FOTO CAPA

TALENTO NO FORNO

Publicado às 22h50 desta segunda-feira, 
O sub-20 do Santos voltou a vencer na Copa São Paulo de Futebol Junior. Após o golear o Timon-MA, na primeira rodada por 4 a 1, o alvinegro goleou o Olímpico-SE, na noite desta segunda-feira (6),  por 7 a 0 e praticamente garantiu vaga na próxima fase da competição. Os gols foram de Alanzinho (2), Derick (2), Marcos Leonardo, Ivonei e Donizete. O Peixe é líder isolado da chave com seis pontos.

Na primeira etapa, os 'Meninos da Vila' tiveram um pouco de dificuldade para encaminhar o resultado. Mesmo com a qualidade técnica bem superior ao adversário, o primeiro gol só veio aos 36 minutos, após chute de Allanzinho, que ainda bateu na trave.

Mas o melhor estava por vir. No segundo tempo, com a confiança lá em cima, o time foi marcando um gol atrás do outro e naturalmente, o resultado foi aumentando.

Autor de dois gols, um deles, um golaço de fora da área, o menino Dérick volta a confirmar a minha pessoa, o que eu já vejo há muitos anos acompanhando de perto a base santista. Não lembro desde Alex, campeão brasileiro de 2002, alguém com tanto qualidade no jogo aéreo ofensivo vindo de um defensor da base, como o menino criado no Jardim Casqueiro em  Cubatão. Ele calça 47 e tem impressionantes 1,94m de altura. 

Dérick está apenas no primeiro ano de sub-20. Ele tem apenas 17 anos, pois nasceu em 2002. Apesar de ser da Baixada atuou na Ponte Preta e no Internacional de Porto Alegre, antes de vir para a Vila. 

Em 2015, sagrou-se campeão paulista sub-13 com o técnico Gustavo Roma em seu primeiro ano no Peixe e no ano seguinte, conquistou a Copa Zico, sob a batuta de Luciano Santos. 

A 'pequenina criança', maneira que parte dos pais que acompanham a base santista brincam com Dérick,  em função da sua estatura, sempre queimou etapas. Mesmo no primeiro ano de sub-15, atuou na decisão do campeonato paulista da categoria como terceiro zagueiro pelo lado esquerdo.
"Eu esperava fazer uma boa partida. A gente fez uma boa estreia. Tive alguns pequenos erros que creio consegui melhorar com as  correções que o professor fezcoloquei em prática e agradeço a Deus pelos gols. Dedico eles a meus pais que sempre me acompanham" disse o dono da camisa 6, após os dois gols desta noite no Estádio Bento de Abreu.
Há três anos, Dérick sempre aparece nas listas das seleções de base da Seleção Brasileira. Só não apareceu mais, em função de algumas contusões. O jogador é o vice-artilheiro do Santos na Copa São Paulo deste ano com os dois gols desta noite, atrás apenas dos atacantes Allanzinho e Marcos Leonardo que tem três, cada um.

O Gustavo Henrique saiu? Sim, mas já tem outro menino na base que mais revela no país, pedindo passagem. Anotem o nome deste 'guri'. Eu, particularmente, acredito bastante no potencial dele que ainda vai crescer e amadurecer ainda mais, pronto, falei.

Na quinta-feira (9), no mesmo estádio, o Bento de Abreu,o alvinegro encerra a sua participação na primeira fase diante do time da casa - o Marília.

strutura.com.br

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by