FOTO CAPA

VIROU PROFESSOR

Postado às 21h50, desta segunda-feira, 10 de março de 2014
Campeão brasileiro em 2002, o ex-meia Robert passou a segunda quinzena de fevereiro acompanhando de perto as atividades do elenco profissional do Santos. O ídolo santista no tempo das vacas magras, os anos 90, cumpriu um período de estágio ao lado de Oswaldo de Oliveira, visando aprimorar seus conhecimentos para iniciar a carreira de técnico. O Blog do Ademir Quintino entrevistou o futuro treinador.

Blog do ADEMIR QUINTINO: Qual foi a experiência que o estágio lhe trouxe?
Robert: Pude relembrar muita coisa que vivi nos meus quase 20 anos como atleta, e no dia dia de treinos e jogos.Também vi que muita coisa mudou em relação à preparação e recuperação pós jogo.

BAQ: Tem proposta para trabalhar de algum clube?
Robert: Sim, fiquei muito honrado e feliz por já receber propostas de trabalho, estou analisando com muito carinho todas e se eu entender que é a hora, já começo a trabalhar ainda esse ano.

BAQ: Como foram esses dias em que voltou a conviver com o elenco de profissionais em um clube onde fez história?
Robert: Foram dias de muito aprendizado, e de grande alegria e satisfação em poder conviver novamente num clube que me marcou muito como atleta, e também poder aprender muitas coisas com o Oswaldo de Oliveira, profissional de alta qualidade e de uma pessoa espetacular.

BAQ: Se tiver que apostar em um jovem, qual dos jogadores do Santos você crava que terá sucesso?
Robert: O Santos tem uma divisão de base das melhores do Brasil, e atualmente são mais de 15 atletas vindo da base que integram o elenco profissional, dentre eles, dos que estão tendo oportunidade de jogar, posso citar o Geuvânio, Gabriel, e o Gustavo Henrique como os que estão comprovando as expectativas, mas tem muito atleta bom que ainda não foi usado, e que com certeza, num futuro próximo, tem potencial pra se firmarem na equipe profissional do Santos.


Felipe Takashi assume na Copa

Durante a Copa do Mundo, o Blog do ADEMIR QUINTINO terá crônicas pós jogos do Brasil. Eu permanecerei escrevendo única e exclusivamente sobre o Santos, como faço desde 2008. Os textos sobre as partidas da Seleção Brasileira ficarão a cargo de Felipe Takashi.
                                    

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by