FOTO CAPA

ACABA LOGO 2013

Postado às 21h21 deste domingo, 3 de novembro de 2013
O Santos voltou a ser derrotado no Campeonato Brasileiro. Pela segunda vez este ano no estádio da Vila Belmiro, o Peixe perdeu três pontos. Desta vez para o Cruzeiro/MG por 1 a 0. O gol dos mineiros foi de Everton Ribeiro. O time celeste ainda quebrou um tabu, já que não vencia  o Peixe há quatro anos.

A decepção ou desilusão é o sentimento de insatisfação que surge quando as expectativas sobre algo ou alguém não se concretizam. Portanto, não vou usar os adjetivos acima para o Santos, até porque quem acompanha meu trabalho, sabe que joguei a toalha desde o jogo contra o Náutico no empate de 1 a 1 na Vila Belmiro.

O ataque que o Santos apresenta nas últimas partidas com Everton Costa e William José é um dos piores, se não o pior, da história do clube. Nem Toizinho e Totonho nos anos 70, Essinho e Neizinho no início dos anos 90, ou Tripodi e Pinto em 2008 eram de tanta mediocridade técnica, como a atual dupla. Então como exigir, cobrar algo de quem não é capaz? É dar soco em ponta de faca. 

Além da qualidade técnica sofrível do ataque alvinegro, o meio-campo do Santos também não cria nada, por isso o resultado não poderia ser diferente da derrota. E ficou barato, pois os mineiros perderam diversas oportunidades incríveis durante a partida. Desde os 20 minutos de partida, tomaram conta do jogo.

A vaga para a Taça Libertadores para o Santos, só se o torcedor quiser adquirir um sonho na padaria. Põe a mão pro céu por este time não ter caído. Tem que mudar muita coisa para 2014.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 0 x 1 CRUZEIRO
Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data-Hora: 3/11/2013 - 17h (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Publico/Renda: 9.460 pagantes/R$268.156,00
Cartões Amarelos: Everton Costa, Cicinho (SAN) e Tinga (CRU)
GOL: Éverton Ribeiro, 9'/2ºT (0-1)
SANTOS: Aranha; Cicinho, Edu Dracena, Gustavo Henrique e Mena; Alison (Alan Santos - 36'/2ºT), Arouca, Cícero e Montillo; Everton Costa (Geovânio - 13'/2ºT) e Willian José (Victor Andrade - intervalo). Técnico: Claudinei Oliveira
CRUZEIRO: Fábio; Ceará, Dedé, Léo e Egídio; Nilton, Lucas Silva, Éverton Ribeiro (Tinga - 37'/2ºT), Dagoberto (Elber - 35'/2ºT) e Ricardo Goulart; Borges (Júlio Baptista - 23'/2ºT). Técnico: Marcelo Oliveira

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS 
Aranha: Seguro. Um dos melhores do Campeonato - 6,5
Cicinho: Razoável no apoio. Deixou espaços no setor - 5,5 
Edu Dracena: Soberano no jogo aéreo - 6,5
Gustavo Henrique: Regular como sempre. Não achei que teve culpa no gol. Foi atrapalhado por Ricardo Goulart no lance - 6,0 
Mena: Levou um drible desconcertante no gol cruzeirense. Não apoiou e não conseguiu marcar - 4,0
Alison: Fazia bela apresentação na marcação, como de costume, mas deu o bote errado em Everton Ribeiro no gol - 6,5 
(Alan Santos): Jogou alguns minutos apenas - sem nota 
Arouca: Apareceu como elemento surpresa apenas uma vez durante o primeiro tempo - 5,5
Cícero: Novamente discreto - 5,0
Montillo: Não criou e até passes curtos conseguiu errar - 4,5 
Everton Costa: Ineficaz. Recebeu o terceiro cartão amarelo e não enfrenta o Vasco/RJ. - 3,5 
(Geovânio): Entrou bem. Demonstrou personalidade e quase marcou um gol de fora da área - 6,5 
Willian José: Mais uma aposta errada da diretoria. Não viu qual era a cor da bola - 3,5
(Victor Andrade): Entrou com muita vontade e só. Não conseguiu finalizar bem, uma vez - 5,0
Técnico: Claudinei Oliveira: Até tentou mudar a cara do jogo ao modificar os dois atacantes na segunda etapa. Tem um material humano muito deficitário - 5,0

                                                  


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by