FOTO CAPA

ALVINEGRO DO PANTANAL?

Postado as 20h05 desta quinta-feira, 24 de abril de 2014.
O Santos está prestes a se tornar por duas semanas consecutivas, atração para os Mato-Grossenses. Tudo isso porque o time de Oswaldo de Oliveira pode jogar duas semanas seguidas em Cuiabá-MT.  Contra o Figueirense, dia 11 de maio, pela 4a. rodada, como visitante e sete dias depois, já como mandante, enfrentar o Atlético-MG.

Os catarinenses ainda não confirmaram o confronto contra o Peixe para a Arena Pantanal, mas segundo o superintendente de esportes do Figueirense, Rodrigo Pastana, afirmou em entrevista coletiva semana passada, o duelo perante o Santos tem grandes chances de ser disputada no estádio do Estado do Mato Grosso, que será um dos palcos da próxima Copa do Mundo.

O Figueirense não pode utilizar o seu estádio - Orlando Scarpelli em Florianópolis-SC, pois tem que cumprir uma suspensão imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), pelos acontecimentos no clássico local com o Avaí, ainda pelo returno do Campeonato Brasileiro da Série B da temporada passada, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis.


Além da partida contra o Galo Mineiro, o Santos não poderá utilizar a Vila Belmiro nos confrontos contra o Flamengo, dia 25 de Maio e Criciúma, dia 31, pela 7a. e 9a. rodada do Campeonato Brasileiro, respectivamente. 

O Estádio Urbano Caldeira na baixada santista não pode ser usado pelo clube depois do dia 16 de Maio, já que será utilizado pela Seleção da Costa Rica que vai treinar para a Copa do Mundo que se inicia no dia 12 de junho, no templo sagrado do futebol.

Arena Amazônia, não. Estádio do SESI

A expectativa de que a partida pela segunda fase da Copa do Brasil entre Princesa do Solimões e Santos, no dia 8 de maio, fosse marcado para a Arena Amazônia, um dos palcos da Copa do Mundo, na cidade de Manaus, não se concretizou.

A CBF publicou em seu site oficial que o duelo válido pelo jogo de da competição nacional está marcado para o estádio Roberto Simonsen (SESI), também na capital amazonense, às 21h50.

Léo anuncia aposentadoria

Próximo de completar 39 anos, o maior vencedor da história do Santos após a Era Pelé, o ex-lateral canhoto e há um ano meio-campista Léo, se reuniu com o Comitê de Gestão, nesta quinta-feira (24), e como não houve renovação do seu contrato que termina em 30 de abril, o jogador decidiu anunciar sua aposentadoria.

O atleta que conquistou uma Libertadores, dois brasileiros, uma Copa do Brasil, três paulistas e uma Recopa Sul-Americana, atuou em 455 partidas com o manto alvinegro e marcou 24 gols.

Em 2014, Léo só atuou em uma único jogo com o uniforme santista. Foi no empate em 0 a 0 com o Mixto-MT, na partida de ida da primeira fase da Copa do Brasil.

                                           

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by