FOTO CAPA

GASTAR POUCO

Postado às 11h55 desta quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

O Santos não desistiu de contratar um atacante e a oportunidade que aparece no mercado neste momento é a do centroavante Marcelo Moreno (pelas informações que colhemos o atleta não deve ser muito aproveitado pelo treinador gremista Vanderlei Luxemburgo da Silva), mas o clube praiano que tem como lema: "não gastar mais do que arrecada", não pretende pagar dois salários altos para a mesma posição. O blog apurou que o Peixe tentou na última semana, repassar o empréstimo de André ao Flamengo e posteriormente ao Palmeiras.

Conforme o blog postou na última segunda-feira (11), Santos e Grêmio não chegaram abrir negociação para o desembarque de Marcelo Moreno na Vila. Os salários de mais de R$ 450 mil (livres de impostos) do boliviano assustaram os dirigentes alvinegros. Com isso, o Santos tentou repassar o empréstimo do atacante André, que recebe aproximadamente R$ 200 mil mensais do Peixe, primeiro ao Flamengo (o técnico Dorival Junior se interessou e a dupla fez sucesso no Peixe em 2010) e posteriormente ao Palmeiras; mas a primeira negociação não evoluiu e a segunda foi descartada pelo clube paulistano.

Em contato com um dirigente que pediu que não fosse publicada a sua identidade, na manhã desta quinta-feira (14), o mesmo limitou-se a dizer apenas o seguinte sobre o assunto:
Muito difícil à vinda do Moreno e seria irresponsável da nossa parte gastar mais de R$ 750 mil para dois salários da mesma posição.” desabafou.
Com poucas alternativas no mercado nacional, a tendência é de que a chegada do atacante desejado pelo atacante Muricy Ramalho fique para o segundo semestre: “Contratar apenas para o Campeonato Paulista, não é a nossa intenção” disse o dirigente santista.

Jogo-treino e novidades

O técnico Muricy Ramalho promoveu a primeira atividade no campo do Centro de Treinamento Rei Pelé nesta semana e novidades puderam ser observadas durante o jogo-treino contra o Jabaquara (clube da quarta divisão paulista de São Paulo) em que o Peixe venceu por 11 a 0. No primeiro-tempo, com os titulares o Peixe marcou seis gols: Quatro gols de Neymar (sendo um de falta e um de pênalti), um de Montillo e outro de Cícero. Na etapa complementar, André marcou dois. Pinga, Patito e Felipe Anderson marcaram um gol, cada um.

Sem Miralles, com um edema na coxa esquerda (dúvida para a próxima partida contra a Ponte Preta em Campinas no próximo domingo), o comandante técnico adiantou Montillo, para não deixar Neymar isolado no ataque. Léo, recuperado de contusão, reapareceu na vaga de Guilherme Santos.

A outra novidade na atividade foi o meio-campo escalado com Renê Junior, Arouca, Marcos Assunção e Cícero.

Se a tendência se confirmar, a escalação utilizada na primeira parte do jogo-treino pode ser confirmada no fim de semana com: Rafael; Bruno Peres, Edu Dracena, Durval e Léo; Renê Júnior, Marcos Assunção, Arouca, Montillo e Cícero; Neymar.


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by