FOTO CAPA

FOGO CRUZADO

Publicado às 09h20 desta sexta-feira, 14 de setembro de 2018.
O Santos vive um verdadeiro clima de guerra civil. A arte de manter as aparências ficou de lado e o presidente José Carlos Peres e seu vice Orlando Rollo, se digladiam verbalmente. Estas posturas puderam ser evidenciadas nesta quinta-feira (13), onde ambos deram entrevistas coletivas, em locais diferentes e com suas respectivas versões, justificaram seus pensamentos para manter as relações cortadas. O presidente chegou a falar em "fogo amigo". Para variar, quem mais sofre com tudo isso é a instituição.

Na noite da última segunda-feira (10), o conselheiro deliberativo aprovou dois pedidos de impedimento contra José Carlos Peres. O primeiro feito pelo conselheiro Alexandre Santos e Silva, tem como justificativa, uma portaria emitida pelo mandatário, onde o mesmo exige que as contratações realizadas pelo clube ignorando o Comitê de Gestão, principal órgão administrativo da instituição e a segunda do ex-presidente do Conselho - Esmeraldo Tarquínio, em que a solicitação foi realizada baseada no fato do presidente ter sido sócio de uma empresa de agenciamento de jogadores, o que é proibido no estatuto, aprovado em 2011. Dia 29 deste mês, acontece a assembléia geral dos sócios que decidirá se Peres permanecerá no exercício do mandato.
"Tudo que pediram e prometemos, nós cumprimos. Só não esperava ter fogo amigo que me espetou desde o primeiro dia. É um boicote diário. É ano para arrumar. Situação é caótica e pergunto como a ex-gestão quis se reeleger?.... O clube está funcionando 100%, quem administra sou eu, Comitê de Gestão" – disse Peres.
Já Rollo garantiu que "não é candidato a nada" e "não tem apego pelo poder". O vice-presidente garantiu até renunciar para a pacificação política no clube. Na última terça-feira (11), o presidente Peres baixou uma portaria onde deu ordens aos funcionários de não atender qualquer solicitação do seu vice. 
"Virei vilão da vida do presidente, culpado por todas as mazelas, e ele orientado pela equipe de marketing que ele contratou colocou e está embutindo na cabeça de todos que dia 29, será uma assembleia geral que decide entre os presidentes Orlando Rollo e José Carlos Peres. Não sou candidato e não estou sendo julgado. Julgado é ele por infringir o estatuto... Se Peres sofrer o impeachment, vamos avaliar em conjunto de maneira democrática o melhor para pacificar o Santos. Se for o melhor, eu renuncio. Se for o melhor, assim o farei. O Santos está acima de tudo e todos."
Pobre Santos. Que o associado faça a melhor escolha para a centenária instituição e classifico esse episódio, como um dos mais tristes da história do clube. 

Aproveito o ensejo, em razão de ter sido questionado por alguns, (outros são fakes, tem até empresa contratada para induzir o voto do associado e depreciar pessoas em rede social), para esclarecer qual será o meu posicionamento sobre o caso. Como profissional da comunicação, apesar de ter minha convicção, como associado do clube que eu sou, desde 2007, manterei a isenção, que a minha responsabilidade no exercício da minha função como formador de opinião exige.

Um jornalista pode, deve ter convicções e externá-las se fizer, como muitas vezes faço, principalmente na TV, com um jornalismo de opinião. Mas não ser um simples “militante político" e isso, eu não me permito ser, apesar dos ataques que eu já sofri nos últimos dias, por gente da pior espécie (e sofrerei outros, tenho convicção disso), com direito a meu telefone vazado em grupos de whatsapp e ameaças virtuais a minha integridade e a dos meus familiares.

Minha vontade, minha alegria é falar, escrever sobre futebol, mas não posso me abster, num momento tão importante, de não dar informações aos associados com o objetivo dele ter elementos para realizar a melhor escolha.

Termino com o seguinte pensamento. Cada dia, uma pessoa que dedica a sua vida e seu tempo por amor ao Santos é difamada por interesses políticos. Triste momento, que tanta gente de baixo nível faz parte da política do clube.


strutura.com.br

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by