FOTO CAPA

MAIS UM "MENINO" PODE DEIXAR A "VILA"

Publicado às 07h00 desta quinta-feira, 6 de setembro de 2018.
O Santos corre o o risco de perder mais uma joia da sua divisão de base. Isso porque o volante Fernando Medeiros, atleta do time Sub-23, pode deixar o time com poucas partidas pelo elenco profissional. Com contrato até dezembro deste ano, o jogador já pode assinar um vínculo com quem qualquer outra equipe, para se apresentar em 2019, que a lei lhe permite. O Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que o Corinthians tem interesse e já procurou o jogador.

Medeiros é nascido em 1996 e foi campeão como jogador titular do Santos da Copa São Paulo, em 2014. No mesmo ano, assinou seu primeiro vínculo como jogador profissional do clube. O atleta vem sendo assediado por outras duas agremiações que viram potencial no futebol do jovem e querem tirá-lo da Vila.

Na excursão realizada ao México, no meio do ano, com o time ainda sob o comando de Jair Ventura, Fernando Medeiros de apenas 22 anos, foi relacionado no time principal e até entrou no segundo tempo da partida diante do Querétaro. Na única oportunidade que o jovem teve de titular na Copa do Brasil, ele marcou gol e sofreu um pênalti contra o Galvez do Acre. Na semana passada, treinou com o elenco profissional, até de titular e foi cotado para viajar para o Rio de Janeiro com a delegação, mas foi preterido por Juliano, outro volante do sub-23. 

Fernando subiu ao profissional quando Dorival Júnior ainda comandava o Peixe, em 2016. O meia logo mostrou seu cartão de visitas ao marcar um gol em seu segundo jogo contra o Galvez, do Acre, na Copa do Brasil. Porém, a disputa no meio-campo contava com Thiago Maia, Renato, Elano, Vitor Bueno e Lucas Lima. Ao todo, foram três partidas na temporada e mais uma em 2018 no time de cima. Pelo sub-23 santista, Medeiros tem 11 partidas (sete no Brasileiro e quatro na Copa Paulista) nesta temporada. 

Em contato com o Blog do ADEMIR QUINTINO, o empresário do jogador Alan Bernardo, desconversou sobre o assunto:
"Ele tem contrato em vigência. Respeitamos o contrato. Se ele (Medeiros) for sair, falaremos sobre o assunto após o encerramento do vínculo. Vamos respeitar o Santos, como sempre fizemos. Enfim, até o fim do ano, eu não quero me manifestar sobre o assunto. Se o Santos quiser é um direito do clube", finalizou.

strutura.com.br


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by