FOTO CAPA

MENINOS IMPLACÁVEIS NA FINAL

Postado às 22h40 desta terça-feira, 21 de janeiro de 2014
O dono do melhor ataque da Copa São Paulo de Futebol Júnior/2014, agora com 27 gols, não decepcionou, e em uma atuação de gala, o Santos goleou o Atlético-MG por 3 a 0 na Arena Barueri e está na decisão em busca do bi-campeonato consecutivo (é o atual campeão) e o terceiro título da competição (também venceu em 1984). Os gols do Peixe foram marcados por Stéfano Yuri (duas vezes) que se igualou a Gustavo do Taboão da Serra, como artilheiro do Campeonato e outro de Matheus Augusto.

Conforme o Blog do ADEMIR QUINTINO publicou em primeira mão no último domingo (19), Neílton foi para o jogo, assim como o goleador da partida Stéfano Yuri foi confirmado entre os titulares

O Peixe começou melhor, mas aos poucos, o Atlético igualou a partida e na segunda metade da primeira etapa dominou o meio de campo. Ainda assim, a arbitragem anulou de forma equivocada um gol do alvinegro e no último minuto dos primeiros 45, após bela jogada de Serginho - Stéfano Yuri abriu o placar.

No intervalo, o técnico Pepinho Macia, que particularmente me prova a cada dia que conhece do riscado, diminuiu os espaços do Galo e daí em diante, só deu Peixe. Matheus Augusto, aos 33 minutos do segundo tempo ampliou para 2 a 0 e no final da partida - Stéfano Yuri novamente, ainda marcou mais um.

A batalha ainda não acabou, falta a decisão contra o rival, mas a equipe de Pepinho sai jogando, marca a saída de bola e tem o DNA ofensivo que o torcedor santista tanto exige. Joga e encanta.

Agora, o Peixe enfrenta o SCCP na decisão de sábado (25) , às 10hs, no Pacaembu. A primeira vez que o Santos venceu a Copa São Paulo em 1984, também foi contra o mesmo rival, só que no estádio do Canindé por 2 a 1 com gols de Flávio Pacheco e do falecido Gerson.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS (sub-20)

João Paulo: Fez duas belas defesas no primeiro tempo - 7,0
Daniel Guedes: Tem tudo para ser titular do Santos no profissional em curto espaço de tempo. Tem velocidade e apoia bem. Só amadurecer um pouco mais - 7,0
Paulo Ricardo: Fez o arroz com feijão bem temperado - 6,5
Gustavo Eugênio: Um leão. Ganhou todas antecipações e jogadas aéreas. Ainda demonstrou personalidade para intimidar os atacantes adversários. Vai dar trabalho ao treinador. Como tirar ele do time na decisão? - 8,0
Zé Carlos: Bem na defesa, nem tanto no apoio. Tem talento - 6,5
Lucas Otávio: Errou alguns passes, mas mantém a regularidade - 6,5
Fernando Medeiros: Joga no sacrifício desde a primeira rodada. É o mais jovem do time e ainda vai evoluir mais - 6,5
Serginho: Cresceu muito na competição. Foi dele a jogada do primeiro gol da partida - 8,0
(Diego Santos): Não comprometeu - 6,0
Jorge Eduardo: Não esteve tão inspirado como em outras jornadas - 6,0
Neílton: Não estava bem na partida. Foi substituído no intervalo com um entorse no tornozelo - 5,0
(Matheus Augusto): O grande nome do jogo. Entrou e deu uma consistência ofensiva que o time precisava. Marcou um golaço que carimbou a classificação - 8,5
Stéfano Yuri: Também jogou no sacrifício. Teve três chances para marcar. Guardou dois, agora tem nove e virou artilheiro da Copa - 8,0

Técnico: Pepinho Macia: Tem o time nas mãos. Sua equipe sai jogando, marca a saída de bola do adversário na pressão e o treinador consegue modificar o panorama de várias partidas no intervalo. Conhece do riscado e prova que não é apenas o filho do Pepe - 8,0


Profissional apenas empata contra Osasco Audax

Já o time de Oswaldo de Oliveira, para pouco mais de duas mil pessoas, apenas empatou em 1 a 1 com o Osasco Audax na noite desta terça-feira (21), no estádio do Pacaembu. Jubal marcou o gol santista. Foi o primeiro gol do zagueiro como jogador profissional.

