FOTO CAPA

"FOI A FÉ QUE ME CUROU"

Publicado às 09h59 desta terça-feira, 7 de Março de 2017.
O atacante Thiago Ribeiro que retornou ao Santos no começo deste ano, foi o convidado da live no facebook do Jornal Minuto, na noite desta segunda-feira (6). O atleta que tem 31 anos e contrato com o Peixe até o fim de 2017, falou da carreira, do drama que viveu da depressão e da fase do Santos que estréia na Libertadores, nesta quinta-feira (9), no Peru, às 21h45 (Brasília).
"De uma hora para outra deu uma desencaixada. Ninguém entra em campo querendo empatar, perder. Só desejamos vencer. Mas esse time tem qualidade e já provou que quando essa fase passar, vai viver momentos bons e dar alegrias a torcida. Esperamos fazer uma grande Libertadores, sabemos o quanto essa competição representa para o clube e para a torcida. Vamos passo a passo.Temos time e elenco para brigar por esse título."
Sobre a sua volta ao Peixe, já que em Março de 2015 deixou a Vila por empréstimo ao Atlético-MG e depois ao Bahia e retornou em janeiro deste ano, Thiago acredita que sua experiência vai ser útil a equipe e agradece ao técnico Dorival Junior pela oportunidade.
"Tenho muito fé em Deus e sei do potencial que ele me deu. Eu sei que tenho condições de ajudar o Santos a realizar uma ótima temporada e darei a minha contribuição. Estou feliz por ter voltado e satisfeito pela confiança do Dorival que pediu o meu retorno. É a primeira vez que estou trabalhando com ele."
Sobre a depressão, um drama que o jogador afirma ter vivido por dois anos e que começou em 2014, Thiago Ribeiro garante que já foi superado e se diz super motivado em dar a volta por cima.
"Começou a me dar uma angustia e eu me conheço, aquilo tava me incomodando. Em seguida, veio a ansiedade porque aquela tristeza nunca havia acontecido comigo, não saia. Perdi peso, 7 Kg em duas semanas, não conseguia dormir. Comecei a tomar anti-depressivo. Não comia, só liquido batido no liquidificador porque eu forçava para ingerir algo. Foi difícil. mas já passou."
Durante a entrevista, Thiago Ribeiro deu demonstrações claras que falar sobre o tema que o atrapalhou durante duas temporadas na carreira e em sua vida pessoal, não o incomodava e deu detalhes do que aconteceu.
"O pior momento foi no Santos em outubro de 2014. Eu tinha muita resistência e acabei perdendo isso. Eu cheguei a temer até pela continuidade da minha vida. Foram dois anos de dificuldades. Eu sou de família evangélica, mas na verdade eu não tinha uma vida de cristão. Era raro eu ir na Igreja. Mas quando passei por isso, senti a necessidade de Deus. Posso dizer 100% que foi a minha fé que me curou. Quando comecei o tratamento, não senti melhora nenhuma, foram nove meses a base de vários remédios e não funcionaram. E só voltei a ter um sono tranquilo, alegria, voltar a comer e paz, após eu passar a frequentar a Igreja e pensar mais em Deus.
Thiago já marcou dois gols pelo Santos, apos seu retorno.
Perguntado por um dos internautas que acompanharam a entrevista ao vivo, Thiago Ribeiro rebateu que o gol que marcou diante do Vitória-BA, em Salvador, pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2014, salvou o rival Palmeiras.
"O meu gol não livrou o Palmeiras. Se ficasse 0 a 0, eles escapariam da mesma forma, não mudaria nada o quadro."
Revelado pelo Rio Branco de Americana e com passagens pelo Bordeaux-FRA, São Paulo e Cagliari-ITA, Thiago Ribeiro vai para a sua sexta Libertadores e disse que chegou a hora de dar uma volta olímpica como campeão das Américas.
"Fui duas vezes vice-campeão da Libertadores - 2006 e 2009. Disputei uma com São Paulo, três pelo Cruzeiro e a última pelo Atlético Mineiro. Quero ser campeão. O Santos tem totais condições disso."
Sobre o fim da carreira, o atacante disse que ainda não pensa nisso e deseja que ainda demore muitos anos.
"Eu espero jogar no mínimo até os 37 anos, mas em alto nível. Enquanto meu físico tiver rendendo, eu vou continuar. Após parar de jogar, eu não me vejo trabalhando no futebol. Penso em fazer outras coisas."
Por fim, perguntado pelo apresentador se os companheiros Ricardo Oliveira, Lucas Lima e Renato retornariam ao time titular, na estréia da Libertadores, o jogador respondeu:
"Eu já vi o que aconteceu no treino, mas deixo você perguntar para o Dorival. Não sei se ele vai dar entrevista amanhã, mas alguém da comissão ou da assessoria, vai dizer a vocês, se eles viajarão e jogarão. Não serei eu que vou entregar essa." finalizou o jogador seguido de alguns risos.  Pelo que o Blog do ADEMIR QUINTINO apurou, ainda não está confirmado, provavelmente os três devem estar em campo no Peru.
Para quem não viu a entrevista e deseja, basta clicar no link ao lado:  - https://www.facebook.com/jornalminuto/videos/189567418197700/

ATLETAS DO SANTOS CONQUISTAM TÍTULO DE FUTEVOLEY NA ARGENTINA


O técnico Julio Cesar Alves e as atletas Vânia Moraes e Ana Paula Manhaes conquistaram o título representando o Brasil no Campeonato Internacional Verano de Futevôlei, realizado na Argentina e organizado pela Federação Internacional da modalidade. 

Os santistas chegaram ao primeiro lugar pelo Brasil A na categoria 4 x 4. Depois de vencerem a seleção local, do Paraguai e do Uruguai chegaram ao título ao baterem por 2 sets a 0, o Brasil B, formado por atletas do Vitória-BA.


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by