FOTO CAPA

CARILLE É A BOLA DA VEZ

Publicado às 07h40 desta terça-feira, 7 de setembro de 2021.

Fábio Carille é a bola da vez no Santos para substituir Fernando Diniz no comando técnico. O staff do ex-comandante Campeão Brasileiro pelo Corinthians em 2017, conversa com o executivo de futebol santista Mazzuco, desde a tarde de domingo (5). A diretoria santista também trocou palavras com Rogério Ceni, mas o fato de Carille aceitar desembarcar na Vila, sem multa contratual, assim como era com Fernando Diniz, o coloca na frente dos concorrentes.

No último domingo (5) através do nosso canal no youtube, já informávamos que o técnico que está prestes a completar 48 anos de idade, havia sido contatado pelo alvinegro e às 16h10 daquela tarde, o clube iniciou conversa com o treinador que desembarca entre esta terça e quarta-feira (8) no Brasil, após deixar o mundo árabe.

Através das nossas redes sociais, informamos também, ainda no domingo (5) que Guto Ferreira e Dorival Junior não estavam nos planos da direção santista. O primeiro por ter recusado recentemente o Peixe para seguir no Ceará e o segundo, muito provavelmente em razão da ação trabalhista que culminou em um parcelamento do Santos das verbas rescisórias que tem direito da sua última passagem pelo clube em 2017.

Foi traçado pelo CG santista que o momento é um de treinador com características antagônicas a do demitido Fernando Diniz. Carille privilegia mais a defesa. 

Carille, deixou o comando do Al Ittihad há cerca de duas semanas, depois de um ano e oito meses de trabalho.

Foram 47 jogos realizados, somando 21 vitórias, 16 empates e 10 derrotas. O melhor momento do treinador no clube foi justamente chegar à final da Liga dos Campeões Árabes da temporada 2019/20. Com o brasileiro, o time teve sua melhor campanha na liga da Arábia Saudita desde 2016. O comandante técnico deseja voltar a trabalhar no Brasil.

O técnico ficou conhecido do público, após duas passagens pelo Corinthians. Foram 183 jogos no comando com 86 vitórias, 56 empates e 41 derrotas. Ele está no top-7 dos treinadores da história do clube. Pelo clube de Parque São Jorge conquistou o Brasileirão de 2017 e o tricampeonato paulista (2017, 2018 e 2019).

Ele começou no clube paulistano de auxiliar e foi o responsável por anos de treinar a defesa. Com Mano Menezes, Carille já era o encarregado de organizar o posicionamento em treinos de bola parada, função que ficou ainda mais definida com Tite, antes de assumir definitivamente como técnico principal. 

Nos trabalhos técnicos e táticos, ele era o responsável por ensaiar a linha de quatro marcadores, cruzar a bola para os zagueiros afastarem e fazer outras atividades.

Caso seja efetivamente confirmado, no Santos terá trabalho para arrumar o setor, o terceiro mais vazado da competição até aqui.

Pelo que o Blog do ADEMIR QUINTINO apurou no fim da manhã da segunda-feira (6), o staff do técnico deseja um contrato até o fim do ano que vem e não apenas até o fim da temporada como deseja a direção alvinegra.

Com a vinda do técnico para o Brasil, a tendência é que o presidente santista Andrés Rueda converse pessoalmente com o Carille e defina os detalhes que faltam para que o mesmo possa acertar a sua vinda para o Peixe.


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by