FOTO CAPA

"A COMPRA DEPENDE DE VENDAS"

Publicado às 12h36 desta quarta-feira, 20 de abril de 2016.
O presidente do Santos - Modesto Roma Junior, em entrevista exclusiva ao Blog do ADEMIR QUINTINO, nesta terça-feira (19), durante evento do Esporte Interativo, no Museu de Futebol, no estádio do Pacaembu, fez uma revelação. Só reforçará mais o time pro Campeonato Brasileiro, na dependência de quem irá sair.
"Tudo depende muito de quem vai ficar e quem vai sair. A contratação também depende da receita de venda de jogadores. O Santos tem um plantel que os jogadores desejam ficar, se não todos e tem alguns atletas que não temos interesse em negociar" garantiu.
Além de Marlos Moreno e Jhonatan Copete, colombianos do Atlético Nacional de Medellin, o mandatário alvinegro confirmou que gosta do futebol do atacante Victor Ibarbo, de 25 anos, que também joga no clube de melhor campanha da Libertadores deste ano, até o momento. 

Ibarbo está emprestado aos colombianos pela Roma. O Peixe tem o lateral Emerson Palmieri emprestado aos italianos. O jovem brasileiro tem fixado o valor de 2 milhões de euros, caso o time da capital do país da Europa deseje ficar com o jogador revelado na Vila e então pode pintar uma composição entre as partes. 

Sem ter dito durante a entrevista, o presidente deixa de maneira sútil e de forma subliminar que teme perder Ricardo Oliveira para o mercado chinês na janela do meio do ano. O centroavante foi objeto de desejo dos orientais no começo da temporada,  por isso, os dirigentes já pensam em um substituto.
"Tem alguns jogadores interessantes lá. O Marlos Moreno, o Copete e gosto também do Ibarbo - centroavante do Atlético Nacional. Estou entusiasmado, mas depende de termos valores para investir nesses atletas. A compra depende de vendas." afirmou o presidente.
Além do interesse nos três colombianos, e dos contratados que irão se apresentar para o Campeonato Brasileiro - o defensor argentino Fabian Noguera e o centroavante Rodrigão, o presidente alvinegro preferiu não comentar de outras possibilidades de reforços para o time praiano visando o segundo semestre:
"Estou tentando trazer o Pelé, o Zico está aqui (risos), o Rivellino. Brincadeiras a parte, vamos com calma né Ademir. Não dá pra comentar muito, até porque seria um desrespeito com os atletas que estão em final de campeonato e isso tira o foco, então a gente fala menos disso" completou o mandatário alvinegro sobre o assunto.
Além de reforços, Modesto Roma também falou da assinatura de contrato do Peixe com o Esporte Interativo. O Santos foi pioneiro e o primeiro clube de peso a fechar com a emissora, conforme revelado pelo Blog do ADEMIR QUINTINO, em fevereiro deste ano. A emissora de TV a cabo do grupo Turner quebra paradigmas e rivaliza com a toda poderosa Rede Globo, que estava na zona de conforto, e agora vê um concorrente de peso na briga dos direitos de transmissão na Tv fechada.
"Eu acho importante termos mais players e a Turner é importante nesse processo. A torcida (do Santos) esperava isso (a assinatura com EI), essa nova realidade do futebol brasileiro, modificação da mesmice. Dar essa guinada, fazer essa alternativa de mudar algumas coisas" avaliou.
O mandatário santista garante não temer retaliação da emissora do Projac.
"Não temo. Tanto que nesse domingo faremos o jogo das 16 horas diante do Palmeiras. Isso é tradicional, já vem de longa data e não é de hoje
Por fim, o mandatário alvinegro deu de ombros sobre a declaração do meia Marquinhos Gabriel que preferiu acertar com o rival SCCP do que voltar ao Santos. 
"Santos tem uma linha de atuação, não acertamos e falamos com jogador nenhum antes de falar com o clube. Nós aumentamos um pouco, a questão salarial (em relação ao que recebia o jogador quando atuou por empréstimo em 2015), mas não vamos além das nossas possibilidades, nunca. Então, talvez o Marquinhos (Gabriel) não esteja tão por dentro daquilo que os empresários dele falam" rebateu.




 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by