FOTO CAPA

SÓ HOJE SANTOS

Publicado às 07h35 desta segunda-feira, 8 de abril de 2019.
Chegava o Natal, mas não chegava a segunda-feira (8). Nesta noite, o Santos precisa de uma vitória por dois gols de diferença sobre o rival SCCP para ser finalista do Paulistão.  A partida está marcada para o Estádio do Pacaembu, à partir das 20h, com todos os ingressos vendidos. 

Uma vitória com a diferença miníma, a favor do alvinegro praiano, leva a decisão do duelo para os pênaltis. O rival paulistano joga por dois dos três resultados (empate e vitória), por ter largado na frente, ao ficar com os três pontos, após bater o time de Sampaoli, por 2 a 1, em Itaquera, semana passada. Será o quarto enfrentamento entre os times neste ano,porém, o primeiro fora da Arena do clube da zona leste da capital.

Mais do que a passagem para a decisão do campeonato, algo que não acontece para o Peixe há quase três anos, a última foi em 2016, uma classificação significa o coroamento e a manutenção de uma filosofia de trabalho empregado pelo argentino recém-chegado a Baixada, além da recuperação da auto-estima do torcedor, após uma queda vertiginosa de desempenho da equipe, depois um início avassalador na temporada com intensidade na marcação e tabelas rápidas. O time tem apenas uma vitória nos últimos sete jogos com apenas três gols marcados.

Sampaoli demonstra que não está convicto com algumas situações, tanto que vai mexer na ala-esquerda com a improvisação de Pituca e na frente com Soteldo de companheiro de Dérlis. O lateral Felipe Jonatan perde a posição e o jovem Rodrygo, mais uma vez, deve ser preterido para a segunda etapa. 

O ex-técnico da Seleção Argentina, no Mundial da Rússia, ainda não venceu o corintiano Carille. O Santos ainda não venceu o SCCP, em 2019. O treinador rival perdeu apenas três em quase duas dezenas de clássicos que dirigiu o time mosqueteiro. O Peixe jamais eliminou o rival em uma semifinal. E sabe o que isto significa? Nada. O que vale é hoje. Se não der na técnica, tem que ser na vontade e mais de 40 mil vozes vão ecoar como o 12o. jogador santista em campo para empurrar o time em busca de uma vitória.

O São Paulo já está na decisão após 13 anos. O Santos tem que fazer sua parte e tem 90 minutos para isso.

Independente de quem classifique, jogará a segunda partida como mandante na final da competição, pois, ambos têm melhor campanha do que o Tricolor. Sendo assim, caso o Peixe carimbe vaga a final, joga a primeira no Morumbi (14) e o segundo jogo, domingo de páscoa (21), no Pacaembu. Mas para isso, precisa passar pelo rival nesta segunda-feira (8). 

strutura.com.br

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by