FOTO CAPA

O PREJUÍZO SÓ AUMENTA

Publicado às 13h20 desta quarta-feira, 6 de abril de 2016.
As finanças do Santos não foram nada boas nos últimos anos. Apesar de não ter sido analisado pelo Conselho Fiscal, o clube publicou em nota oficial que em 2015, o alvinegro teve um déficit de pouco mais de R$ 78 milhões. A atual administração acusa a anterior pelo prejuízo:
"Além de compartilhar das dificuldades impostas pela conjuntura econômica enfrentada pelo País, que produziram efeitos nos custos financeiros e inibiram investimentos em patrocínios, a atual gestão quitou débitos de grande monta referentes a 2014, especialmente salários e direitos de imagem de atletas em atraso, e compromissos com fornecedores, que impactaram as despesas de 2015."
Em 2014, último ano da gestão Odílio o déficit foi de R$ 58,9 milhões e no anterior - 2013, o caixa fechou negativo em R$ 40,6 milhões. 

As últimas vezes que deu balanço positivo foram em 2011 e 2012 com R$ 7,3 milhões e R$ 14,5 milhões, respectivamente.

Só com Leandro Damião, os dirigentes do alvinegro afirmam que foram quase R$ 30 milhões de despesas só no ano passado, fora o passivo que existe para o clube pagar.
"Nesse contexto destaca-se, em especial, os custos financeiros que incidiram sobre a dívida contraída em euros pela administração anterior para a aquisição do atleta Leandro Damião que, isoladamente, significou um aumento de quase R$ 20 milhões de despesas financeiras. Se somado o ajuste por redução ao valor recuperável do atleta, o impacto das perdas com esta aquisição nos resultados de 2015 foi ainda maior: R$ 29,8 milhões."
O parecer do Conselho Fiscal deveria ser apresentado aos conselheiros até 25 de Março, conforme versa o artigo 93, parágrafo sexto, letra D.


O balanço deve ser publicado detalhadamente até 30 de abril, data máxima prevista. 

http://www.lojarenotech.com.br/ 


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by