FOTO CAPA

ROBINHO: "ESPERO TER O PRIVILÉGIO DE DISPUTAR MAIS UMA LIBERTADORES E SER CAMPEÃO"

Publicado às 15h55 desta quinta-feira, 4 de junho de 2020.
O atacante Robinho, sempre especulado e desejado por tudo que representa para a torcida santista participou de uma live no fim da manhã desta quinta-feira (4) com a sua representante e advogada Marisa Alija.

O Rei das pedaladas, multi-campeão pelo Santos revelou um sonho. O de ser campeão continental, título que ele ainda não tem na sua vitoriosa carreira. O jogador fez juras de amor ao Santos e disse que segue torcendo pelo alvinegro e quem sabe pode retornar para a quarta e última passagem pelo clube.
"É um título que ainda não tenho. Quem sabe Deus não esteja preparando para o meu futuro? Espero ter esse privilégio de disputar mais uma Libertadores e ser campeão." revelou o craque. 
O camisa 7 mais famoso da história do alvinegro fala com carinho do clube que o projetou para o Mundo: 
Torci e sofri muito pelo Peixão na final (da Libertadores) em 2011. Todos vocês sabem que tenho um carinho pelo Santos. Pelo clube e pela cidade. Minha gratidão eterna pelo Santos FC." disse Robinho que deseja encerrar a sua carreira no Brasil.
O contrato do jogador com o Istambul Basaksehi-TUR seria encerrado dia 12 de junho com a cláusula de prioridade e preferência dos turcos. Porém, com a paralisação do futebol em razão da pandemia, o vínculo do atleta foi estendido até o final do Campeonato Turco que retorna dia 13 deste mês. Faltam oito jogos para o término da competição. A Rede TV transmite os jogos.
"O ano passado fomos vice-campeões. Esse ano estamos em segundo com a mesma pontuação do primeiro lugar." disse Robinho.
Mesmo que o Peixe tenha um plano para repatriar Robinho, por enquanto está impedido de fazer. O alvinegro não pode inscrever nenhum jogador enquanto não saldar a dívida da contratação do zagueiro Cléber Reis em 2016. A FIFA proibiu o alvinegro de comprar qualquer jogador enquanto não saldar os 4 milhões de euros (R$ 24 milhões) incluindo os juros e multa.

Robinho e Marisa, advogada e representante do jogador.
Ainda sobre Libertadores da América, R7 lembrou da sua primeira partida na competição continental, há 17 anos. Foi em 2003, na Colômbia diante do América, num show do pedalada e goleada do Peixe por 4 a 1.
Não sou melhor do que ninguém, mas poucos jogadores conseguiram sair aplaudidos pela torcida adversária. Contra o América de Cali conseguimos jogar muito bem. Eu guardo com muito carinho essa apresentação.”, disse o ídolo alvinegro.
Robinho interagiu bastante com o público na live e com seu carisma brincou:
"Sou meio cansado de internet, mas no campo ainda vou dar muita caneta, fazer gol e de cinco anos para trás mudei. Tenho uma vida totalmente diferente que eu tinha e dá para eu me divertir. Brinquei com o Zé Roberto. Vou jogar mais tempo que você." disse Robinho.
strutura.com.br
 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by