FOTO CAPA

NÃO DEU NADA CERTO

Publicado à 02h30 deste domingo, 19 de Maio de 2019.
O Santos conheceu sua primeira derrota no Campeonato Brasileiro de 2019. Em partida que valia a liderança, Sampaoli mexeu no time e ao contrário da primeira rodada, diante do Grêmio que deu certo, dessa vez, o Peixe foi presa fácil para o Palmeiras que goleou por 4 a 0, no começo da noite deste sábado (18).

Conforme o Blog do ADEMIR QUINTINO antecipou na sexta-feira (17) o argentino que comanda o Peixe mandou o time com quatro volantes no meio campo - Alison, Pituca, Jean Lucas e Sanchez, mas não abriu mão de três zagueiros, sendo que um deles, Lucas Veríssimo atuou como um falso ala pela direita. Em 20 minutos, o Palmeiras já estava com 2 a 0 no placar, sem correr riscos e com uma facilidade jamais imaginada. 

O Santos provou do veneno que ele normalmente oferece aos adversários. A intensidade na marcação da última linha do Palmeiras, não deixava o Santos sair da defesa e os gols foram acontecendo com muita tranquilidade pelo adversário que encaixou uma grande partida.

Na segunda etapa, os mandantes afrouxaram um pouco a marcação, mas o Santos fazia uma partida tecnicamente horrível em todos os aspectos. Virou 2 e terminou 4.

Foi a sétima derrota em 31 partidas na temporada. Três deles terminaram com o Peixe sofrendo goleada - Ituano, Botafogo-SP e agora Palmeiras. 

Pelo Brasileiro, o Santos só volta a jogar no próximo fim de semana, diante do Internacional-RS, na Vila Belmiro. O duelo pode marcar a despedida do 'rayo' Rodrygo que não atuou neste sábado, em razão de dores em um dos tornozelos, além de pelo que o Blog do ADEMIR QUINTINO apurou o camisa 11 sentiu dores no adutor, assim como o centroavante Sasha que não ficou nem banco de reservas. 


FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 4 X 0 SANTOS
Estádio: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Árbitro: Rafael Traci (SC)
Público e renda: 30.058 pagantes/ R$ 987.830,00
Cartões amarelos: Dudu, Felipe Melo (PAL) e Derlis González, Gustavo Henrique, Alison (SFC)
GOLS: Gustavo Gómez 5'/1ºT (1-0), Deyverson 18'/1ºT (2-0), Raphael Veiga 6'/2ºT (3-0) e Hyoran 42'/2ºT (4-0)
PALMEIRAS: Weverton, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez e Diego Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique (Thiago Santos 45'/2ºT), Dudu, Raphael Veiga (Moisés 31'/2ºT) e Zé Rafael (Hyoran 35'/2ºT); Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari.
SANTOS: Vanderlei, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique, Felipe Aguilar (Victor Ferraz 29'/2ºT) e Felipe Jonatan (Cueva 8'/2ºT); Pituca, Alison e Jean Lucas (Jean Mota intervalo); Sánchez, Soteldo e Derlis González. Técnico: Jorge Sampaoli.

Lucas Veríssimo um dos poucos que se salvaram do fiasco no Pacaembu.
NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS
Vanderlei: Tentou adivinhar a trajetória da bola no segundo gol e saiu antes. - 5,0
Lucas Veríssimo: Tentou marcar pela direita e até foi a frente em alguns momentos. - 5,5
Gustavo Henrique: Com o meio de campo sem pegada, estouro tudo na defesa que também foi envolvida. - 5,0 
Felipe Aguilar: Faltou sorte no terceiro gol, pois a bola desviou em seu corpo e matou o goleiro Vanderlei. - 5,0
(Victor Ferraz): Quando entrou a 'vaca' já tinha deitado. - 5,0
Felipe Jonatan: Não vinha mal, apesar de aparecer pouco a frente, mas perdeu a bola que originou o terceiro gol. - 5,0
(Cueva): Sigo aguardando a estréia da segunda maior contratação da história do clube. Rosca de assistência e gols em 15 partidas. - 4,0
Pituca: Um dos melhores meio-campistas do país, teve uma má jornada. Não conseguiu conter Gomes no primeiro gol e perdeu a bola que originou o segundo. - 4,5
Alison: Correu, mas tinha momentos que não conseguia cobrir a avalanche do ataque palmeirense. - 5,0
Jean Lucas: Discreto. - 5,0
(Jean Mota): Conseguiu armar algumas poucas jogadas. - 5,5
Sánchez: Apagado no primeiro tempo. No segundo, se movimentou, chutou uma bola na trave. - 5,5
Soteldo: Tentou, mas sem nenhuma objetividade. - 5,0
Derlis González: Não vive seu melhor momento. Pode entregar mais e tem capacidade para isso. - 5,0
Técnico: Jorge Sampaoli: Errou na estratégia de jogo. Não tinha plano B para jogar contra um adversário de qualidade. - 4,5

URIBE

A contratação do colombiano Uribe, o sonhado camisa 9 que Sampaoli tanto deseja 'subiu no telhado'.

O Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que o jogador pediu salários e direitos de imagem de R$ 600 mil mensais e o Flamengo só aceita negociar o atleta se for em definitivo. O clube carioca pediu os mesmos R$ 6 milhões que pagou ao Toluca-MEX para ter o atacante, o ano passado.

O Santos tenta diminuir a pedida do atleta e persuadir o clube da Gávea a diminuir os valores  para contratar o jogador.

strutura.com.br

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by