FOTO CAPA

EMERSON FORA NO MÍNIMO 20 DIAS

Postado às 13h07 desta terça-feira, 13 de Maio de 2014.
O lateral-esquerdo Emerson Palmieri é o mais novo desfalque do Santos no mínimo por três semanas. O Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que o exame que o jogador realizou no posterior da coxa na segunda-feira (12) apresentou que a lesão muscular é de grau 2. O departamento médico santista ainda não confirmou a informação.

Emerson saiu lesionado do gramado durante a vitória santista contra o Figueirense-SC, no último domingo. Com isso, cresce a possibilidade do jovem Zé Carlos, campeão da Copa São Paulo de Futebol Junior neste ano, assumir a titularidade do setor. O titular da posição Mena, se recupera de lesão no tendão de aquiles e Emerson vai levar de 20 a 30 dias para voltar a jogar. Como o último jogo do Peixe antes da pausa da Copa do Mundo é no dia 31 deste mês, Emerson só deve estar a disposição para o segundo semestre. 


Renato

O volante Renato foi aprovado nos exames médicos e assina nesta terça-feira (13), o seu novo contrato com o Santos até o fim do ano, com possibilidades de renovação por mais uma temporada. A apresentação do jogador acontece nesta terça-feira (13) após o treinamento no CT Rei Pelé.

Volto com mais experiência. Estou voltando para minha casa, aqui foi o caminho para tudo na minha carreira, cheguei a seleção e fui para a Europa. Dez anos se passaram e é como se tivesse chegado a primeira vez, estou muito feliz. Espero ajudar o Oswaldo [de Oliveira] e os garotos”, afirmou Renato.


Na primeira passagem do jogador pela Vila Belmiro, ele foi campeão brasileiro em 2002 e participou das primeiras rodadas da competição no título nacional de 2004, antes de se transferir para o Sevilha (ESP).

No Peixe, o atleta vai vestir a camisa 35, em alusão a sua idade (ele completa 35 anos na próxima quinta-feira).  


Embaixadas

O Artigo 2º do Estatuto Social do Santos FC trata da possibilidade de criação de embaixadas pelo país. Uma das associações que deve lançar candidato a presidência no clube no fim do ano, a "Eu Sou Santos" propõe a revisão de um dos pré-requisitos atuais para que as mesmas se estabeleçam, que é a existência de um número de 100 sócios do clube na cidade. 

"Defendemos que o processo deva começar de outra forma: o clube deve identificar, mapear e mobilizar grupos de santistas para que se organizem e se reúnam com relativa frequência em locais pré-determinados em suas cidades, conferindo a estes o status de embaixadas provisórias” afirmou Ricardo Agostinho, um dos coordenadores da Associação.

Já existem algumas cidades com embaixadas do Santos oficializadas como Brasília e algumas que estão em processo de consolidação, tais como Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São José do Rio Preto. 

"A contínua expansão de nossa torcida por todo território nacional é fundamental e a criação de Embaixadas é um instrumento básico, pois aproxima do clube o torcedor que poucas oportunidades de vê-lo em ação nos estádios. Grêmio e Internacional já entenderam isso e têm, cada um, mais de 500 consulados” completou Agostinho.

    

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by