FOTO CAPA

FIM DA ERA SAMPAOLI

Publicado às 02h20 desta quarta-feira, 11 de dezembro de 2019.
O Santos confirmou que Sampaoli deixou o comando técnico do clube. O treinador que está de férias no Rio de Janeiro, tomou a decisão na última segunda-feira (9), após longa reunião com o presidente José Carlos Peres. O anúncio oficial só aconteceu por parte do clube às 23h50 desta terça-feira (10).

Pelo que o Blog do ADEMIR QUINTINO apurou,  a multa de R$ 10 milhões do treinador valia até 10 de dezembro deste ano e dos demais membros da comissão técnica são mais R$ 3 milhões. O clube pretende receber os valores e coloca isso na nota oficial:
"O Santos FC comunica que, na data de 09/12/2019, em reunião realizada pela manhã no CT Rei Pelé, o treinador Jorge Sampaoli pediu demissão do cargo. Uma vez comunicada a demissão pelo treinador, Jorge Sampaoli, o caso foi entregue aos Departamentos Jurídico e de Recursos Humanos do Clube. O Santos FC agradece ao treinador Jorge Sampaoli pelo trabalho realizado na temporada de 2019."
A relação desgastada com o presidente Peres, onde ficaram cinco meses sem se falar, o desejo de um time competitivo para 2020 com um alto investimento de R$ 100 a R$ 150 milhões, sendo que  "Santos e dinheiro não cabem na mesma frase" há algum tempo, além de algumas outras exigências, fizeram com que o argentino deixasse a Vila Belmiro.

Sampaoli comandou o Peixe em 65 jogos. Foram 35 vitórias, 15 empates e 15 derrotas com aproveitamento de 61,5%. O contrato do argentino ia até o fim do ano que vem. Jamais balançou no cargo. No primeiro semestre foi eliminado precocemente em três competições e a direção jamais o cobrou - Paulista, Sul-Americana e Copa do Brasil.

O argentino que se apaixonou pela baixada e amado pelos torcedores santistas, pode parar no rival Palmeiras. Tem proposta do clube paulistano, além do Racing-ARG. 

O técnico Sampaoli no meu entender, parece que esqueceu na sua decisão, que o Santos o ressuscitou, pois 'estava morto para o futebol', após o fracasso da Seleção do seu país sob seu comando no Mundial da Rússia, mesmo com o melhor jogador do Mundo - Messi. Ele ficou seis meses parado. O Santos precisava de Sampaoli, assim como Sampaoli precisava do Santos, mas o competente treinador, só pensou única e exclusivamente nele. 

Que o técnico deu padrão ao time e elevou o patamar da equipe de futebol, é fato, mas errou ao não revelar ninguém da base e a teimosia em zagueiro de ala que custou 27 pontos no Brasileiro.

O mais curioso, é que quem o criticasse, como algumas vezes o fiz, era questionado por alguns torcedores e a opinião pública. Mesmo sem ganhar títulos, o técnico era tido como onipotente, acima do bem e do mal. Existia um encantamento que impedia que muitos fizessem as devidas críticas que todo o trabalho do técnico está sujeito.

Miguel Àngel Ramirez.
O alvinegro não trabalhava com um plano B. O presidente Peres gosta de Rogério Ceni que tem proposta encaminhada com o Athlético Paranaense e com Miguel Ángel Ramirez, jovem espanhol de 35 anos, campeão da Sul-Americana com o Independente del Vale. 

O Peixe estréia no Paulistão em 22 de janeiro, diante do Bragantino na Vila. Parece que tudo que foi construído em 2019, pode ser perdido.
strutura.com.br


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by