FOTO CAPA

COMEÇA A ERA LEVIR CULPI

Publicado às 19h05 desta segunda-feira, 12 de junho de 2017.
Depois de ter acertado com o Santos na terça-feira passada (6), ser oficialmente anunciado dois dias depois, Levir Culpi finalmente foi apresentado na tarde desta segunda-feira (12), no CT Rei Pelé e começou a trabalhar como treinador do Santos. Ele estréia na quarta-feira (14), às 21h45, na Vila Belmiro, diante do Palmeiras, pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro.

O comandante técnico que substituiu Dorival Junior, que ficou 23 meses a frente da equipe, tem contrato até o fim do ano. O treinador de 64 anos afirmou que considera o elenco alvinegro bom e confia na capacidade de todos para colher ótimos resultados.
"Já tem jogo quarta-feira. Espero somar. Esse time já tem alguns valores ótimos. Não conheço muito (o elenco). Posso responder, com certeza, que conheço pouco. Vi o time jogar, mas são 37 atletas. Tem até argentino, brinco muito com eles. Tenho de conhecer melhor a personalidade de cada um. Mas sei que é um dos melhores elencos do País"
Levir Culpi fez questão de dizer que em seis meses não vai conseguir "revolucionar" o modo do Santos jogar. Fez questão de elogiar o trabalho do seu antecessor Dorival Junior. 
"O Dorival ficou dois anos no clube. O trabalho foi muito sério. Vou dar continuidade em busca de bons resultados. São três campeonatos dificílimos. O Santos precisa se ajustar um pouco melhor para vencê-los. Dar uma sequência. Temos força suficiente. Os elencos dos outros times são mais ou menos parecidos. O time é forte. Estou bem confiante."
O novo treinador santista confirmou que está preocupado com a harmonia no vestiário.
"Me preocupa muito. O ambiente de trabalho tem muita influência na produtividade. Você insatisfeito no trabalho está muito próximo do fracasso. às vezes, insatisfeito até conseguimos um bom resultado, mas o importante é estar feliz"
Levir lamenta ter pouco tempo para trabalhar em razão do jogo no meio de semana. Mas garantiu que isso não incomoda e faz parte da cultura do futebol.
"É ótimo (estrear no clássico quarta-feira). Sem emoção, o futebol não tem graça. Tem de ter desafio. Quem não gosta disso tem de sair do futebol. Precisamos passar por cima desses problemas que a gente encontra. Apesar do pouco tempo, estou me apoiando com as pessoas que estão aqui e principalmente dos jogadores. Todos times tem problemas. Pensamos em vencer."
A exemplo de Dorival Junior, Levir disse que tem convicção que o Peixe tem tudo para conquistar um campeonato ainda em 2017.
"O Santos, ainda esse ano, tem tudo para ficar marcado na história do clube.  O resultado que fala por si, não é o trabalho. Vamos ver o que vai acontecer."
Levir Culpi afirmou que não pretende fazer muitas mudanças no time para a sua estreia. Nesta terça-feira (13), ele define o time que começa o clássico diante do Palmeiras, depois de um longo tempo que a equipe não se apresenta na Vila Belmiro.


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by