FOTO CAPA

O SANTOS QUER 12 MILHÕES DE EUROS POR OLIVEIRA

Publicado às 17h39 desta quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016.
Por 12 milhões de euros (R$ 52,3 milhões) , o centroavante Ricardo Oliveira até deixa o Santos. Menos que isso, o presidente Modesto Roma, garantiu em entrevista coletiva, na tarde desta quarta-feira (24), que não abre mão do jogador para os chineses do Beijing Guoan. A multa rescisória é de 50 milhões de euros (R$ 220 milhões). 

A negociação precisa ser efetuada até às 9h da manhã (horário de brasília), da sexta-feira (26), pois fecha-se a janela de transferência para a China.
"Fixamos a saída do Ricardo em 12 milhões de euros. Entendemos que é um preço para o Santos ir ao mercado e conseguir um substituto para ele", afirmou Modesto Roma.
O presidente santista promete ir a FIFA por assédio dos chineses que primeiro procuraram o jogador e depois o clube. 
"Os chineses precisam aprender que clube brasileiro não é mercado chinês. Não é chegar e levar. Estamos fazendo notificação à Fifa. Chega dessa palhaçada" disparou.  
Ricardo Oliveira completará 36 anos no mês de maio. O contrato dele com o Peixe vai até dezembro de 2017. Em seu retorno a Vila Belmiro, no começo de 2.015, o camisa 9 marcou 37 gols na temporada passada.

Os chineses oferecem ao atleta contrato de duas temporadas (2016 e 2017). Os valores mensais podem chegar a R$ 1,2 milhões mensais apurou o Blog do ADEMIR QUINTINO

Oliveira não está nem relacionado para concentrar nesta quarta-feira (24), para a partida diante do Mogi-Mirim, nesta quinta-feira (25), no estádio do Pacaembu.

Nas suas duas passagens pelo clube da Vila, o atacante balançou as redes 60 vezes em 99 partidas. O centroavante foi artilheiro da Libertadores 2003, além de paulista e brasileiro em 2015.

Oliveira pode ser a maior relação custo benefício do clube. Todo valor, se os chineses aceitarem pagar, ficará para a instituição, sem ter que dividir com ninguém. 

Pode ser a segunda maior arrecadação do Santos em uma venda de jogador e só perde para Robinho, que em 2005, foi negociado ao Real Madrid por 30 milhões de dólares e o alvinegro tinha a maior fatia dos direitos econômicos. Já Neymar (17 milhões de euros) e Geuvânio (11 milhões de euros), apesar de negociações altas, o Glorioso tinha fatias bem menores.

Ricardo chegou desacreditado na Vila, trazido pelo empresário Luiz Taveira, no começo do ano passado, vindo do mundo árabe e oito meses parado e mesmo sob a desconfiança de alguns, aceitou receber apenas R$ 50 mil mensais. 

Após a artilharia do estadual, voltou a ser convocado para a disputa das eliminatórias para a Copa do Mundo pela Seleção Brasileira e até um marcou gol diante da Venezuela. 

Após o campeonato brasileiro, o jogador recebeu inúmeros prêmios como melhor atacante do país, vestindo a camisa do glorioso. 

Em 2016, o pastor atuou cinco vezes com o manto alvinegro, todas as partidas pelo Campeonato Paulista. Marcou dois gols e deu uma assistência.

A Portuguesa de Desportos, clube que o jogador foi revelado, tem direito a 1% da negociação, ou seja, 120 mil euros (R$ 520 mil), repito, caso seja concretizada. 


MOGI NO PACAEMBU

Sem Ricardo Oliveira, o Santos enfrenta o Mogi-Mirim, nesta quinta-feira (25), às 19h30, no estádio do Pacaembu, com transmissão da Rádio Capital - 1.040 AM, com Joel no comando do ataque.

Sendo assim, a equipe deve começar a partida com Vanderlei, Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Zeca; Renato, Thiago Maia, Lucas Lima, Serginho (Patito); Gabriel e Joel.


MENOS DE 6 MIL ANTECIPADO

O Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que apenas 5.775 ingressos foram vendidos para esta partida no próprio da municipalidade paulistana.


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by