Como eu estava acompanhando a partida dos "Meninos da Vila" pela Copinha, não me sinto a vontade para dar uma opinião melhor sobre o jogo, tampouco atribuir notas aos jogadores.

Pelos melhores momentos e os últimos minutos da partida que eu assisti, o empate caiu do céu. O time do técnico Fernando Diniz e do presidente Vampeta colocou o Santos na "roda" e merecia ter vencido, mas como o "futebol não tolera desaforo", Jubal, no fim da partida empatou para o time da Vila.

O confronto marcou a estréia do atacante Diego Cardoso no time profissional. Ele jogou pouco menos de cinco minutos.

No próximo domingo (26), o alvinegro enfrenta o Ituano às 19h30m no interior de São Paulo. 

FICHA TÉCNICA:
GRÊMIO OSASCO AUDAX 1 X 1 SANTOS
Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data-Hora: 21/1/2014 – 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Prieto Alfieri
Público/renda: 2.284 pagantes/ R$ 115.470,00
Cartões amarelos: Tchê Tchê (GOA) ;Bruno Peres e Victor Andrade (SAN)
GOLS: Caion, aos 13'/1T (1-0) e Jubal, aos 42'/2T (1-1)

OSASCO AUDAX: Felipe Alves, André Castro, Francis, Didi; Camacho, Velica, Tche Tche, Nadson (Thiago Silvy, aos 41'/2T) e Rafinha (Ednei, aos 34'/2T); Nenê Bonilha e Caion (Denílson, aos 16'/2ºT).

SANTOS: Aranha, Bruno Peres, Gustavo Henrique, Jubal e Mena; Alan Santos, Leandrinho (Victor Andrade - intervalo) e Thiago Ribeiro; Cicinho, Geuvânio (Léo Cittadini, aos 17'/2º) e Gabriel (Diego Cardoso, aos 44'/2T).

Novo patrocínio

O Santos terá a escola de idiomas CNA como um dos patrocinadores na camisa para a temporada de 2014. Inicialmente, a marca estampará a manga do uniforme e depois migrará para o omoplata, na altura do ombro. O contrato terá duração de um ano, com possibilidade de renovação, e já tem início no próximo jogo contra o Ituano, neste domingo (26), pelo Campeonato Paulista. Ninguém no clube confirma oficialmente, mas os valores giram em torno de R$ 7,5 milhões
Estamos muito contentes em ter uma escola de idiomas conosco. Juntos vamos trabalhar na formação profissional de nossos atletas do elenco principal, que terão aulas no CT, e os meninos da base terão bolsas de estudos”, explicou Fernando Montanha, gerente de Marketing do clube.
Satisfação ao público

Aproveito o ensejo para dar uma satisfação ao público que me acompanha. Desde domingo (19), eu não atualizava este espaço, em razão de eu ter saído com minha família para o Litoral Norte, em umas férias curtas de apenas cinco dias.

Ainda assim, tentei atualizar  a página assim que cheguei ao local, mas a rede de internet estava com problemas e me impediu de colocar novas informações. 

Nesta terça-feira (21), deixei meus familiares se divertirem e me dirigi a Arena Barueri para acompanhar "in loco" a classificação dos "Meninos da Vila". Aproveitei também para atualizar o Blog. 


Retorno para reencontrar meu filho e esposa em São Sebastião - SP, nesta madrugada, onde devo permanecer até sexta-feira (24). 

Se por ventura eu não atualizar o Blog nas próximas horas, conto com a compreensão de todos.

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by