FOTO CAPA

VALE QUASE UMA FOLHA SALARIAL

Publicado às 08h10 desta terça-feira, 22 de novembro de 2016.
Garantido na fase de grupos da Libertadores da América do ano que vem e ainda com possibilidades remotíssimas de titulo, o Santos praticamente vai decidir com o Flamengo quem será o vice-campeão brasileiro de 2016, no próximo domingo (27), no Maracanã, às 17h. O time paulista tem 68 pontos e os cariocas tem 67. 

Mais do que isso, para o Peixe, a segunda colocação na competição nacional, pode lhe render quase uma folha salarial de premiação. A diferença entre o que recebe o segundo lugar e o terceiro é de R$ 3,4 milhões. O vice fica com 10,7 milhões e o terceiro R$ 7,3 milhões. A folha mensal do alvinegro gira em torno de R$ 4 milhões mensais.

Em comparação com as folhas salarias de outros times da série A, a do Santos é a nona. A maior folha é a do Palmeiras, líder do campeonato, que ultrapassa a casa dos R$ 10 milhões. 

Em seguida, vem o Atlético-MG com aproximadamente R$ 9,2 milhões seguido pelo adversário do Peixe de domingo, o Flamengo com R$ 7,7 milhões. 

A quarta maior folha é a do rival de Itaquera, o SCCP, com R$ 6,8 milhões, seguido de perto pelo Cruzeiro com R$ 6,75 milhões. O São Paulo é a sexta folha com R$ 6,2 milhões, valores parecidos com a do Grêmio R$ 5,9 milhões, seguidos pelo Fluminense com R$ 5 milhões.

Depois do Peixe, na décima colocação vem a folha do Internacional-RS com R$ 3,95 milhões; Sport-PE com R$ 3,9 milhões e o Botafogo-RJ com R$ 2,6 milhões.

Na última vez que Flamengo e Santos jogaram no Estádio Mario Filho, houve empate em 2 a 2, com Lucas Lima empatando o jogo no final.

Para o jogo de domingo diante do rubro-negro carioca, o técnico Dorival Junior não contará com o futebol de Jean Mota, suspenso. Em compensação, o volante Yuri que cumpriu suspensão em Minas Gerais, fica à disposição.

A única maneira do time de Vila Belmiro conquistar o título é vencer os dois jogos que lhe restam - Flamengo (F) e América-MG (C) e torcer para que o Palmeiras perca seus dois jogos: Chapecoense (C) e Vitória-BA (F).


NOGUERA PEDE DESCULPA

O zagueiro argentino Fabián Noguera usou uma rede social para pedir desculpas ao torcedor santista, na noite desta segunda-feira (21). Em um gesto extramente humilde, algo incomum no meio, o defensor reconheceu o o erro no lance do primeiro gol do Cruzeiro e disse que gostaria de ter colaborado para se redimir da falha, mas não pode fazer em razão de ter sido substituído, logo em seguida:
"...Eu tentei ir perto dele, mas não fortemente, com receio de cometer uma penalidade máxima. Infelizmente, a situação em que estamos neste final de campeonato nos leva a ter como único resultado possível vitória e é por isso que eu tive que sair em Belo Horizonte, como tinha acontecido em Campinas.."
O camisa 32 santista lembrou do período em que ficou parado por não ter renovado com o Banfield-ARG, clube que o revelou e não liberou-o imediatamente para se apresentar ao Santos e afirma que ainda está se adaptando ao futebol do Brasil. O jogador ficou 11 meses sem atuar em uma partida oficial.
"Esta é a minha primeira experiência internacional, em um novo país, com novos costumes, língua nova e longe da minha família. Eu ainda estou me adaptando...E eu não tenho dúvida de que o melhor ainda está por vir. Reitero as minhas desculpas para o erro de ontem, também lamentando não ser capaz de alterar o erro durante o jogo porque eu fui substituído".
Pelo Santos, Fabián Noguera tem sete partidas. Em quatro ele começou como titular. O argentino já marcou dois gols pelo alvinegro. Um diante do Benfica (amistoso internacional) e outro contra o Grêmio-RS, pelo Campeonato Brasileiro.


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by