FOTO CAPA

GALO E SAMPAOLI QUEREM SASHA. SANTOS QUER GRANA

Publicado às 17h20 desta terça-feira, 11 de agosto de 2020.
O Atlético Mineiro procurou o Santos, nos últimos dias e consultou o clube paulista para adquirir em definitivo, o atacante Sasha, que está em lítigio com o clube e tem audiência marcada na Justiça do Trabalho, semana que vem.

Pelo que o Blog do ADEMIR QUINTINO  apurou, o time mineiro topava ceder 1 milhão de euros (R$ 6 milhões) ao Peixe e assumiria os 2 milhões de euros de dívida que o alvinegro da Vila tem com o Internacional de Porto Alegre pela compra de 50% dos direitos econômicos do atacante, adquiridos em janeiro – a outra metade fez parte da troca entre os clubes envolvendo o lateral-esquerdo Zeca, em 2018.

O Galo também acenou, mesmo sabedor que o Santos está impedido pela FIFA de registrar jogadores enquanto não quitar pendências financeiras, em uma negociação que envolvem-se valores e o venezuelano Otero ou ainda, o goleiro Vitor, pelo camisa 27, que está em litígio com  o clube da Vila. Como resposta recebeu a informação que o alvinegro só aceita dinheiro e quer 5 milhões de euros (30 milhões de reais), mesmo com o risco de perder o atleta. 

Eduardo Sasha entrou na justiça em busca de uma rescisão unilateral, em razão da redução salarial sem acordo, dívida em direito de imagem e não recolhimento do FGTS. A audiência do jogador em primeira instância está marcada para a próxima terça-feira (18). 

O Blog do ADEMIR QUINTINO procurou o atacante na noite de segunda-feira (10)  para saber se ele confirmava a informação de que o clube de Minas Gerais fez essas propostas. O jogador deu a seguinte resposta:
"Olha Ademir, não estou sabendo disso." limitou-se a responder. 
Porém, em contato com outras pessoas do clube mineiro que pediram  anonimato, obtivemos a confirmação do interesse.

Não é a primeira vez que o time mineiro tem interesse no artilheiro do Santos no Campeonato Brasileiro do ano passado com 14 gols. Em 2 de janeiro, o Blog publicou o interesse do clube de Belo Horizonte nesta troca.

O goleiro Vitor e o venezuelano Otero.
Otero tem contrato com o time mineiro até o meio do ano que vem. Se não for negociado pelo alvinegro de Minas Gerais no começo do ano, ele pode assinar um pré-contrato. O jogador não foi titular na vitória do time de Sampaoli diante do Flamengo, no Maracanã, no último domingo (9), em partida válida pela primeira rodada do Brasileiro.

Quanto ao goleiro Victor, passou a segunda metade da temporada passada em recuperação de lesão. Neste ano, ele iniciou as partidas como reserva de Michael, mas assumiu a titularidade da equipe nas duas partidas realizadas após a demissão de Rafael Dudamel. Com a chegada de Jorge Sampaoli, ele perdeu espaço para Rafael, contratado em 2020 e no fim de semana, voltou a ficar entre os suplentes.

Recuperar a titularidade no Atlético está sendo um desafio para o goleiro campeão da Libertadores 2013. O técnico Jorge Sampaoli gosta de goleiros que saibam sair jogando com os pés. Essa é uma das deficiências do ídolo atleticano que tem contrato até o fim deste ano. 

Victor chegou ao Atlético em 2012, comprado junto ao Grêmio. Desde então conquistou seis títulos pelo Galo: Copa Libertadores (2013), Recopa Sul-Americana (2014), Copa do Brasil (2014) e Campeonato Mineiro (2013, 2015 e 2017).

strutura.com.br

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by