FOTO CAPA

POR EMPRÉSTIMO COM GARANTIA DE COMPRA, CUEVA ASSINA COM O SANTOS POR QUATRO ANOS

Publicado às 19h20 desta quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019.
O Santos anunciou no começo da noite desta quinta-feira (7), a contratação do meio-campista Cueva. O jogador estava há poucos meses, no Krasnodar da Rússia, após atuar dois anos pelo São Paulo. 

Aos 27 anos de idade, ninguém contesta a qualidade do peruano que eleva o patamar técnico do time de Sampaoli, mas a desconfiança quanto ao comprometimento do jogador é inevitável. Ele é o quarto reforço em 2019. Os outros foram Soteldo, Aguilar e o goleiro Evérson.

O Peixe contratou Cueva por 6 milhões de euros (R$ 25,5 milhões) em um empréstimo com obrigação de compra.   No primeiro acordo, os russos cedem o jogador até 30 de janeiro de 2020 e em seguida, o peruano terá vínculo definitivo com a validade de 31 de janeiro de 2020 até o fim de 2022. Cueva passa a ser o segundo jogador mais caro da história do clube, atrás apenas de Leandro Damião que custou a bagatela de R$ 42 milhões (a época, fora os juros pelo jogador que estava no Inter-RS comprado com ajuda de um fundo de investimentos).

Os pagamentos pelos direitos econômicos de Cueva só acontecerão, à partir do mês de março de 2020 e anualmente com mais duas parcelas, todas do mesmo valor (2 milhões de euros, aproximadamente R$ 8,5 milhões).


Cueva já treinou com alguns dos seus novos companheiros de Santos, nesta quinta-feira (7). Os jogadores que não foram relacionados para o duelo diante do Altos-PI, na Copa do Brasil, realizaram atividades no CT Rei Pelé e o novo reforço já participou. 

Mesmo que a documentação de Cueva esteja regularizadaa tempo, ele não pode enfrentar o River-URU, nesta terça-feira (12) na Copa Sul-Americana. O atleta tem de cumprir uma partida de suspensão na competição continental, ainda da época que defendia o tricolor do Morumbi.

Cueva poderia ter feito história no São Paulo, quando desembarcou no Brasil, em 2016. Após boas atuações virou 'garoto-problema'. Ele se envolveu em duas grandes polêmicas de indisciplina entre 2017 e 2018. Na primeira, não se reapresentou na data estipulada após defender a seleção peruana nas Eliminatórias Sul-Americanas e foi multado. A segunda, repetiu o deslize, e mais uma vez teve os vencimentos descontados pelo clube do Morumbi, onde ficou até o fim do primeiro semestre de 2018. 

No tricolor, Cueva realizou 87 jogos e marcou 20 gols. Em 2018, perdeu espaço no time. Atuou 18 vezes e marcou apenas três vezes. Na Rússia, onde atuou 23 vezes em um semestre, fez um único gol e jogou pouco. 

Outro problema que o Santos terá que resolver em breve é que os jogos em competições no Brasil permitem que apenas cinco estrangeiros estejam na súmula de cada partida. Com Cueva o time passa a ter sete estrangeiros Além do peruano, estão no plantel do time profissional: Bryan Ruiz, Copete, Aguilar, Soteldo, Sánchez e Dérlis. 

Todos os 'gringos' alvinegros são constantemente convocados por suas respectivas seleções e podem desfalcar o time nas 8as, 9a., 18a., 24a., 25a., 26a a 33a. rodada do Campeonato Brasileiro, por serem datas FIFA, além de jogos da Copa do Brasil e Sul-Americana.

Nesta sexta-feira (8), às 15h, o atleta será apresentado a imprensa no CT Rei Pelé.


strutura.com.br


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by