FOTO CAPA

MENINOS MADUROS

Postado às 00h05 desta quinta-feira, 25 de julho de 2013

Mesmo com um time “misto” recheado de desfalques (Dracena, Léo, Cícero, Montillo e Arouca) e com sete jogadores formado nas categorias de base entre os titulares, mas demonstrando muita personalidade, o Santos rechaçou qualquer possibilidade de entregar o jogo pra disputar a Copa Sul-Americana e carimbou passaporte as oitavas de final da Copa do Brasil ao vencer o Crac-GO, na casa do adversário, por 2 a 0. Os gols santistas foram marcados pelos jovens Gustavo Henrique e Léo Cittadini.

O técnico Claudinei Oliveira lançou Giva desde o inicio da partida na vaga de William José no ataque. Aliás, com exceção do volante Alan Santos (que também é prata da casa) que fez um primeiro tempo excelente, os demais do meio-campo e ataque alvinegro, eram os mesmos que sagraram-se campeões da Copa São Paulo de Futebol Junior, em janeiro deste ano.

Com boa marcação na saída de bola, o Peixe chegou com facilidade a abertura do placar, após cobrança de falta de Galhardo e a finalização de Gustavo Henrique.
No segundo tempo, com a vantagem no placar, o treinador santista ainda colocou os jovens Lucas Otávio e Léo Cittadini que se aproveitou do rebote do gol incrivelmente perdido por William José, para dar números finais a partida.

Com a classificação, o alvinegro aguarda o sorteio (dia 6 de agosto) para conhecer o seu adversário, nas oitavas de final na Copa do Brasil.

Antes da viagem para Barcelona (ESP) onde enfrentará Neymar, Messi e Cia,  dia 2 de agosto, no Camp Nou, o Peixe volta a campo contra a Ponte Preta, em Campinas, pelo Campeonato Brasileiro, no sábado (27), às 21 horas, com transmissão da Super Rádio Tupi/SP – 1.150 AM.

CRAC-GO 0 X 2 SANTOS
Local: Catalão (GO)
Data e Hora: 24 de julho de 2013, às 21h50
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Renda/Público: Não divulgado 
Cartões Amarelos: Diogo Medeiros (CRA) e Gustavo Henrique (SAN)
GOLS: Gustavo Henrique, 8'/1ºT (1-0) e Léo Cittadini, 29'/2ºT (2-0)

SANTOS: Aranha; Galhardo, Gustavo Henrique, Durval e Mena; Alison (Lucas Otávio 25'/2ºT), Alan Santos, Pedro Castro (Léo Cittadini 22'/2ºT) e Leandrinho; Neilton e Giva (Willian José 25'/2ºT). Técnico: Claudinei Oliveira
CRAC: Aleks; Rodnei, Bruno Alves, Ben Hur e Rodrigo Crasso; Coquinho, Washington, Didi (Jonathan 8'/2ºT) e Diogo Medeiros; William Amendoim (Marcelo 30'/2ºT) e Danilo. Técnico: Marcelo Rocha.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS

Aranha: Poucas defesas durante a partida. Quase levou um gol por estar adiantado – 5,5
Galhardo: Depois que ganhou a sombra de Cicinho, resolveu jogar. Deu assistência no primeiro gol – 6,5 
Gustavo Henrique: Seguro e sério na defesa, além de oportunista nas bolas aéreas no ataque – 7,0 
Durval: Deu dois contra-ataques para o Crac e alguns carrinhos no vazio – 5,0 
Mena: Estréia satisfatória do chileno. Não vai a linha de fundo, mas marcou bem – 6,0
Alison: Ladrão de bola. Roubava e entregava como normalmente faz um volante – 6,0 
(Lucas Otávio): Jogou pouco. Não comprometeu – 6,0 
Alan Santos: Um primeiro tempo perfeito. Tem classe, joga de cabeça em pé – 7,0
Pedro Castro: Substituiu Montillo e poderia ter aproveitado melhor a oportunidade. O péssimo estado do gramado não o ajudou – 5,5 
(Léo Cittadini): Além de bom jogador, tem estrela. Entrou e marcou seu primeiro gol entre os profissionais – 6,5
Leandrinho: Não brilhou como domingo passado, mas tem muito potencial – 6,5 
Neilton: Melhorou no segundo tempo e deu bela assistência para William José no gol de Cittadini – 6,5
Giva: Só apareceu durante a partida na segunda etapa – 5,5
(Willian José): Perdeu um gol incrível – 4,5 
Técnico: Claudinei Oliveira: Armou um time só com garotos e ao lado do técnico Marquinhos Santos (Coritiba) são as grandes revelações da nova geração de treinadores do país - 7,0


Bom senso

Senhores dirigentes do Santos, tenham o bom senso de convidar o G10vanni - o Messias da Vila, para o jogo em Barcelona - Sem mais!

(Às 07h35 desta quinta-feira (25), recebi uma mensagem de uma pessoa influente dentro do Santos FC que me garantiu que Giovanni já foi convidado pessoalmente pelo presidente Luís Álvaro de Oliveira Ribeiro para ir a Barcelona, como Embaixador do clube. O ídolo santista ainda não respondeu se vai aceitar. Da mesma maneira que cobrei o convite, aplaudo a atitude).




 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by