FOTO CAPA

MEMBROS DO CG DE SAÍDA

Publicado às 22h13 desta quinta-feira, 5 de julho de 2018.
Nesta quinta-feira (5), alguns membros deixaram o Comitê de Gestão que administra o Santos. Andres Rueda (foto), candidato nas últimas eleições e Urubatan Helou anunciaram oficialmente que renunciaram ao cargo. Fabio Gabia e Hanie Issa prometem fazer o mesmo, assim como Estevan Andre Robles Juhas e José Carlos de Oliveira até o fim dessa semana. Se isso, efetivamente se confirmar, seis dos nove membros (incluindo o presidente e o vice) deixam as suas funções.


Helou justificou que renunciou em razão de sua atribulada agenda empresarial e que tinha condicionado a sua presença por apenas seis meses. Rueda, também não quis polêmica e afirma que sua missão foi cumprida e no momento, mais vai atrapalhar do que ajudar. Tanto Urubatan, como Rueda, já anunciaram o desligamento em cartas enviadas ao presidente do Conselho Deliberativo Marcelo Teixeira.

O vice-presidente Orlando Rollo, também já acenou com a possibilidade de se afastar do mandato para que foi eleito até dezembro de 2020, e deixou publico o raxa com o atual mandatário santista, quando enviou documentação com perguntas ao presidente do Conselho em caso de licenciamento.

O clube vive uma crise política sem precedentes. Três pedidos de impeachment foram protocolados, nos últimos meses. Um deles foi arquivado. O último é assinado por um grupo de conselheiros liderados pelo ex vice-prefeito da cidade de Santos, Esmeraldo Tarquínio Neto, onde a alegação é de que o presidente do clube, José Carlos Peres infringiu o estatuto, no artigo 61, por ser sócio-proprietário de uma empresa que representa e negocia atleta.

Além disso, essa semana vazou um áudio de um colaborador de campanha que tinha um cargo no clube e foi demitido por justa causa, após ameaças caso a sua demissão fosse consumada.

strutura.com.br

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by