FOTO CAPA

A SELEÇÃO DE G10VANNI

Publicado as 14h40 desta quinta-feira, 23 de abril de 2020.
Na noite desta quarta-feira (22), encerramos a primeira fase de ‘Lives’ com a participação de jogadores que fizeram história no Peixe em um passado recente, duranta . Foram entrevistados via Instagram ou através do nosso canal no YouTube o goleiro Rafael, o zagueiro Bruno Aguiar, o atacante Zé Love e os meio-campistas Paulo Almeida, Robert e G10vanni. 

O ‘Messias’ da Vila foi o último dos participantes e perguntando montou a Seleção de atletas de sua carreira. O time tem a seguinte formação:
Taffarel, Jorginho, Aldair, o francês Blanc e Roberto Carlos; Mauro Silva, Guardiola e Rivaldo; Robinho, Ronaldo e Figo.
O eterno 10 da Vila não quis estar na sua seleção:
Vou me tirar para dar vaga a mais um jogador (risos)”.
A seleção de G10 teve cinco jogadores que o magistral meio-campista atuou na Seleção brasileira, outros cinco no Barcelona, sendo que Ronaldo e Rivaldo também atuaram com o paraense no Mundial de 98 e um jogador que ele atuou no Santos - Robinho.

Questionado porque Neymar não estava no time, o introvertido jogador deu a seguinte resposta:
Então tiro alguém do meio e coloco o Neymar. Eu disse antes que podia passar alguém batido. Memória nunca foi meu forte (risos)”, finalizou.
Durante 1h10, G1ovanni falou da carreira, as tristezas, alegria e relembrou como quase jogou em dois clubes rivais. Porém, seu destino estava travado em atuar somente no Peixe, entre os clubes grandes do Estado:
“Eu estava na Tuna (Luso), em 93, fui emprestado para a São Carlense, no Paulista da série A-II. Tinha um diretor ligado ao Palmeiras e falou que ia me indicar. Teve interesse. Fui para São Paulo, era frio, mes de junho, não estava acostumado. No hotel, liguei para o responsável que foi me buscar no aeroporto. O Palmeiras estava no Japão, o cara não chegou para me encontrar, peguei o avião e voltei ”, afirmou.
Sobre atuar no tricolor depois deixar o Brasil em 96, o maior jogador do Brasileiro de 95 só não atuou porque Denilson foi para o Real Bétis e não para o Barcelona. Se o jogador revelado no São Paulo aceitasse a proposta do clube catalão , G10vanni vestiria a camisa do time do Morumbi:
"Quando o Van Gaal chegou em Barcelona, queria um ponta-esquerda. O primeiro nome era o Denílson. Ele me disse para arrumar as malas, que eu ia embora para o São Paulo e ele ia para lá. Não deu certo a negociação e foram atrás do Rivaldo" finalizou.
Para acompanhar a entrevista na íntegra com G10vanni, clique no link a seguir e assista: https://www.youtube.com/watch?v=ZjAFyI4AD58

strutura.com.br

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by