FOTO CAPA

DONIZETE E A SUA CHANCE NO RJ, DIANTE DO FLAMENGO

Publicado às 13h20 desta terça-feira, 27 de junho de 2017.
Envolvido em três competições, o Santos dá uma pausa no Brasileiro e concentra as suas atenções na Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (28), os comandados de Levir Culpi tem um difícil compromisso. Encaram o Flamengo, em jogo de ida das quartas de finais da competição nacional, na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, às 21h45. Leandro Donizete pode ser a maior novidade no time. Thiago Maia não foi relacionado em razão de uma gastroenterocolite aguda e o veterano é o mais cotado para substituí-lo. Alison é a outra opção.

David Braz que cumpriu suspensão diante do Sport-PE, retorna na vaga de Fábian Noguera no miolo de zaga.

Semana passada, Donizete, que fez sucesso no Atlético-MG onde atuou por cinco temporadas, ao saber que ficaria no banco diante do Vitória-BA, pediu para não viajar com o grupo, em razão de "problemas particulares em casa com a esposa". 

"Não quero sair daqui e estou na esperança de jogar ainda, de ter uma sequência, mostrar o meu valor. Estou com tesão de jogar". Parece que a chance de Leandro, enfim, pode ter chegado. 
Sendo assim, o Peixe tenta um bom resultado no jogo de ida, para decidir na Vila Belmiro, no dia 26, se avança as semifinais em busca do seu segundo título na Copa do Brasil (venceu em 2010).

Além de Thiago Maia, Ricardo Oliveira com pneumonia, Rodrigão com amigadalite, o zagueiro Cléber com edema e Zeca que se recupera de dores no tornozelo, completam os desfalques.

Se as informações que o Blog colheu estiverem corretas, o time começa o duelo diante do rubro-negro com Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Jean Mota; Leandro Donizete (Alison), Renato e Lucas Lima; Bruno Henrique, Copete e Kayke.

A delegação seguirá direto da cidade maravilhosa para Goiânia, onde no sábado (1), enfrenta o Atlético-GO, pelo Campeonato Brasileiro.

RELACIONADOS
Goleiros
Vanderlei e Vladimir
Laterais
Caju, Daniel Guedes e Victor Ferraz
Zagueiros
David Braz, Fabián Noguera e Lucas Veríssimo
Meias
Alison, Jean Mota, Leandro Donizete, Léo Cittadini, Lucas Lima, Rafael Longuine, Renato, Serginho e Vitor Bueno
Atacantes
Arthur Gomes, Bruno Henrique, Copete, Kayke, Thiago Ribeiro e Vladimir Hernández


GOLEIROS NAS SELEÇÕES DE BASE

Waltinho (de preto) e os goleiros do sub-15.
O Santos tem tido diversos jogadores convocados para a Seleção Brasileira, nas categorias de base, nos últimos anos. Vários atletas de qualidade com o selo "Meninos da Vila" que trabalham com os técnicos Gustavo Roma (sub-15), Luciano Santos (sub-17) e Aarão Alves (sub-20) são constantemente lembradas para vestir a "amarelinha" e não são apenas, os jogadores de linha. Tem goleiros também.

O bom trabalho do preparador de goleiros Waltinho Del Vecchio, que está no clube desde 2010 e no masculino, especificamente no amador, desde 2012, foi um dos responsáveis pelas convocações dos goleiros Renan Pastre (nascido em 1998) , Paulo Mazzoti (nascido em 2000), Breno Sossai (nascido em 2001) e  mais recentemente o jovem Victor Gomes, do sub-15 (nascido em 2002).


Rozan e Cafu comemoram a conquista do Penta,
ROSAN DE VOLTA A VILA


Fiquei surpreso, mas de forma positiva, quando no sábado (24), o conselheiro João Arthur Alves São Pedro, o Joca, me informou pouco antes de Santos e Sport, que a negociação para o regresso do fisioterapeuta Luiz Alberto Rozan, que já durava alguns meses, tinha enfim se concretizada no dia anterior. 

Rozan trabalhou no Santos no começo dos anos 2000 e foi campeão mundial na Coréia e no Japão, com a Seleção Brasileira, em 2002.

O profissional que também trabalhou com sucesso no São Paulo, anunciou o seu regresso ao clube praiano em uma rede social, no dia seguinte:
"Caros amigos, estou retomando minhas atividades profissionais no Santos FC, portanto estarei ausente do convívio quase que diário com vocês." publicou o renomado e reconhecido profissional.

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by