de aproximadamente 2 km no máximo.

O Santos deve ir a campo com Vladimir; Victor Ferraz, Werley, David Braz e Chiquinho; Valencia, Renato e Lucas Lima; Geuvânio, Ricardo Oliveira e Robinho.

Vai pra cima deles Santos, vai com determinação e como diz o hino seja qual for a sua sorte, de vencido ou vencedor e claro, com muita fé de que a segunda opção é a que prevalecerá após os 90 minutos e o capitão Robinho levante a Taça. Ele e Elano também entrarão para a história mais uma vez se conquistarem o título, como os únicos jogadores a levantar taças nas três passagens pelo clube.

A Rádio Capital 1.040 AM que dos vinte jogos do Peixe no ano transmitiu 18 até aqui, estará no ar com todas as emoções da decisão à partir das 13 horas. Conto com a sua audiência.

Lista dos jogadores relacionados (todo o elenco, inclusive os não inscritos):
Goleiros: Vladimir, Vanderlei, Gabriel Gasparotto e João Paulo
Laterais: Caju, Cicinho, Victor Ferraz, Zeca, Daniel Guedes, Chiquinho e Crystian
Zagueiros: David Braz, Werley, Gustavo Henrique, Jubal e Paulo Ricardo
Volantes: Alison, Valencia, Lucas Otávio, Renato e Thiago Maia
Meio-campitas: Lucas Lima, Elano, Léo Cittadini, Leandrinho, Serginho e Marquinhos Gabriel
Atacantes: Gabriel, Geuvanio, Robinho, Ricardo Oliveira, Lucas Crispim e Diego Cardoso.


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by