FOTO CAPA

MENINOS QUEBRAM O TABU

Postado às 23h49 deste sábado, 13 de Julho de 2013
O Santos conquistou sua terceira vitória consecutiva no Brasileirão e pulou para 11 pontos na tábua de classificação. O time de meninos do técnico Claudinei Oliveira goleou a Portuguesa por 4 a 1 na Vila Belmiro. os gols do Santos foram marcados por Neílton (duas vezes), William José e Giva.

Com o resultado, o time praiano quebrou um incomodo tabu de não vencer a equipe rubro-verde há 13 anos em competições nacionais, conseguiu o melhor resultado na temporada diante de sua torcida (a maior goleada segue sendo contra a Barbarense, mas a partida foi na casa do adversário) e de quebra, pelo menos até este domingo, fica entre os cinco primeiros colocados.

O Peixe começou arrasador. Com um minuto de partida já abriu o placar com Neílton. Wiliam José de cabeça ampliou aos 10 para 2 a 0 e depois o time deu uma diminuída no ímpeto. Se não fosse Aranha, a vantagem poderia ter sido diminuída pelo time do Canindé, ainda na primeira etapa.

Nos 45 minutos finais, Neílton marcou um gol digno de Neymar, após deixar o lateral lusitano, Luís Ricardo, estatelado e mesmo sem ângulo marcar o terceiro. Para completar, Giva, "o homem que fede a gol”, também guardou o seu.

Que o torcedor santista merece comemorar o resultado é fato, mas o alvinegro praiano tem algumas carências. O treinador Claudinei Oliveira tem sido o grande responsável em comandar os jovens, mas precisa ter muito cuidado. 

O momento é de transição no clube, que tem problemas seríssimos fora das quatro linhas e essa juventude que conquistou três vitórias seguidas, com um empate pífio no meio de semana na Copa do Brasil, demonstra que o time vai oscilar, o que é natural pela baixa média de idade do meio para frente e, em um campeonato duro como o Brasileiro, é necessário equilíbrio, estabilidade. 

Que a diretoria santista saia dessa impotência nas contratações de reforços e que possa dar material humano ao treinador, para aí sim, o Peixe sonhar com voos mais significativos. Com mais duas peças, o Peixe tem tudo para alcançar esse equilíbrio entre a juventude e a experiência, mas precisa de uma referência, algo que hoje o clube não tem. 

FICHA TÉCNICA
SANTOS 4 X 1 PORTUGUESA
Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data e hora: 13/7/13, às 18h30
Árbitro: Rodrigo Guarizo F. do Amaral (SP)
RENDA/PÚBLICO: R$ 169.191,00/5.860 pagantes
CARTÕES AMARELOS: Galhardo (SAN); Ferdinando (POR)
GOLS: Neilton, 1'/1°T (1-0); William José, 10'/2ºT (2-0) e Neilton, 30'/2ºT (3-0); Bruno Moraes, 42'/2ºT (3-1); Giva, 46'/2ºT (4-1)
PORTUGUESA: Lauro; Luis Ricardo, Lima, Valdomiro e Rogério (Jean Mota - 31'/2ºT); Ferdinando, Souza, Correa, Cañete e Matheus (Bruno Moraes - intervalo); Diogo (Moisés - 37'/2ºT). Técnico: Edson Pimenta.
SANTOS: Aranha; Galhardo, Edu Dracena, Durval e Léo; Alan Santos, Cícero, Leandrinho (Alisson - 26'/2ºT) e Montillo; Neilton (Giva - 31'/2ºT) e Willian José (Henrique - 37'/2ºT). Técnico: Claudinei Oliveira.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS

Aranha: Fez duas belas defesas no primeiro tempo – 6,5 
Galhardo: Apoiou melhor do que nas partidas anteriores – 6,0 
Edu Dracena: Pra quem não atuava há 35 dias, atuação segura. Deu azar ao escorregar no lance do gol lusitano – 6,5 
Durval: Não comprometeu – 6,5 
Léo: Teve o trabalho facilitado por não ter que marcar ninguém – 6,0 
Alan Santos: Marcou e distribuiu bem no primeiro passe – 6,5 
Cícero: Vem crescendo jogando na sua posição – segundo volante – 6,0 
Leandrinho: Não é veloz, mas tem bom passe e cadencia o jogo. Bela assistência no primeiro gol – 6,5
(Alisson): Marcação firme e forte – 6,0 
Montillo: Sob o comando de Claudinei, foi o único jogo que não brilhou. Ainda assim, participativo -6,5 
Neilton: O nome do jogo. Marcou dois e um deles lindo – 8,0 
(Giva): Estupidamente bafejado pela sorte. Sempre bem colocado – 7,0
Willian José: Sem recurso técnico, explora bem as jogadas aéreas. Marcou um gol – 6,0
(Henrique - 37'/2ºT): Jogou pouco tempo – sem nota 
Técnico: Claudinei Oliveira: É o principal responsável em dar padrão durante a competição em um time que com exceção da defesa, basicamente formado por meninos – 7,0

Foto: Love em ação na Vila Belmiro
Durval fica e Love recebeu proposta, mas não vem

No inicio da tarde deste sábado (13), o blog obteve a informação exclusiva (publicada nas redes sociais - twitter e facebook) de que o treinador Dorival Junior pediu aos dirigentes do Vasco da Gama que contratassem o zagueiro santista Durval. Caso o defensor atuasse nessa rodada (como de fato aconteceu), o atleta ficaria impedido de realizar a transferência, pois completaria sete jogos com a camisa santista que o deixaria impossibilitado de se transferir para algum clube da série A.

Já na Vila Belmiro, em entrevista a este repórter na Super Rádio TUPI/SP (1.150 AM), o vice-presidente santista, Odílio Rodrigues Filho confirmou a informação: 
A informação está correta, recebemos a proposta na manhã deste sábado do Vasco, mas não nos interessou, pois o Neto (zagueiro) está se recuperando de uma contusão, o Dracena está voltando hoje e só teríamos mais dois jovens (Jubal e Gustavo) à disposição da Comissão técnica, portanto, o Durval fica” garantiu um dos gestores.
O dirigente também confirmou outra informação exclusiva que o blog obteve. O time praiano tentou a contratação do centroavante Vágner Love, mas o clube da Rússia não se interessou em ouvir a proposta santista: 
Realmente nós fizemos uma proposta ao CSKA, clube do Vágner (Love), mas eles não aceitaram sequer abrir negociação conosco”, revelou Odílio.   
Outra dificuldade que o Santos teria na tentativa de repatriar “o artilheiro do amor” é que o C.R. do Flamengo, quando devolveu Love ao clube russo, colocou uma cláusula em seu contrato, de que se o jogador voltasse em menos de dois anos pra defender qualquer clube brasileiro, o CSKA teria que ressarcir o clube da Gávea em 4 milhões de euros, valor que os cariocas pagaram na primeira parcela para contratar o jogador em definitivo em 2011 e não conseguiram pagar o restante, por isso, devolveram o centroavante.



 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by