FOTO CAPA

PEIXE E MACACA DUELAM POR VAGA NA SEMIFINAL

Publicado ás 17h desta quarta-feira, 29 de julho de 2020.
O Peixe terminou agora há pouco, sua preparação para encarar a Ponte Preta, às 21h30, neste quinta-feira (30), em partida única das quartas de finais no estádio da Vila Belmiro. Eu estarei nas reportagens da partida na transmissão da ENERGIA 97 FM

Se o duelo terminar empatado, o classificado às semifinais serão através das penalidades máxima. Na atividade da tarde desta quarta-feira (29), o elenco realizou uma rachão no CT Rei Pelé.

O técnico Jesualdo Ferreira terá a volta do uruguaio Sánchez que cumpriu suspensão automática na derrota diante do Novorizontino. Em compensação, Uribe expulso no fim de semana, não fica a disposição. O jovem Kaio Jorge titular diante do Santo André, deve retornar ao comando do ataque. 

A dúvida está na cabeça da área, porém, Alison leva vantagem da comissão técnica para ficar com a posição de primeiro volante. A outra alternativa é Jobson que tem melhor passe, porém, não tem o mesmo poder de marcação.

Dos oito classificados no estadual, o Peixe tem pior ataque com 13 gols marcados e a terceira pior defesa entre os finalistas com 12 gols marcados.

A última vez que Peixe e Macaca se enfrentaram em uma quartas de final foi em 2017. Porém, ao contrário do jogo deste meio de semana, foram confrontos em dois jogos. Em Campinas, a Ponte venceu por 1 a 0 e no Pacaembu, deu Santos com o mesmo placar. Na decisão por pênaltis, o time do interior avançou a semifinal para enfrentar o Palmeiras, naquela oportunidade.

O momento das duas equipes é bem diferente de três anos atrás. O Santos tinha um time que havia se sagrado bi-campeão estadual (2015-2016) e vice da Copa do Brasil. A Ponte Preta ainda era da série A e tinha muitos veteranos. Hj a equipe de Campinas tem no ala Apodi e no atacante Roger, os jogadores mais conhecidos.

Já o alvinegro, realiza a reconstrução de sua equipe após a saída de Gustavo Henrique, Jorge e mais recentemente Everson e Sasha e como Santos e dinheiro não cabem na mesma frase, os 'meninos' que não tiveram 'minutagem' com Sampaoli, estão tendo chances, mas ainda 'debutando' não tem a confiança de realizarem jogadas mais agudas.

O provável Santos deve ir a campo com Vladimir, Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Felipe Jonathan; Alison (Jobson), Pituca e Sánchez; Marinho, Kaio Jorge e Soteldo.

strutura.com.br

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by