FOTO CAPA

AROUCA PODE SER O PRÓXIMO

 
Postado às 11h30 desta segunda-feira, 3 de Junho de 2013.
O contrato de Arouca com o Santos termina em Agosto de 2014. Como a renovação com Peixe ainda não ocorreu, dirigentes do clube afirmam que se alguma proposta interessante chegar, o camisa 5 vai embora nesta janela de transferência que vai se abrir no meio deste ano:
 “Se aparecer uma proposta interessante, ao contrário das outras vezes, nessa janela nós venderemos” garantiu uma fonte segura ao blog.
Se o Peixe não renovar ainda este ano com o volante, ele poderá assinar com qualquer outra agremiação no inicio de 2014, e se apresentar no meio do ano que vem a sua nova equipe, e o Peixe não ficará com nenhum centavo.

Os dirigentes do Santos que iniciaram um processo de renovação no clube (já dispensaram Muricy e Durval se despede nos próximos dias) já enviaram a proposta do clube ao empresário do jogador, e afirmam que não elevarão mais a oferta. 

O volante que ressurgiu no futebol após a sua transferência para o clube de Vila Belmiro em 2010, deixou de ser convocado por Luis Felipe Scolari da Seleção Brasileira nos últimos amistosos, assim como para a Copa das Confederações e o atleta deve sofrer novo assédio do futebol italiano, assim como aconteceu o ano passado, quando era objeto de desejo da Fiorentina e um pouco mais atrás da Roma.
"Meu empresário que me passa como estão as negociações, e ele falou que tem conversado com o clube, que está nas mãos do pessoal do Santos. Já deixei clara a intenção de ficar”, costuma repetir Arouca em todas as entrevistas quando perguntado sobre o assunto.
“Não recebemos nenhuma proposta pelo Arouca nos últimos dias. Nosso interesse é renovar com o jogador por mais dois anos” afirmou o vice-presidente santista.
As conversas para a renovação de contrato do volante até 2016 estão literalmente estacionadas. As partes divergem quanto ao valor de salário e as bonificações por produtividade. 

O Santos é dono de 70% dos direitos econômicos de Arouca, 20% pertencem a um grupo de investidores e os outros 10% pertencem ao próprio jogador.


 Treinador e recesso

Após conversar com o argentino Marcelo Bielsa e ouvir os números e as exigências do treinador argentino, os dirigentes do Santos paralelamente vão iniciar nas próximas horas contato com outro treinador “hermano”. Trata-se de Gerardo Martino, que atualmente comanda o Newell’s Old Boys, semifinalista da Copa Libertadores deste ano. Contra ele, pesa o fato de só poder ficar a disposição de outro clube, entre o fim de Julho e Agosto, justamente em razão das finais da competição continental.

O blog apurou de fonte segura que além dos dois treinadores argentinos, algum técnico emergente no país, caso não haja a concretização de Bielsa ou Martino para o comando do Peixe, não está descartado e como já foi publicado nesse espaço, o clube não corre para concretizar qualquer negócio (jogador e treinador), pois sabe da pausa que vai existir no Campeonato Brasileiro para a Copa das Confederações, entre 12 de Junho e 7 de Julho para o clube praiano.

Neste período, o elenco santista entrará em recesso no dia 13, após o jogo contra o Atlético/MG e se reapresentarão no dia 18. 



Barca fala em 57 milhões ao todo, com dois amistosos


O vice-presidente do FC Barcelona, Josep Maria Bartolomeu, anunciou que foram gastos 57 milhões de euros (aproximadamente R$ 160 milhões), em toda a operação para o clube catalão levar Neymar para ser companheiro de Messi.

Confesso que minha interpretação de Catalão não é das melhores, mas ouvi o dirigente espanhol dizer durante a entrevista coletiva que os valores foram divididos entre quatro empresas: "DIS, Teisa, Santos e uma consultora desportiva", que quero crer, seja a NR Sports.

Dos 57 milhões de euros destinados às empresas há cláusulas de confidencialidade para não revelar qual porcentagem cada um leva. 
"Não é por nós, pois não teríamos problemas, mas pelas empresas. Existe um acordo e não podemos dizer. Se nos permitirem algum dia, diremos estes valores" - afirmou o dirigente espanhol.
Além disso, Bartolomeu também esclareceu que o pagamento de 10 milhões de euros, que foi incluído na auditoria do ano passado no balanço do clube catalão, estão inclusos no montante da negociação:
"Antecipamos 10 milhões. Estes dez são parte do pagamento de 57 milhões”, garantiu o vice-presidente do clube espanhol.


O dirigente do Barcelona também anunciou que a multa rescisória de Neymar a partir de agora é de 190 milhões de euros (R$ 530 milhões), e em seu pronunciamento antes da entrevista do ex- santista, confirmou a realização de dois amistosos contra o Peixe, como parte do montante do pagamento. 

Uma partida será no Camp Nou, provavelmente no dia 2 de agosto pelo Troféu Joan Gamper, torneio internacional de futebol interclubes, de caráter amistoso, disputado anualmente desde 1966, data prevista para a estreia de Neymar, e o outro ainda sem data definida, no Brasil. 

O vice-presidente do clube espanhol fez questão de deixar explicito que o Santos ficará com a renda das duas partidas e Neymar deve jogar pelo seu novo clube e não pelo Santos, ou meio tempo, como fez Pelé nos anos 70, que jogou 45 minutos pelo Peixe e outros pelo Cosmos (EUA).

Curta a Fan Page do blog:




           


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by