FOTO CAPA

O SANTOS "SOLIDÁRIO" DE JAIR VENTURA

Publicado às 22h30 desta segunda-feira, 8 de janeiro de 2018.
O Santos de Jair Ventura se prepara para as competições de 2018. Reforço de fato, apenas o ala canhoto Romário. O atacante Eduardo Sasha, já está na Baixada, realizou exames médicos nesta segunda-feira (8), aguarda os resultados para poder ser anunciado de forma oficial e ficar à disposição. 

Os jovens Yuri Alberto e Rodrygo Goes realizam um trabalho à parte para ganhar massa magra sob o cuidado do preparador físico Ednilson Sena.
"Fizemos um mapeamento com as características técnicas e físicas dos jogadores" revelou Antônio Macedo, analista de desempenho que deixou o Botafogo-RJ e acompanha Jair na chegada a Vila Belmiro.  
Mas a razão desse post é outra. O Blog do ADEMIR QUINTINO apurou que por enquanto, o treinador utilizou Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Romário; Alison, Renato e Vecchio; Bruno Henrique, Rodrigão e Copete no time titular. 


Como as atividades são fechadas a imprensa, poucas informações mais detalhadas podemos revelar sobre o time. Talvez, a unica exceção seja a solidariedade pedida pelo comandante técnico para que todo time defenda e tenha a mínima organização para a atacar em bloco.

No Botafogo em 2017, o meio-campo do alvinegro da estrela solitária formava um losango que variava para duas linhas de quatro sem a bola, com um volante mais aberto. A solidariedade citada no parágrafo acima, podia ser evidenciada quando os atacantes de beirada recuavam para recompor e apenas um meia e o centroavante, ficavam mais a frente. 

Jair tem como uma das suas referências, o técnico argentino Simeone, do Atlético de Madrid. O time espanhol, mesmo com jogadores de menor qualidade técnica, encaram times superiores e já chegaram de forma incrível a duas decisões de UEFA Champions League.  Essa equipe procura ter muita intensidade e o entendimento dos jogadores sobre o que fazer em campo é tamanho, que dá a sensação muitas vezes que todos se multiplicam nas quatro linhas. Proporcionam muito incômodo a quem tem a posse de bola.

Jair, discípulo de Simeone, gosta de induzir seus adversários a tentarem chegar ao ataque pelos lados do campo. Quando o rival chega perto da grande área, se vê totalmente cercado, com a marcação dobrada e em alguns momentos, triplicadas, diminuindo as opções de passe. 

Se o alvinegro não é nenhum oásis em termos de material humano no momento, tem peças de maior talento que o Botafogo, semifinalista da Copa do Brasil e que foi até as quartas de finais da Libertadores. Em alguns períodos da partida de volta, no Sul do país, jogou melhor que o Grêmio, que sagrou-se o campeão.

Pesa contra Jair, o tempo curto que terá na pré-temporada, em 2018. A repetição é que pode fazer o esquema "solidário" dar certo. 

Novas peças de reposição com melhor qualidade, darão a chance de o treinador provar que ele passa do status de revelação para uma realidade. Se isso acontecer, a "quarta força do Estado" dita por Fábio Carille, pode surpreender nas competições.


Peixe 100% na Copinha na primeira fase.
PEIXE LÍDER INVICTO NA COPINHA

O Santos conseguiu mais um importante vitória na Copa São Paulo de Futebol Junior. Mesmo contra os donos da casa, o Peixe bateu o Novorizontino na noite desta segunda-feira (8), por 3 a 1. Com o resultado, terminou no primeiro lugar do grupo 4 e tudo leva a crer que vai enfrentar o América-PE, na primeira das fases eliminatórias da competição. Os gols do alvinegro foram de Walsyson Madalena, Giovane e Vagner.

Durante a maior parte da partida, o time de Aarão Alves jogou com um atleta a menos. O zagueiro Vitor Mendes foi expulso, ainda na primeira etapa.


strutura.com.br
 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by