FOTO CAPA

DÉJÀ VU

Publicado às 11h35 desta sexta-feira, 2 de agosto de 2019.

Na manhã desta sexta-feira (2), o técnico Jorge Sampaoli concedeu entrevista coletiva e a exemplo do que aconteceu no segundo semestre do ano passado, quando seu antecessor Cuca disparava contra a direção do clube, o argentino enveredou para o mesmo caminho. 

Segundo o comandante técnico do Peixe, os reforços que o clube adquiriu nos últimos dias, o zagueiro Luan Peres, o atacante Lucas Venuto e o lateral Pará, não eram prioridades no momento e que ele preferia um substituto para a saída do jovem Jean Lucas, negociado pelo Flamengo, dono dos seus direitos econômicos ao Lyon da França. O 'irriquieto' técnico afirmou que pediu os atletas que a direção contratou esta semana para o incio da temporada e não para agora:
"São jogadores que havíamos visto em janeiro para reforçar o time. Luan é um central canhoto para linha de três, O (Lucas) Venuto é um extremo interessante e jovem que escolhemos. Pará é um lateral a mais, que acompanha a função do Ferraz. Não tivemos naquela hora e agora conseguimos. Não era a prioridade, como um substituto para Jean Lucas ou um meia pela esquerda. Não tivemos possibilidade de contratar as prioridades, mas vieram as possibilidades de janeiro. Precisávamos de jogadores preparados para nosso sistema. Como são jogadores que escolhemos em janeiro, tomara que se adaptem rápido." disparou o treinador que afirma que vai dar oportunidade  aos 'meninos da base' somente no ano que vem.
Com todas as dificuldades financeiras, sem patrocinador master, cotas de TV menor em relação aos rivais, o Peixe foi ao mercado e contratou 14 jogadores, algo que não acontecia há mais de uma década. A última vez que o clube dispôs ir ao mercado e abrir os cofres foi em 2006, quando trouxe Luxemburgo de volta e bateu campeão estadual. Chegaram desde que Sampaoli desembarcou na Vila, o goleiro Everson, o zagueiro Aguilar, os alas Jorge e Felipe Jonatan, os meio-campistas Jóbson, Jean Lucas (que já foi embora), Cueva e Evandro, além dos atacantes Marinho, Soteldo e Uribe, alem dos três jogadores supracitados - Pará, Luan e Venuto. Jóbson ainda não atuou no time de cima.
"Sou muito insistente com a direção do clube. Diretoria que nem conheço na realidade, conheço o presidente, que é quem decide. Passei a necessidade há mais de dois meses. Seis ou sete nomes para vir dois (volantes). E não veio nenhum. O clube não teve condições de compartilhar comigo essas decisões dos três jogadores. Foi trabalho sem sentido a minha escolha. O presidente, ou quem quer que tenha sido, decidiu sozinho agora. A verdade é que perdi meu tempo." afirmou Sampaoli.
Wallace está no futebol Alemão.
O Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que o desejo de Sampaoli era que o clube contratasse Wallace, jogador revelado no Avaí que fez sucesso no Grêmio e que está no Hanover. Os alemães desejam 6 milhões de euros (R$ 29 milhões) que o alvinegro não tem como arcar no momento.

Já vi isso filme antes. Óbvio que o treinador Cuca alegou seu estado de saúde, mas antes de falar publicamente do problema no coração, veio com o mesmo discurso. E pasmem, ainda no Paulista deste ano, já estava dirigindo o São Paulo na final do estadual.

Vou na contra-mão de heróis e bandidos. Creio que não tem só mocinho ou só culpado nessa história. Que o clube demonstra patinar em organização e profissionalismo é fato, mas a direção deu jogadores, muitos sabemos que não eram as primeiras opções, mas deu. Nem a contratação do sério Paulo Autuori parece ter sido o suficiente para acabar com o 'ruído' de comunicação entre o clube e a comissão técnica. 

Só lamento que esse tipo de situação de 'lavagem de roupa suja' de forma pública, venha no momento em que o time está em primeiro lugar, algo que não acontece há três anos 

Eu, mesmo, me preocupo em evitar de expor minha opinião em determinados assuntos para não parecer que 'procuro pele em ovo', justamente pela situação na tabela de classificação. E quem de fato devia fazer isso, não faz. Não me refiro só ao técnico, não, que fique bem claro. Porque se ele disse a verdade e não tenho motivos para duvidar, não conversar com o treinador novamente, após quase oito meses para contratar três jogadores, não me parece uma atitude sensata e foge de qualquer tipo de profissionalismo. 

Por fim, Sampaoli disse que pretende usar a base somente, o ano que vem. Espero que ele esteja aqui realmente, até para que possamos cobrar, o fato de não utilizar nenhum menino até o momento e que ele está efetivamente com esse projeto a médio prazo.

strutura.com.br

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by