FOTO CAPA

MANTIDO NO G-4

Publicado às 07h15 desta segunda-feira, 19 de outubro de 2015.
O Santos não encontrou dificuldades para vencer o Goiás, neste domingo (18), em partida válida pela 31a. rodada do Brasileirão/2015. Com dois gols de Ricardo Oliveira e um de Werley, o Peixe atropelou os esmeraldinos por 3 a 1. O resultado fez com que a equipe da Vila se mantivesse pela terceira rodada seguida no G-4, agora com 49 pontos.

Sem desmerecer o adversário, é difícil compreender até hoje , como o Alvinegro da Vila levou 4 a 1 no primeiro turno do time do planalto central. 


Com 14 minutos do primeiro tempo, o jogo deste fim de semana já estava decidido. Werley, recebeu ótima assistência de Daniel Guedes e abriu o marcador aos 11. Três minutos depois, Ricardo Oliveira ampliou e em menos de 15 minutos, o Glorioso já vencia por 2 a 0. O Santos visivelmente diminuiu o ímpeto, se poupando para o primeiro duelo da semifinal da Copa do Brasil, quarta-feira (21), diante do São Paulo. Antes de terminar a primeira etapa, ainda teve mais. Oliveira, artilheiro do Campeonato, agora com 19 gols, recebeu de Marquinhos Gabriel e aumentou o score - 3 a 0.

No segundo tempo, o Santos gastou o tempo e ainda sofreu um gol de contra-ataque feito por David, após chute despretensioso e a bola desviada matou o goleiro Vanderlei.

A partida também marcou o retorno de Geuvânio, exatamente 45 dias após a sua contusão, conforme informou o Blog no dia 4 de setembro e a estréia do argentino naturalizado italiano Ledesma.

Na quarta-feira (21), diante do Tricolor no Morumbi, Gabriel, suspenso por duas rodadas no Brasileiro retorna ao ataque. 

Durante a entrevista coletiva, perguntei ao técnico Dorival Junior se ele pretende poupar jogadores para o duelo diante do Figueirense, dia 24, em Santa Catarina, na próxima rodada pelo Campeonato Brasileiro, já que no dia 28, o Peixe enfrenta o São Paulo novamente pela Copa do Brasil.
"É uma situação que vou deixar em aberto.Vai ser difícil recuperar o time pro segundo jogo da semifinal. Tem chovido muito em Santa Catarina (local da partida), o desgaste do gramado pesado pode ser maior. Dependendo do que acontecer essa semana (no primeiro jogo contra o São Paulo) vou ter que tomar uma decisão de poupar jogadores. Algo que nunca fiz." revelou o treinador santista.
A nota triste foi novamente, o pequeno e vergonhoso público na Vila Belmiro. Pouco mais de 6 mil pagantes acompanharam a vitória da equipe. O time num campeonato de recuperação incrível, semifinalista da Copa do Brasil e com uma renda pífia. E pensar que a Portuguesa de Desportos, na véspera, em partida da série C (terceira divisão) levou 17 mil expectadores ao Candindé.  

SANTOS 3 X 1 GOIÁS
Local: Vila Belmiro - Santos/SP
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Público e renda: 6.198 pessoas/ R$ 207,915,00 
Cartões amarelos: David (GOI)
Gols: Werley, 11'/1ºT (1-0); Ricardo Oliveira, 14'/1ºT (2-0); Ricardo Oliveira, 45'/2ºT (3-0) e David, 3'/2ºT (3-1)
SANTOS: Vanderlei, Daniel Guedes, Werley, Leonardo e Zeca; Thiago Maia, Renato (Ledesma, 30'/2ºT) e Lucas Lima (Vitor Bueno, 41'/2ºT); Marquinhos Gabriel, Leandro (Geuvânio, 20'/2ºT) e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior
GOIÁS: Renan, Gimenez, Fred, Alex Alves e Diogo; Juliano (Rafael Forster, 30'/2ºT), David, Patrick e Felipe Menezes (Arthur, 18'/2ºT); Erik (Lucas Coelho, intervalo) e Zé Love. Técnico: Artur Neto

Geuvânio voltou, porém, ainda necessita recuperar ritmo de jogo.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS
Vanderlei: Não sujou o uniforme porque o Goiás não exigiu. Não teve culpa no gol, pois a bola foi desviada. - 6,0
Daniel Guedes:Tem muita qualidade no apoio e nos cruzamentos. Bela assistência no primeiro gol. - 6,5
Werley: Abriu o marcador com belo gol de cabeça. Apesar da distância me pareceu que a foi o zagueiro que levou azar e desviou a bola no gol dos goianos. - 6,5
Paulo Ricardo: Também não comprometeu e fez uma partida bastante segura. - 6,5
Zeca: Não foi tanto a frente. Dificilmente erra passe. - 6,5
Thiago Maia: Voltou a desarmar bastante. Um dos melhores volante do país e tem apenas 18 anos. - 6,5
Renato: Muita qualidade. Está bem fisicamente apesar da idade avançada. Jogo de terno e o mesmo sai limpo após 90 minutos. - 7,0
(Ledesma): Percebe-se que sabe bater na bola com qualidade. Sem ritmo de jogo. - 6,0
Lucas Lima: O "maestro" e dono do time distribui jogo, enfiou bolas curtas e no alto e vive ótimo momento. - 7,5
(Vitor Bueno): Jogou pouco. - SEM NOTA
Marquinhos Gabriel: A assistência no terceiro gol, de calcanhar é pra quem conhece. Como sempre disse quando era o 12o. titular, precisa de ritmo e readquirir a confiança. Conseguiu. - 7,5
Leandro: Jogou melhor que quinta passada. Ainda está devendo, pois eu já vi esse rapaz jogar bola no Palmeiras e no Grêmio. Foi bem na roubada de bola no segundo gol. -  6,5
(Geuvânio): Voltou após um mês e meio. Precisa readquirir ritmo. - 6,0
Ricardo Oliveira: Atuação próxima da perfeição. Teve três chances. Guardou dois e uma zaga adversária titou embaixo da trave. - 8,0
Técnico: Dorival Júnior: Completou um turno no comando do time. Pegou o time na zona de rebaixamento e colocou no G-4 e de quebra semifinalista da Copa do Brasil. Não perdeu um ponto sequer como mandante. Trabalho maravilhoso. - 8,0


Santista se reuniram e discutiram o momento político e administrativo do clube.
A100F comemora bom público em evento na capital

A Associação Santos 100 Fronteiras (AS100F) comemorou a boa presença de  público que compareceu a ação para desenvolver e reforçar o relacionamento entre sócios, torcedores e simpatizantes do clube que reuniu santistas da Baixada Santista e da Grande SP num descontraído encontro em bar localizado no bairro da Vila Madalena, em São Paulo/SP.

Mais de 40 alvinegros estiveram na última quinta-feira (13) reunidos para trocarem ideias sobre o atual momento político e administrativo do clube e de quebra aproveitaram para assistir juntos a partida diante do Grêmio-RS, pela TV.
.
O conselheiro Wladimir Mattos ao lado de santistas da capital.
Alguns conselheiros do Santos também prestigiaram o evento. Entre eles Reinaldo Guerreiro, candidato a vice-presidente do clube nas últimas eleições; João Vicente Gazzola, ex-gerente jurídico do clube e Wladimir Mattos - atual gestor de futebol da Portuguesa Santista, entre outros.





 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by