FOTO CAPA

SEM VOTO A DISTÂNCIA

Postado às 10h36 desta sexta-feira, 25 de Julho de 2014.
Em votação bem apertada, o Conselho Deliberativo do Santos se reuniu e reprovou na noite desta quinta-feira (24) que os sócios do clube poderão votar a distância na próxima eleição presidencial, prevista para 6 de dezembro. A proposta foi rechaçada por 5 votos de diferença.

A discussão ocorreu em meio a muita polêmica principalmente após membros da oposição, que denunciaram um suposto esquema de fraude, no qual seis mil associados “fantasmas” teriam condições de votar. O clube afirmou e garantiu em nota oficial que esses cadastros estão bloqueados e que por não existirem e não terem CPF, seria impossível qualquer ação fraudulenta nas próximas eleições. 

O uso do voto à distância acarretaria num aumento significativo no número de eleitores. O modo à distância já estava previsto no Estatuto do clube, e necessitava apenas da aprovação em plenário, para ser colocado em prática. 

Na apreciação da pauta, foram 165 votos (85 contras e 80 favoráveis) e uma abstenção.  Assim, haverá apenas urnas eletrônicas no estádio da Vila Belmiro, em Santos, na Capital paulista e se qualquer embaixada do clube conseguir no mínimo 500 associados para que os mesmos decidam quem será o novo presidente do clube.

Antes e durante a reunião realizada no Conselho, manifestantes realizaram protestos em frente ao estádio da Vila Belmiro com carro de som, bateria de escola de samba, fogos de artifício e diversas faixas pressionando os conselheiros contra o voto não presencial.

                                             http://www.strutura.com.br


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by