FOTO CAPA

BRIOSO E VALENTE SANTOS

Publicado às 20h desta quarta-feira, 3 de fevereiro de 2021.

O Santos completou sua última quinta partida sem vitórias, a quarta, no Campeonato Brasileiro. Porém, ao estar dois gols atrás, com um jogador a menos, o Peixe foi guerreiro, correu atrás e empatou com o Grêmio em 3 a 3, na tarde desta quarta-feira (3), em partida válida pela 34a. rodada. Os gols do alvinegro foram de Kaio Jorge, Arthur e Madson.

Em jogo de três pênaltis e seis gols, o Santos contou com uma penalidade aos 50 minutos do segundo tempo para arrancar o empate.

Conforme o Blog do ADEMIR QUINTINO publicou, Laércio e Sandry foram confirmados nas vagas de Pituca e Lucas Veríssimo que deixaram o time, além disso, sem Marinho e Soteldo, lesionados, Jean Mota no meio campo que disputava uma vaga com Madson, foi confirmado no setor e na frente Arthur foi o escolhido.

O time da Vila começou bem, após bela jogada de Luan Peres que deu o drible da vaca em Rodrigues e em seguida a assistência a Kaio Jorge e o Santos abriu o placar. Ainda no primeiro tempo, o goleiro John cometeu pênalti em Pepe e Diego Souza empatou o jogo.

Veio a etapa complementar e Cuca sacou Jean Mota para a entrada de Madson. Com a marcação frouza e Victor Ferraz armando como queria o tricolor pelo meio-campo, o time de Renato Gaúcho abriu 3 a 1. O Peixe diminuiu num pênalti após  cabeçada de Balieiro e com a ajuda do V.A.R. Porém, Sandry recebeu o segundo amarelo na partida e foi expulso e aos 50 minutos com um jogador a menos, Madson cabeceou e a bola bateu na mão do zagueiro Kaneman. O próprio camisa 13, bateu e fez o gol de igualdade.

Foi um prêmio a valentia e de um time guerreiro que não se entregou. 

Perguntado na coletiva, se deixará o Santos após o Brasileiro, Cuca desconversou:

"Eu tenho contrato com o Santos até dia 24, vou suar sangue a cada minuto. Depois vemos o que faremos. Minha cabeça está boa." desconversou Cuca.

No próximo sábado (6), às 21h, o Santos volta a jogar fora de casa, diante do Atlético Goianiense. O Peixe ainda luta por uma vaga na pré-libertadores e disputa diretamente contra outros cinco clubes - Corinthians, Ceará, Atlético Goianiense, Athlético Paranaense e Bragantino, todos com pontuação entre 44 e 46 na tábua de classificação.


FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 3-3 SANTOS

Arena Grêmio - Porto Alegre

Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (FIFA-GO)

GOLS - Kaio Jorge (0-1, aos 7'/1ºT), Diego Souza (1-1, aos 36'/1ºT), Jean Pyerre (2-1, aos 1'/2ºT), Pepê (3 -1, aos 7'/2ºT), Arthur Gomes (2-3, aos 21/2ºT) e Madson (3-3, aos 50/2ºT)

Cartões Amarelos - Grêmio - Kannemann (20'/2ºT), Diego Souza (23'/2ºT), Matheus Henrique (39'/2ºT) Victor Ferraz (46'/2ºT) Santos - Sandry (13'/1ºT e 41'/2ºT), Madson (24'/2ºT)

Cartão vermelho - Sandry (41'/1ºT)

GRÊMIOVanderlei; Victor Ferraz (David Braz, 46'/2ºT), Rodrigues, Kannemann e Diogo Barbosa; Lucas Silva (Thaciano, 37'/2ºT) e Matheus Henrique; Alisson (Luiz Fernando, 30'/2ºT), Jean Pyerre (Maicon, 30'/2ºT) e Pepê; Diego Souza (Ferreira, 37'/2ºT). Técnico: Renato Gaúcho

SANTOSJohn; Pará (Vinícius Balieiro, 13'/2ºT), Laércio, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison (Ivonei, 35'/2ºT), Sandry e Jean Mota (Madson, 1'/2ºT); Lucas Braga, Kaio Jorge (Bruno Marques) e Arthur Gomes (Ângelo, 49'/2ºT).

Cuca desconversou sobre a permanência ou saída da Vila.

NOTAS DO JOGADORES DO SANTOS: 

John: Cometeu um pênalti. Sem culpa nos demais gols sofridos. - 5,5

Pará: Oscilou no jogo. Foi envolvido em um dos gols. - 5,0

(Vinícius Balieiro): Bem na marcação e ainda foi a frente e cabeceou a bola na mão do gremista que proporcionou o primeiro pênalti. - 6,5

Laércio: Facilmente envolvido no segundo gol. Tem dificuldades de caçar atacante veloz. - 5,0

Luan Peres: - O melhor do jogo. Personalidade e maravilhosa jogada no gol que abriu o placar. - 7,0

Felipe Jonatan: Seguro na defesa. Não apareceu tanto a frente como de costume. - 6,0

Alison: No gol de virada dos gremistas, não conseguiu matar a jogada. - 5,0

(Ivonei): Tem bom toque de bola. Dos jogos que entrou foi o que mais produziu, mesmo com pouco tempo em campo. - SEM NOTA

Sandry: Oscilou durante o jogo. Tomou dois amarelos e foi expulso. - 4,5

Jean Mota: Bate bem na bola, mas nas últimas entradas no time, não conseguiu armar a equipe. Saiu no intervalo. - 4,5

(Madson): Atuou em várias funções. Meia, atacante, mas melhorou quando jogou na sua, a lateral. Foi ele quem cabeceou e converteu o pênalti que deu a igualdade no marcador. - 6,5

Lucas Braga: Não reeditou as boas jornadas da Libertadores. - 5,0

Kaio Jorge: O Grêmio é sua presa favorita. Bem colocado no primeiro gol. Se deslocou e deu trabalho a retaguarda gaúcha. - 6,5

(Bruno Marques): Não teve tempo de finalizar. - SEM NOTA

Arthur Gomes: Pediu bola, chamou jogo e teve personalidade para bater o primeiro pênalti. - 6,0

(Ângelo): Entrou nos acréscimos. - SEM NOTA


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by