FOTO CAPA

SARNA PRA SE COÇAR

Postado às 15h14 desta quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Os dirigentes do Santos confirmaram que o time vai entrar em campo domingo (10), contra o Vasco/RJ, no estádio do Maracanã com uniformes estampados com o nome do Instituto Ronald McDonald, sem receber um centavo por isso. 

O assunto não agradou parte do Conselho Deliberativo do clube. O conselheiro Leandro Silva promete levar o caso para a análise da Comissão de Estatuto a fim de avaliar a conduta ética. O Conselho Deliberativo não foi consultado sobre o assunto.

O empresário Ronald Monteiro, membro do Comitê de Gestão, e dono de franquia da rede de fast-food que leva o mesmo nome do instituto, nega que tenha sido quem fez a sugestão para estampar a entidade nos uniformes, mas o Blog ouviu de fontes seguras justamente o contrário. 

O conselheiro supracitado já enviou comunicado ao Conselho Deliberativo (segue o conteúdo na íntegra abaixo) onde questiona a necessidade de publicidade do instituto no manto santista:
"Sugerimos que o nome da Santa Casa de Misericórdia de Santos ou outras entidades que realmente precisam sejam colocados na camisa do clube em substituição do Instituto Ronaldo McDonald, que não tem necessidade de arrecadar fundos e dispões de recursos mais que suficientes para a divulgação de seu trabalho" disse o Conselheiro.
Nos bastidores circula a informação que alguns associados pretendem ir até a justiça comum.  

Como não sou de ficar em cima do muro, o Santos não me ajuda em absolutamente em nada e este espaço não tem ligações com corrente A, B ou C; a minha opinião é de que há sim um conflito de interesses. Tantas milhares de outras instituições que podem e precisam ser beneficiadas e por que a preferência por essa instituição que tem mais dinheiro do que juízo? É no mínimo, arrumar sarna para se coçar de forma desnecessária.

Pra finalizar, eu estou cada vez mais descrente que o clube vai se reaprumar tão cedo. É muito interesse pessoal em jogo, e nesse ambiente, não há time que possa ir bem.

Segue abaixo a carta enviada ao presidente do Conselho por Leandro Silva, que autorizou o Blog do Ademir Quintino a publicar a mesma

Santos, 06 de novembro de 2013               
Ao COMITÊ GESTOR e Comissão de Marketing do CD              A/C Dr. Paulo Roberto de S. S. Schiff                            
 MD. Presidente 
CONSELHO DELIBERATIVO DO SFC   
Assunto: DIVULGAÇÃO DE ENTIDADES FILANTRÓPICAS NO UNFORME DO SFC   

Prezados Santistas,                              

Inicialmente destacando a importante visita que fizemos hoje à Santa Casa da Misericórdia de Santos por iniciativa do Sr. Ronaldo Monteiro em continuidade à nossa proposição de utilização inteligente do espaço resultante na camisa do SFC em razão da falta de patrocínio master. Assim pudemos constatar que aquela entidade realiza um estupendo trabalho social, na Cidade de Santos e região mas recebe colaborações quase insignificante da comunidade santista, razão pela qual, sugerimos que o nome daquela entidade seja inserido com destaque dentre as entidades que merecem a divulgação para angariar colaborações que auxiliem no trabalho filantrópico desenvolvido, em substituição à cogitada divulgação do Instituto Ronaldo Mcdonald que não tem necessidade de arrecadar fundos e dispões de recursos mais que suficientes para sua divulgação de seu trabalho.Dessa forma, reiteramos por nossas manifestações anteriores reafirmando a sugestão para que o espaço disponível pela falta de patrocínio master no uniforme do SFC seja utilizado para a divulgação de ações de filantropia com inquestionável reconhecimento público, em especial a Santa Casa da Misericórdia de Santos, colaborando não só com a arrecadação de fundos para a mesma e, como já dito, superando os aspectos negativos da falta de patrocínio com ações afirmativas visando não só colaborar com tal entidade, mas angariando a simpatia de torcedores e de setores da mídia simpáticos à tais causas, alertando ao final que caso seja levado à termo essa precipitada decisão de divulgar gratuitamente o referido Instituto seremos obrigados à encaminhar o assunto para análise do Comissão de Estatuto a fim de avaliar a conduta ética contida em tal decisão que, pelas manifestações públicas, já angariou mais antipatias que simpatias à esse Instituto. 

                                            


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by