FOTO CAPA

MENINOS DA VILA LARGAM COM GOLEADA NA COPA SÃO PAULO

Publicado às 23h00 desta sexta-feira, 4 de janeiro de 2019.
O Peixe estreou com o pé direito na Copa São Paulo de Futebol Jr. Os "Meninos da Vila" golearam o frágil Sergipe por 5 a 1 com gols de Alexandre Tam, Taílson, Wesley Pinheiro, Felipe Torres e Doquinha. Com o empate entre os donos da casa e o São Caetano, o Santos é o líder do grupo ao fim da primeira rodada.

O time de Emerson Ballio tomou conta da partida desde o início. Alexandre Tam abriu o placar com um minuto de jogo, após lindo lançamento do zagueiro Matheus Guedes da defesa e cruzamento de Rhuan. Taílson ampliou para 2 a 0, em jogada individual, após receber de Lucas Lourenço, e com esse placar, os times desceram os vestiários para o intervalo.

A partida ficou paralisada por 50 minutos, em razão das chuvas que caíram na região. Com o gramado molhado, o Peixe ampliou para 3 a 0 com Wesley Pinheiro e em seguida sofreu um gol contra de Rhuan. Ainda foi possível aumentar o marcador com o zagueiro Felipe Torres e o lateral Doquinha de falta que deram números finais a partida.
"Cada equipe tinha uma proposta, mas a gente foi muito feliz em marcar gols no começo de cada tempo. Isso foi muito importante porque dá confiança para que os jogadores tomem decisões mais acertadas. Estamos começando um trabalho, mas vamos devagar, sem  ficarmos tão eufóricos, mas fico feliz e orgulhoso de termos deixado a torcida contente." disse o comandante técnico Emerson Ballio, logo após o apito final.
Um dos destaques do partida foi o meio-campo Lucas Lourenço que deu três assistências, sofreu pênalti que ele mesmo bateu e acabou desperdiçando.

Matheus Guedes pode assinar com qualquer clube desde setembro
Outro valor individual da equipe foi o defensor canhoto Matheus Guedes. O contrato do camisa 6 do sub-20 santista termina em Março deste ano e o Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que o jogador não deve ter seu vínculo renovado e tem situação encaminhada para acertar com a Roma-ITA. Como não houve um acordo com os dirigentes santistas para a renovação, desde setembro do último ano, ele tem direito por lei, a negociar com qualquer clube e como se trata de fim de contrato e não uma venda, se confirmada a informação, o Peixe terá apenas direito a 5% em uma futura venda apenas como formador do atleta. Em outubro, do ano passado, o Blog publicou com exclusividade que o jogador não permaneceria no clube.

Na próxima segunda-feira (7), os 'Peixinhos" vão tentar garantir a classificação antecipada a próxima fase diante do São Caetano, às 20h. 

Na noite desta sexta-feira (5), o sub-20 do Santos foi a campo com Thiago Igor; Doquinha, Felipe Torres (Gabriel Souza), Matheus Guedes e Rhuan; Wagner Palha, Weslley Pereira (Sandry) e Lucas Lourenço; Alexandre Tam (Moraes), Wesley Pinheiro (Marcos Bahia) e Tailson.

Independente da fragilidade do adversário, o alvinegro fez a sua parte e tratou de golear. O Santos já conquistou a Copa São Paulo em três oportunidades: 1984, 2013 e 2014. Desde a última conquista, não passou das quartas de finais nos últimos anos.


Rodrygo prestes a completar 18 anos na próxima semana.
ANTECIPAÇÃO

Em meu perfil pessoal no twitter, escrevi na manhã de quinta-feira (3), que o Santos antecipou grande parte dos valores da segunda parcela da venda do atacante Rodrygo ao Real Madrid, da Espanha. O clube merengue só vai entregar o dinheiro quando o jogador se apresentar na capital espanhola, previsto para o meio do ano, porém, a gestão que administra o clube da Vila conseguiu através da empresa francesa Sport Value com 6,5% de juros, a quantia e deu os valores que receberá do novo clube do 'rayo' como garantia. O Santos pretende usar boa parte do dinheiro para ir as compras, já que é o único clube da série A, que ainda não adquiriu reforços para 2019. 

O Blog do ADEMIR QUINTINO tinha a informação que a primeira parte dos valores paga o ano passado, já não existe mais e ficou no fluxo de caixa e a segunda parte conforme revelada em primeiríssima mão, foi antecipada, mas não tinha o nome da empresa que foi revelada pelo Diário do Peixe, na noite desta sexta-feira (4).

Dos 25 milhões de euros (R$106 milhões) que o Real vai depositar ao Santos, 5 deles pertencem a família do atleta, portanto, a operação foi de 20 milhões de euros (R$ 85 milhões) fatia que pertence ao Peixe. 

Como a empresa francesa antecipou os valores, o alvinegro vai abrir mão de aproximadamente R$ 2,5 milhões de reais que são os valores da taxa de juros e o clube recebeu mais R$ 82 milhões de reais imediatamente. 

O vazamento da informação causou irritação na cúpula santista. Nas cláusulas contidas no contrato da venda do camisa 9 aos espanhóis, existe uma de sigilo

A "Cláusula de Confidencialidade" é uma restrição, incluída em contratos, que determina a proibição da revelação de informações confidenciais que uma ou mais partes terão acesso. Se violada a confidencialidade pelo infrator, nasce em favor do lesado a presunção absoluta de dano, a ser reparado exclusivamente com base nos valores pré-determinados na cláusula penal.

strutura.com.br



 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by