FOTO CAPA

INVICTO HÁ NOVE JOGOS

Postado à 00h10 desta sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014
Quem foi ver a estreia de Leandro Damião, acabou assistindo o jovem que o substituiu marcar o gol que deu a quinta vitória em seis jogos ao time da Vila. Em Lins, com gols de Thiago Ribeiro e Stéfano Yuri, o Santos derrotou o Linense por 2 a 1, nesta quinta-feira (6), no estádio Gilberto Siqueira Lopes, pela sexta rodada do Campeonato Paulista, resultado que manteve o Peixe no primeiro lugar do grupo C, agora com 16 pontos conquistados.

Em um gramado ruim, o time de Oswaldo de Oliveira não manteve aquela produtividade vista nos jogos contra o SCCP e Botafogo e a sua equipe oscilou, o que é perfeitamente normal em um inicio de competição, ainda mais em um time recheado de jovens. Ainda assim, o alvinegro se impôs e merecia ter ido para o intervalo com uma vantagem parcial. Vantagem essa que só não foi adquirida de fato, em razão de um dos assistentes de arbitragem ter conseguido enxergar impedimento naquele que seria o primeiro gol de Leandro Damião com a camisa do Santos. O novo camisa 9 da Vila, subiu muito e de cabeça colocou a bola no ângulo, mas não valeu. Ele estava poucos centímetros a frente.

Os gols só aconteceram na segunda etapa. Thiago Ribeiro marcou o primeiro, após bela assistência de Cícero. Um minuto depois, os donos da casa chegaram a igualdade na maldição que persegue o Santos desde 1912, quando o clube foi fundado - levar gol de ex-jogador. Rodrigo Tiuí, campeão paulista pelo Peixe em 2007, empatou a partida após bobeada da defesa.

Mas o melhor estava reservado para o fim. Um dos artilheiros da última Copa São Paulo - Stéfano Yuri, que havia acabado de entrar, em seu primeiro toque na bola, recebeu belo lançamento de Thiago Ribeiro e com muita classe, deu números finais a partida. 
"Gostei do time ter vencido, isso sim! Não sei se o meu gol estava impedido, mas está bom. Eu gostei" - disse o estreante Leandro Damião na saída do gramado .
O Santos está há nove jogos sem perder. A última derrota foi na 35a. rodada do Brasileirão-2013, quando perdeu para o Vitória-BA, em Salvador. De lá para cá foram três vitórias na mesma competição (Fluminense, Atlético-PR e Goiás), além dos seis jogos no Paulistão-2014 (cinco vitórias e um empate).  

Sem ficar em cima do muro, apesar de precoce e o clássico contra o SCCP não ter sido um grande teste, me parece que o Santos está no caminho certo. Um time que joga pra frente, bem orientado, que tem a força da juventude e amadurece dentro da competição.

Os gols da partida na voz de Paulo Sodate:


O time de Oswaldo Oliveira folga no fim de semana e agora só volta a jogar na próxima terça-feira (11), contra o Comercial-SP, no estádio Urbano Caldeira. A partida vai ter dois atrativos: A primeira vez de Leandro Damião na Vila Belmiro com a camisa do Santos e o lançamento do novo terceiro uniforme, que tem como cor principal, o amarelo.

FICHA TÉCNICA
LINENSE 1 X 2 SANTOS 
Local:Estádio Gilberto Lopes (Lins) 
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza 
Público: 5.701 pagantes 
Cartões amarelos: Alan Santos e Gustavo Henrique(SAN); João Lucas e Renan (LIN)
GOLS: Thiago Ribeiro, 14'/2ºT (0-1), Rodrigo Tiuí, 18'/2ºT (1-1) e Stéfano Yuri, 38'/2ºT (1-2) 
LINENSE:  Anderson, Murilo Silva, Alex Moraes, Fernando e J. Lucas; Marcelo, Branquinho, Renan e Leandro Ferreira; Rodrigo Tiuí (Marcinho 28/2º) e Anselmo. 
SANTOS: Aranha; Cicinho, Neto, Gustavo e Mena; Alan Santos, Arouca (Leandrinho - Intervalo), Cícero e  Geuvânio (Rildo29/2º) ; Thiago Ribeiro e Leandro Damião (Stéfano Yuri 34/2º) - Técnico: Oswaldo de Oliveira.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS 
Aranha: Pouco foi exigido - 6,0 
Cicinho: Não conseguiu apoiar e limitou-se a marcação - 5,5
Neto: Rebatedor. Quando sai da área, comete muitas faltas. Exagera nos chutões - 5,0
Gustavo: Seguro. Cometeu algumas faltas desnecessárias - 6,0
Mena: Pouco aparece no ataque. Em uma dessa raridades colocou a bola na cabeça de Damião no gol anulado. Melhorou no segundo tempo - 6,5
Alan Santos: Não brilhou como em outras pratidas. Levou um cartão bobo - 5,5
Arouca: Estava bem no jogo puxando os contra-ataques com velocidade. Foi poupado com dores musculares na coxa direita - 6,0
(Leandrinho): Não comprometeu. Discreto - 6,0
Cícero: Um primeiro tempo desligado e um segundo tempo produtivo, com direito a uma bela assistência no primeiro gol - 7,0 
Geuvânio: Um primeiro tempo discreto. Melhorou na etapa complementar. Foi substituído - 6,5
(Rildo): Tentou cavar um pênalti - 5,5
Thiago Ribeiro: Obdiente taticamente - ataca e compõe o meio quando o time está sem a bola. Um gol e belo lançamento no segundo. O melhor do jogo - 7,5
Leandro Damião: Demonstrou que estava com tesão de jogar. Finalizou, fez um gol que foi anulado e cansou - 6,5
(Stéfano Yuri): Tem estrela - 7,0
Técnico: Oswaldo de Oliveira: Tem sido justo até pra compor o banco de reservas. Teve estrela ao substituir Damião pelo jovem Stéfano e dos pés do garoto saiu o gol da vitória - 7,0
  
 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by