FOTO CAPA

ORLANDO ROLLO: "O SANTOS PODE SOFRER NOVAS PUNIÇÕES"

Publicado às 18h30 desta terça-feira, 29 de setembro de 2020.
Orlando Rollo, vice-presidente que assumiu o posto de mandatário do clube, após o presidente José Carlos Peres ter sido afastado provisoriamente por 60 dias das suas funções, concedeu entrevista coletiva virtual na tarde desta terça (29). O novo mandatário classificou a situação financeira do clube como "catastrófica".

A grande preocupação de toda coletividade alvinegra é de que maneiras as dívidas que o clube tem pela contratação junto ao Hamburgo do zagueiro Cléber Reis, e Huachipato, pelo atacante Yeferson Soteldo. 

Segundo Rollo, a situação é mais que preocupante. E ainda tem a denuncia junto a FIFA do Atlético Nacional pela contratação de Felipe Aguilar. O alvinegro já vendeu 50% dos direitos econômicos do defensor ao Athlético Paranaense, porém, não quitou tudo que deve ao clube colombiano.
“O pagamento precisa ser feito com urgência. Santos corre risco, sim, e não vou enganar o torcedor, de nos próximos dias sofrer mais uma punição. Estamos na iminência de perda de pontos. Procurei entender as dívidas. Entendi que a maioria das pendências judiciais foi pela falta de atenção do Santos”, explicou.
Com receitas para a temporada antecipadas e algumas até serviram de garantias bancárias, ainda no fim do ano passado, só restarão o que entrar de extraordinário, que são classificação a outras fases de Libertadores e Copa do Brasil e a possibilidade de vender algum atleta do elenco. 

Com apenas três meses da eleição que vai definir que será o novo presidente para o triênio (2021-2023), o novo mandatário necessitará de autorização do Conselho Deliberativo para negociar algum atleta com outro clube.
"Tentamos algumas maneiras, por enquanto não solucionamos, esperamos encontrar a solução nas próximas horas ou dias. Se precisar negociar jogador, vamos pedir autorização para o Conselho sim. O próximo presidente tem que receber o Santos em uma situação tranquila", disse Rollo.
O servidor público estadual que assumiu a presidência nesta terça-feira (29), nomeou um novo Comitê de Gestão onde tem dois deputados estaduais e dois advogados , entre outros.

Os sete integrantes do novo CG são: Alexandre Santos e Silva; Caio França, Eduardo Filetti, Luiz Fernando Cardoso, Mário Badures, Paulo Correa Jr e Rafael Vitta.
"Tenho 48 horas para resolver problemas de anos, é desumano, mas não posso me lamentar. Estamos buscando uma solução. Uma das lideranças do grupo falou: 'Estamos correndo e suando dentro de campo para perder pontos? Por favor, soluciona essa questão'. Os jogadores estão solidários ao nosso problema", garantiu Orlando Rollo.
Rollo elogiou o atual comandante do time profissional, Cuca. Segundo o novo mandatário, ele colaborou para a vinda do treinador, em 2018.
"A vinda do Cuca trouxe um grande ânimo para o elenco. Eles se sentem protegidos pelo professor, vão precisar muito da liderança dele para blindar das questões politicas", ressaltou.

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by