FOTO CAPA

GUSTAVO HENRIQUE: "TIME DO CORAÇÃO. CARINHO E GRATIDÃO ENORME"

Publicado às 5h00 desta quarta-feira, 24 de julho de 2019.
O zagueiro Gustavo Henrique completará na próxima partida que for a campo, seu ducentésimo (200) jogo com a camisa do Santos. Cria da 'base', o defensor que estreou no profissional do Peixe, em 2012, em uma derrota diante do Flamengo, no Estádio Nilton Santos, nos concedeu entrevista exclusiva no programa semanal no meu canal no youtube 'Pronto, eu falei', na noite desta terça-feria (23).
"Não sabia dessa informação (vai completar 200 jogos), está vendo? É uma satisfação enorme. Eu me cobro muito, mas também sei e confio demais no meu potencial." disse o dono da camisa 6, ao saber da notícia durante a entrevista. 
O contrato do titular da defesa santista, há seis anos, termina em janeiro do ano que vem. À partir do dia 1, o atleta se desejar, pode assinar um pré-contrato com qualquer agremiação, como prevê e permite a lei da FIFA, porém, segundo o defensor, seu desejo é permanecer no clube:
A gente evita falar (sobre renovação) por conta dessa especulação de ficar ou não, por conta que sai muita mentira. Fico chateado, desgastado. Estou bastante focado nesse Brasileiro. Desde que cheguei, meu pensamento sempre foi dar o melhor. E até o dia que eu tiver com contrato, vou fazer o meu melhor”, garantiu o jogador bi-campeão paulista pelo alvinegro (2015-2016), logo no início da entrevista, que teve mais de 40 minutos de duração.
Gustavo Henrique chegou ao Peixe em 2007, com 14 anos e se tornou titular do time em 2013.
Perguntado, se fica alheio as informações de como andam as conversas entre seu agente, o único em toda a sua carreira, Fernando César e o clube, Gustavo Henrique não desconversa e disse que faz questão de estar ciente de tudo que acontece
"Procuro saber de tudo. Como estão indo as conversas, até para saber se que o que estão dizendo, o que tem de verdade e de mentira. Confio no meu empresário, essa relação é de confiança, ele está comigo desde que cheguei ao Santos, em 2007" revelou o jogador de 1,96m que nasceu em São Paulo, mas foi criado em Salvador, na Bahia, onde residiu desde os 3 anos de idade até os 14, quando veio para a Vila Belmiro,
Independente se as partes chegarão ou não a um acordo para a extensão do vínculo contratual do defensor de 26 anos, Gustavo demonstrou durante o bate-papo que tem muito respeito, amor e gratidão pelo clube que o revelou. Foi perceptível notar que seus olhos brilharam diversas vezes quando lembrou da carreira, dos momentos bons e também dos difíceis, como nas duas contusões nos joelhos e em uma delas tinha propostas do futebol europeu. Provocado por alguns questionamentos meus, garantiu que não é só o dinheiro que definirá sua situação para o futuro. 

O Santos é dono de 55% dos direitos econômicos do atleta. Os outros 45 % pertencem ao agente e ao jogador. 
"Tem até hoje (propostas mais altas, lembrando do passado quando preferiu ficar, mesmo com ofertas maiores em suas duas últimas renovações), mas não é só isso que conta. Posso renovar. Estamos conversando. Time do coração, carinho e gratidão enorme, e espero que dê tudo certo para ambos os lados." afirmou o defensor que tem 10 gols com o manto santista.
Para quem não acompanhou a entrevista, clique no link ao lado e assista. Aproveite para se inscrever no canal e ver as outras entrevistas, além de acionar o 'sino' para receber os lembretes de novos programas: https://www.youtube.com/watch?v=Qlr6izs_1B0 

strutura.com.br

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by