FOTO CAPA

ARANHA E CÍCERO SALVAM

Postado á 01h54 desta segunda-feira, 27 de janeiro de 2014.
O Campeonato Paulista finalizou a terceira rodada, mas o futebol do Santos ainda não apareceu. Em uma partida tecnicamente horrível, o Peixe com um gol de Cícero após cobrança de falta, nos acréscimos, venceu o Ituano no estádio Novelli Junior por 1 a 0, neste domingo (26).   Foi a segunda vitória do alvinegro na competição, a primeira fora de casa.

Somente o técnico Oswaldo de Oliveira gostou da apresentação santista. Ao final da partida, em entrevista coletiva, o comandante afirmou que o seu time "fez uma excelente partida e o resultado foi ótimo e condizente". 

Que me perdoe o treinador santista, mas eu discordo de quase tudo do que ele afirmou ao fim do jogo. O time santista não tem jogadas de meio-campo e a ligação da defesa para o ataque é na base dos chutões. Óbvio, que tem que dar o desconto de que foram apenas três jogos, mas até aqui o time alvinegro, vice-líder do seu grupo ( Somente o São Bernardo venceu os três jogos) é uma caricatura mal feita de um time de futebol.

Uma das explicações de Oswaldo de Oliveira é de que os clubes do interior estão se preparando para o estadual desde novembro do ano passado, ao contrário dos grandes que só tiveram duas semanas de treinamentos. Mas essa desculpa não poderá ser usada na próxima quarta-feira (29), pois o adversário é outro clube que teve o mesmo tempo para se preparar - o SCCP. Portanto, o aspecto físico não poderá ser usado como muleta.

Se não fosse o goleiro Aranha, que particularmente reputo como o melhor goleiro de São Paulo e um dos melhores do país, mas como o camisa 1 da Vila dá entrevistas curtas, não sorri para as câmeras e tampouco tem cara de bom moço, poucos dão o devido valor; além do talento do meia Cícero na cobrança de falta, o torcedor alvinegro estaria amargando uma derrota, pois o time do Interior colocou bola na trave e foi superior na segunda etapa. Mas, como o se não joga...

FICHA TÉCNICA
ITUANO 0 x 1 SANTOS
Local: Novelli Júnior, em Itu (SP)
Árbitro: Marcelo Rogério
Assistentes: Daniel Luis Marques e Patricia Carla de Oliveira
Público/renda: 2.527 pagantes / R$ 90.730,00
Cartões amarelos: Cristian e Josa (ITU); Aranha, Alan Santos, Gabriel, Mena e Thiago Ribeiro (SAN)
GOL: Cícero, aos 46' 2ºT (0-1)
ITUANO: Vagner; Dick, Alemão, Anderson Sales e Dener; Paulinho (Rafael Silva, aos 29' 2ºT), Josa, Cristian (Esquerdinha, aos 28' 2ºT) e Jackson Caucaia; Jean Carlos e Marcinho (Clayson, aos 17' 2ºT). Técnico: Doriva.
SANTOS: Aranha; Cicinho, Neto, Jubal e Mena; Alan Santos (Leandrinho, aos 42' 2ºT), Arouca e Cícero; Geuvânio, Thiago Ribeiro e Gabriel (Victor Andrade, aos 16' 2ºT). Técnico: Oswaldo de Oliveira.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS

Aranha: O melhor do jogo. Defesas incríveis. Sempre bem colocado. Vive ótima fase, um dos melhores do país - 8,0
Cicinho: Não lembrou o bom ala forte nos apoios - 5,0
Neto: Após cinco meses sem jogar era nítido perceber que estava sem tempo de bola - 5,0
Jubal: Foi o zagueiro que saiu para dar combate e ganhou quase todas. Tem talento e um futuro promissor - 7,0
Mena: Mal na marcação e não aparece uma vez para o apoio. Pagar R$ 7,7 milhões por esse futebol, era melhor ter deixado o jovem Emerson Palmieri que tem muito mais talento, como titular - 4,0
Alan Santos: Tem uma vantagem em relação aos demais volantes. Tem ótima saída de bola, joga de cabeça em pé. Sofreu na primeira etapa na marcação - 6,5
(Leandrinho): Jogou pouquíssimo tempo - sem nota
Arouca: Sacrificado no esquema de Oswaldo. É o volante do combate que quase não passa do campo de defesa - 6,0
Cícero: Durante a partida, com exceção de um belo passe para Victor Andrade no começo do segundo tempo, quase não foi notado. Mas é talentoso na cobrança de falta e marcou o único gol do jogo - 7,0
Geuvânio: É jovem, vem amadurecendo, deu dois bons dribles, mas sumiu no segundo tempo - 6,5
Thiago Ribeiro: Com exceção das suas entrevistas no intervalo e no fim da partida (normalmente na saída do campo são as melhores, pois o atacante tem ótima leitura de jogo), teve uma partida para ser esquecida. Errou quase tudo que tentou - 4,5
Gabriel: Não brilhou. Fez apenas uma boa tabela com Geuvânio no primeiro tempo - 5,0
(Victor Andrade): Com exceção da falta sofrida no lance que originou o gol, quase não foi notado - 5,0
Técnio Oswaldo de Oliveira: Poucas opções no banco. Faz o que pode, porém, em 270 minutos (que é pouco tempo), o time ainda não andou. Deve estar insatisfeito com a direção que não lhe deu reforços e ainda perdeu alguns atletas que estão de saída, casos de Montillo e talvez até mesmo de Cícero que falou em alto e bom sinal "que ainda não tem uma situação definida com o Santos" - 5,5

Damião ainda é dúvida para o clássico

Perguntei durante a entrevista coletiva ao treinador Oswaldo de Oliveira se ele já poderia contar com o centroavante Leandro Damião para o clássico de quarta-feira (29) contra o SCCP às 10 da noite no estádio da Vila Belmiro.

Segundo o treinador, ele só vai ficar sabendo nesta segunda-feira (27) se o novo camisa 9 enfim fará a sua estréia, mas ele acredita que as chances são muito boas.

Pelo que o Blog do ADEMIR QUINTINO apurou junto a dirigentes do Internacional, a segunda parcela do pagamento do jogador que estava prevista para a última quinta-feira (23) não aconteceu. Os gaúchos aguardam o depósito para esta segunda-feira (27).

Os dirigentes santistas prometeram que o fundo de investimento (Doyen Sports) pagaria a segunda parcela dos direitos econômicos do jogador ao S.C.Internacional e que o atleta estaria apto para jogar na quarta rodada do Campeonato.

 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by