FOTO CAPA

DECEPÇÃO

Postado às 02h05 desta quinta-feira, 11 de Julho de 2013
Na primeira partida sob o comando de Claudinei Oliveira que o Peixe entrou na condição de favorito, a equipe decepcionou os quase 4 mil pagantes que compareceram ao Estádio da Vila Belmiro e apenas empatou com o desconhecido Crac-G0 em 1 a 1, pela terceira-fase da Copa do Brasil. O jogo de volta, acontecerá dia 24, em Catalão-GO.  Um empate sem gols classifica o time goiano para as oitavas de final. Um novo 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis, enquanto qualquer outra igualdade beneficia o time da Vila. O gol santista foi marcado por Leandrinho.

Como bem próprio de um time em formação, onde joga bem uma partida e no jogo seguinte, não consegue manter a regularidade, o Santos demonstrou pouco ímpeto contra um adversário que está na lanterna de seu grupo na série C do Campeonato Brasileiro. Ainda assim, se não fosse à má pontaria, principalmente de William José, o time praiano teria conseguido um placar maior do que a vantagem mínima que levou para os vestiários, ao final do primeiro tempo.]

Mas como o que está ruim pode ficar ainda pior, o Peixe voltou ainda mais apático para a segunda etapa e com uma displicência exacerbada, levou o empate para somente após acordar. Após a igualdade, o treinador Claudinei Oliveira efetuou as demais substituições, o Santos ainda colocou duas bolas na trave do goleiro Aleks, mas o gol não saia.

Já nos acréscimos, Léo sofreu um pênalti que a arbitragem não marcou, mas pela diferença técnica e econômica das equipes, não dá para chorar o “leite derramado” em razão do erro de arbitragem. O time jogou mal, mereceu o castigo e vai ter de fazer a lição fora de casa para seguir adiante no caminho mais fácil para voltar a Libertadores da América, o ano que vem.

O Santos volta a campo no sábado (13), contra a Portuguesa de Desportos, pelo Campeonato Brasileiro. O zagueiro Edu Dracena recuperado de contusão deve ser a novidade.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 1 X 1 CRAC-GO

Estádio: Vila Belmiro, Santos (SP)
Árbitro: Leandro Júnior Hermes (PR)
Público/renda: R$ 108.690.00/3.800 pagantes
Cartões amarelos:  Alan Santos, Cícero (SAN); Pantico, Washington (CRA)
Gols: Leandrinho, 38'/1ºT (1-0); Ben-Hur, 21'/2ºT (1-1)

SANTOS: Aranha; Rafael Galhardo (Bruno Peres - 19'/2ºT), Gustavo Henrique, Durval e Léo; Arouca (Alan Santos - 28'/2ºT), Leandrinho, Cícero e Montillo; Neilton e Willian José (Giva - 22'/2ºT). Técnico: Claudinei Oliveira.

CRAC-GO: Aleks; Rodney, Bruno Alves, Ben Hur e Rodrigo Crasso; Coquinho, Washington, Wanderley (Didi - 11'/2ºT) e Héber; Jonathan (Diogo Medeiros - intervalo) e Pantico (Willian Amendoim - 15'/2ºT). Técnico: Marcelo Rocha

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS: 
Aranha: Ainda dá sinais de falta de ritmo de jogo, mas transmite segurança a defesa- 6,0
Rafael Galhardo: Dificuldades para marcar e pouca produção no apoio - 4,0 
(Bruno Peres): Perdeu a oportunidade aproveitar a chance de retomar a condição de titular. Apesar de ter chutado uma bola na trave, ficou devendo – 4,5
Gustavo Henrique: Não teve trabalho. Poderia ter antecipado ao zagueiro Ben Hur no gol do time catalão – 5,5
Durval: A exemplo de Gustavo, não teve trabalho – 6,0
Léo: Limita-se a apenas defender. Caiu na etapa final.  Pelo lado esquerdo, saiu o cruzamento que resultou no gol adversário – 5,0.
Arouca: Deixou o gramado lesionado e não evitou o cruzamento de Washington que originou o gol dos goianos – 5,0
(Alan Santos): Entrou ligado e deu mais velocidade ao meio-campo – 5,5 
Leandrinho: Marcou seu primeiro gol como profissional. Joga muito mais do que apresentou – 6,5
Cícero: Colocou uma bola na trave e só – 6,0
Montillo: O que mais tentou levar o time ao ataque. Tenta chamar a responsabilidade após a saída de Neymar– 6,5
Neilton: Não repetiu o bom futebol das últimas partidas – 5,0
Willian José: Tem dificuldades com a bola. Até os chutes, seu forte, não tem tido eficácia – 4,0
(Giva): Nesta partida apenas discreto – 5,0 
Técnico: Claudinei Oliveira: Poderia ter ousado mais nas substituições. Trocou apenas as peças, por substitutos das respectivas posições – 5,0


 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by