FOTO CAPA

DERROTA NOS PRÓPRIOS ERROS

Postado às 23h55 desta quinta-feira, 10 de setembro de 2014.
O Santos voltou a perder fora de casa. Foi a sexta derrota como visitante na competição. Desta vez para o Sport/PE, na Arena Pernambuco por 3 a 1. O gol santista foi marcado por Thiago Ribeiro.

O técnico Enderson Moreira preferiu "fechar a casinha" e montou um meio-campo mais forte na marcação. Com isso, abriu mão do esquema 4-3-3. Alan Santos começou entre os titulares e o artilheiro do time na temporada - Gabriel ficou no banco de reservas. 

Aos 27 minutos, após contra-ataque rápido, Thiago Ribeiro entrou em diagonal, driblou um dos adversários e abriu o placar com um belo gol. 

Quando tudo parecia que ficaria mais fácil para o time da baixada, os donos da casa chegaram a igualdade. Durval deu um carrinho em Leandro Damião, o árbitro não marcou a falta e o lateral Patric começava a fazer história. Ele marcou o primeiro dos seus três gols no jogo e os times foram para os vestiários no intervalo com empate de 1 a 1.

Na segunda etapa, já com Rildo na vaga de Thiago Ribeiro que deixou o gramado com dores nas costas, o alvinegro da Vila não conseguia agredir. Durval lançou e novamente Patric que ganhou de Zé Carlos, marcou o seu segundo gol.

O Peixe ainda empatou com Gabriel (que entrou no lugar de Alan Santos), duas vezes e se na primeira, o camisa 10 estava impedido, na segunda, a arbitragem errou novamente e mal anulou o gol santista. 

No final da partida, o Peixe se mandou pro ataque e Patric no contragolpe fechava o caixão - 3 a 1, o terceiro do ala-artilheiro que jogou de meio-campista na segunda etapa. 

Mais uma derrota do Santos fora de casa que demonstra a mesma inconsistência e sucessão de erros de um passado bem próximo. Como sou otimista por natureza, ainda penso que dá para arrumar o time para os jogos decisivos da Copa do Brasil. Quem me acompanha, sabe e já leu aqui no blog que eu joguei a toalha no Campeonato Brasileiro desde a derrota para o Botafogo/RJ, há duas semanas.

No sábado (13), o alvinegro volta a campo na Vila Belmiro contra o Coritiba às 21h00. Robinho que retorna da seleção brasileira deve ser a maior novidade. O lateral-esquerdo Mena retorna contundido da seleção chilena e não poderá atuar por aproximadamente 30 dias.

Recolher os cacos e buscar arrumar o time para os jogos das quartas de final da Copa do Brasil. Esse é o maior objetivo do Santos na temporada no momento.


FICHA TÉCNICA
SPORT 3 x 1 SANTOS
Estádio: Arena Pernambuco
Árbitro: Graziani Maciel Rocha - (RJ)
Público: 14.787 pagantes.
Cartões amarelos: Ibson, Renê, Wendel, Vitor e Danilo (Sport), Alan Santos (Santos)
Gols: Thiago Ribeiro (24'/1ºT), Patric (40'/1ºT), Patric (7'/2ºT) e Patric (46'/2ºT).
SPORT: Magrão, Patric, Durval, Ferron e Renê; Rithely, Wendel (Ronaldo, 25'/2ºT), Ibson (Augusto, 32'/2ºT) e Danilo; Érico Júnior (Vitor - intervalo) e Felipe Azevedo. Técnico: Eduardo Baptista.
SANTOS: Aranha, Cicinho, Edu Dracena, David Braz (Serginho, 36'/2ºT) e Zeca; Arouca, Alan Santos (Gabriel, 11'/2T), Souza e Lucas Lima; Thiago Ribeiro (Rildo, 42'/1ºT) e Leandro Damião. Técnico: Enderson Moreira.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS
Aranha: Nenhuma grande defesa e sem culpa nos gols - 5,5
Cicinho: Roubou muitas bolas e defensivamente não comprometeu. Também não apoiou - 6,5
Edu Dracena: Bem nas bolas aéreas. Vem readquirindo o ritmo após nove meses parados por cirurgia no joelho esquerdo- 5,5
David Braz: Muita vontade, porém, alguns passes errados. Ia marcar um gol, mas Gabriel colocou o pé na bola - 5,0
(Serginho): Apesar de apenas 10 minutos em campo, não entrou mal - SEM NOTA
Ze Carlos: Não conseguiu apoiar Patric no lance do segundo gol - 5,0
Arouca: Com Alan Santos e Souza recuados foi bem no primeiro tempo. Caiu junto com o time na etapa complementar -  6,0
Alan Santos: Fez o trabalho que Alison costuma fazer. Jogar a frente da área. Roubou a bola do único gol santista na partida- 6,0
(Gabriel): Entrou com vontade. Marcou dois gols e ambos (um bem e outro mal) foram anulados -  5,5
Souza: Ainda deve uma boa apresentação com a camisa do Santos - 5,0
Lucas Lima: Uma das poucas figuras lúcidas no meio campo santista - 6,5 
Thiago Ribeiro:  Tava bem no jogo e marcou um belo gol. Saiu contundido - 7,0
(Rildo): Mais uma vez não entrou tão bem no jogo. Até tem bastante raça. Se atrapalhou em alguns lances - 5,0
Leandro Damião: Conseguiu finalizar apenas uma vez (de cabeça) com perigo durante toda a partida - 5,5
Técnico: Enderson Moreira: Precisa de um tempo que não tem, pois os clubes estão praticamente na parte final da temporada. Mexeu no meio-campo, mas para isso sacou o artilheiro do time na temporada - 5,0

                                   


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by