FOTO CAPA

FIM DO JEJUM

Publicado às 10h20 desta quarta-feira, 2 de Junho de 2021.

O Santos encaminhou a vaga as oitavas de final da Copa do Brasil ao vencer fora de casa, o Cianorte por 2 a 0, na noite desta terça-feira (1), em partida realizada no interior do Paraná. Com o resultado, o alvinegro pode até perder por 1 a 0, no jogo de volta, semana que vem, em Vila Belmiro, que ainda assim avançará na competição nacional. O triunfo acabou com um jejum de três jogos sem vitórias do time de Fernando Diniz. Os gols do Peixe foram de Kaio Jorge e Marinho.

O comandante técnico promoveu duas alterações no time titular. O goleiro Jhon começou no gol na vaga de João Paulo e o jovem Kaíky deu vaga a Luiz Felipe na zaga.

O Peixe, dono de melhor qualidade técnica tomou conta do jogo desde o primeiro minuto. O Cianorte que disputa a série D, apostava nos contra-ataques. O gramado irregular era outro adversário. A bola não rolava, e sim, quicava. 

Mesmo em ritmo lento, o time da Vila abriu o marcador ainda no primeiro tempo e se não fosse o goleiro Bruno, podia ter ido para o intervalo com uma contagem ainda maior. 

No segundo tempo, as inúmeras chances seguiram sendo desperdiçadas.  Marinho ampliou, entretanto, o camisa 11 e o atacante Lucas Braga preocupam, pois deixaram o gramado com dores musculares. O primeiro, ainda não está 100% com aquela explosão física vista na temporada passada e o segundo, vai realizar exames nesta quarta-feira (2) para saber se tem gravidade. Ambos, podem desfalcar o Glorioso praiano diante do Ceará, neste sábado (5), às 19h, na Vila Belmiro, pela segunda rodada do Brasileirão/21.

Focar na reconstrução do time, pois há muito trabalho para desenvolver e buscar a recuperação e a confiança do plantel.  

Com a recém chegada contratação do Executivo de futebol, seguir em busca de reforços principalmente para repor as peças importantes que deixaram o elenco durante esse ano, para fazer um segundo semestre, melhor e digno da tradição do clube do que este primeiro. Necessita-se de jogar com mais bagagem, nesta reposição.

FICHA TÉCNICA

CIANORTE 0 x 2 SANTOS

Estádio Albino Turbay, em Cianorte (PR)

Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)

Cartões amarelos: Cianorte: Rael, Zé Vitor, Léo Porto e Vitor. Santos: Luiz Felipe e Lucas Braga

GOLS: Kaio Jorge, aos 23min do 1ºT; Marinho, aos 34min do 2ºT

CIANORTE: Bruno, Michel, Vitor, Maurício e Rael; Zé Vitor (Sávio), Moreli, Erick Salles (Buba) e Gabriel Calabres (Rafael); Léo Porto (Tales) e Pachu (Wilson Junior). Técnico: João Burse.

SANTOSJohn, Pará, Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Jean Mota e Gabriel Pirani (Marcos Guilherme); Marinho (Ângelo), Lucas Braga (Vinicius Balieiro) e Kaio Jorge (Marcos Leonardo).Técnico: Fernando Diniz.

Foi apenas a segunda vitória de Fernando Diniz como técnico do Peixe em cinco jogos.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS

John: Expectador de luxo. Adversário não atacou. Errou uma saída de bola. - 5,5

Pará: Não apoiou e na defesa estava confortável, porque o time da casa não agrediu. - 5,0

Luiz Felipe: Tem boa saída de bola e fez um gol que foi marcado impedimento. A preocupação é o enfrentamento no um contra um com os atacantes adversários. Ainda sem ritmo. - 5,0

Luan Peres: O jogo estava tão fácil que o quarto-zagueiro se mandou para frente e ajudou a equipe ao finalizar a gol e Kaio Jorge marcar no rebote. - 6,0

Felipe Jonatan: Não apoiou tanto como de costume. Na defesa, não teve trabalho. - 5,5

Alison: Também se aventurou um pouco mais a frente, já que o adversário limitava-se a defender-se. Quase marcou em um chute de longa distância. - 5,5

Jean Mota: Começou mais atrás do que Alison, creio eu em razão do gramado ruim e explorar a bola longa. Fiquei na expectativa de que o meia fosse mais participativo. Bom cruzamento no início da jogada no primeiro gol. - 5,5

Pirani: Se movimentou bastante. Fez boa jogada com Lucas Braga na primeira etapa, em finalização de Marinho. - 5,5

(Marcos Guilherme): Finalizou uma vez e o goleiro defendeu  com a bola em seguida batendo na trave. - 6,0

Marinho: Procurou o jogo. Marcou o segundo gol. - 6,5

(Ângelo): Jogou pouco tempo. - SEM NOTA

Lucas Braga: O campo prejudicou o bom futebol e o excelente momento do camisa 30. Ganhou algumas jogadas individuais, principalmente no primeiro tempo. - 6,0

(Balieiro): Poucos minutos. - SEM NOTA

Kaio Jorge: Se deslocou, saiu da área, deu assistência e marcou o primeiro gol. Muito inteligente. Desperdiçou duas outras jogadas. - 6,5

(Marcos Leonardo): Pouco tempo em campo. - SEM NOTA

Técnico: Fernando Diniz: Time voltou a jogar de forma lenta. Gramado prejudicou. - 5,0



 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by