FOTO CAPA

VILA, PACAEMBU OU NOVA ARENA?

Publicado às 10h57 desta quinta-feira, 11 de dezembro de 2014
Não há discussão maior. Não há consenso. E até hoje, não houve solução. Afinal, o Santos FC deve mandar seus jogos na Vila Belmiro, no Pacaembu ou construir uma nova arena?

Esse é o tema que os cinco candidatos ao maior cargo majoritário do futebol brasileiro responderam ao  BLOG do ADEMIR QUINTINO no decorrer da campanha.


O candidato da CHAPA 1 - "SANTOS VIVO", José Carlos Peres não considera o tema como emergencial, segundo ele, o próximo presidente deve tratar outros problemas como prioridade inicial, para preocupar-se com a questão em outro momento:
"Ademir, esse assunto, ainda que importante, não é emergencial. Temos que sanear a casa antes de qualquer coisa. Depois disso, ou ao mesmo tempo, temos que implementar um forte trabalho para trazer o torcedor de volta aos estádios. De que adianta falar em arenas, se nosso público não comparecer?" afirmou.
Outro aspecto que salientou o candidato de 66 anos de idade é que independentemente da futura escolha entre Vila Belmiro, Pacaembu e novo estádio, ele pensa em fazer uma grande comemoração no centenário do Estádio Urbano Caldeira:
"Em 2016, comemoraremos o centenário da Vila e faremos isso para comemorar novamente o centenário do clube, que ficou muito aquém do que todos desejavam. Faremos os estudos necessários, encaminharemos isso para a discussão ampla, e executaremos o que os verdadeiros donos do clube decidirem. Sem loucuras e sem endividamento. Isso posso te garantir, Não venderemos nossa alma para ter um estádio novo." concluiu.
Já o candidato da CHAPA 2 - "AVANÇA, SANTOS", Nabil Khaznadar tem uma visão diferente. Segundo ele, o tema é prioritário já nos primeiros meses de mandato. O mesmo garante que a possibilidade de construir um novo estádio existe.
"Conversamos com os prefeitos de Santos, São Vicente e Cubatão. Temos três excelentes terrenos disponíveis. Agora, precisamos estudar toda a questão logística para construirmos o nosso tão sonhado novo estádio" afirmou.
Nabil ainda detalhou o projeto "match day" que tem o intuito de implantar caso vença a eleição que ocorre neste fim de semana.
"Aliás, em 2016 será celebrado o centenário da Vila e desde já estamos preparando um programa comemorativo à altura da data, para iniciar as comemorações em outubro de 2015, quando a Vila faz 99 anos. No caso específico de novas arenas, o Santos está aprendendo com os erros dos rivais. As arenas fazem parte de uma nova realidade e já se vê o quanto os clubes sofrem e vão sofrer para fechar as contas, enquanto os torcedores reclamam dos preços cobrados na bilheteria. Com relação ao Pacaembu, nos agrada bastante termos a segunda casa do Santos nesse estádio, já que possuímos enorme torcida na capital. O importante é o clube fazer um planejamento no início do ano, para que o torcedor saiba com antecedência onde os jogos acontecerão. Dessa forma, eles poderão se programar para assistir aos jogos e teremos tempo para promover o espetáculo. Essa é uma das ações que estão inseridas em nosso projeto Match Day." concluiu. 
Outro a ter uma opinião contundente sobre o tema é o candidato da CHAPA 3 - "PENSE NOVO, SANTOS" Orlando Rollo. Ele afirma que a possibilidade de transformar a Vila Belmiro em algo semelhante a La Bombonera é real. Seu sonho é a verticalização do estádio alvinegro:
"A nossa casa é a Vila Belmiro, portanto faz parte dos nossos planos a ampliação vertical do Estádio, como um de nossos principais projetos. A ampliação e modernização do Estádio Urbano Caldeira é totalmente viável, e é uma de nossas prioridades. Quando assumi a vereança , apresentei um projeto que está tramitando na Câmara Municipal de Santos em que as ruas no entorno do estádio, (exceção da rua Princesa Isabel) seriam desafetadas parcialmente em favor do Santos F.C., como já acontece em dias de jogos, com o intuito de facilitar a construção das novas estruturas que possibilitarão a verticalização. Entendemos que, a elitização do estádio Urbano Caldeira, com a construção de inúmeros camarotes e setores VIP serviram para afastar os torcedores “comuns”, que sempre foram à maioria em nossos domínios. Em nosso projeto manteremos apenas os camarotes localizados em pavimentos superiores. A Vila Belmiro voltará a ser um alçapão!" exclamou.
O penúltimo a se posicionar sobre o assunto é o candidato da CHAPA 4 - "SANTOS GIGANTE", Modesto Roma. O presidenciável apoiado pelo ex-presidente Marcelo Teixeira é radicalmente contra assumir o estádio do Pacaembu:
"Por que assumir um estádio tombado pelo patrimônio histórico, onde não posso fazer sequer um banheiro, para administrar? É melhor alugarmos o Pacaembu, Morumbi, a Arena Corinthians e a Arena Palestra sempre que optarmos por jogar na Capital." externou.
Porém, é dever informar ao internauta que o tombamento pelo Condephaat (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico, Arqueológico, Artístico e Turístico) abrange somente a fachada e os elementos arquitetônicos externos (há um tombamento do próprio entorno desde 1991). Qualquer projeto interno de modernização e de aumento de capacidade é possível no próprio da municipalidade paulistana.

Já sobre a Vila Belmiro, Roma vê o estádio como prioridade e também afirma que o Santos não construirá uma Arena:
"Nossa ideia é valorizar a Vila, mantendo como um estádio, um verdadeiro templo do futebol de alma do Peixe. Vamos continuar mandando jogos em nossa casa. Sempre que for possível e estratégicamente importante para os negócios dentro e fora de campo do clube nos apresentaremos na Vila Belmiro. Sabe, o Santos perdeu o bonde da história para construir uma nova arena que foi a Copa do Mundo" concluiu.
candidato da CHAPA 5 - "MAR BRANCO", Fernando Silva apoiado pelo ex-presidente Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro é mais cauteloso e disse:
"O que posso garantir sobre este assunto é que isso será analisado, levando em consideração a opinião do verdadeiro torcedor santista. Se decidiremos pela reforma ou construção da nova Arena, ainda é prematuro dizer. A certeza que temos é que a Vila Belmiro continuará sendo um grande ativo do Santos, por tudo o que ela representa". 
A eleição para presidente e conselho deliberativo ocorre no próximo sábado (13) Das 10 às 18 horas no estádio da Vila Belmiro e na Federação Paulista de Futebol.

                                        

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by