FOTO CAPA

PRONTO PARA SAIR

Postado às 23h02 desta sexta-feira, 28 de junho de 2013
Um dos mais vitoriosos goleiros na história do Santos. Foram 194 jogos com o manto alvinegro, dois campeonatos estaduais, uma Copa do Brasil, uma Recopa Sul-Americana; além de um vice-campeonato Mundial e uma Libertadores da América, sendo um dos grandes protagonistas da maior conquista do clube, nos últimos 50 anos. Esta é a história de Rafael, em três anos como profissional do Peixe. O goleiro pegador de pênaltis, que já defendeu a Seleção Brasileira, está muito próximo de ser contratado pelo Napoli/ITA, em um contrato de quatro anos.

O blog apurou que entre o camisa 1 do Peixe e o clube da região Sul da Itália está tudo acertado. Falta o acerto com o Santos.

O clube dirigido pelo técnico Rafa Benitez (que fez diversas ligações telefônicas para o goleiro do Santos e afirmou que pretende contar com ele) vai oferecer na próxima segunda-feira (1), quando oficialmente abrirá o mercado internacional de transferência- 5,2 milhões de euros (aproximadamente R$ 16 milhões) para levar para o velho continente, um dos melhores goleiros em atividade no Brasil.

O vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues Filho, em contato telefônico com o blog, no fim da tarde desta sexta-feira (28), negou que a proposta oficial do clube italiano já estivesse em posse do Santos:
Estou indo para o Rio de Janeiro e deixei a Vila Belmiro há cerca de meia hora. Até o momento que eu saí de lá, não havia chegado nada” garantiu o dirigente.
Em contato com dirigentes do Santos, apuramos que os mesmos pretendem receber aproximadamente 5,5 milhões de euros pelo atleta. Já os napolitanos, aguardam Rafael já para esta próxima quarta-feira (3), para que o jogador possa começar a pré-temporada de treinamentos com a ex-equipe do craque Maradona, que brilhou pelo clube nos anos 90.

O blog tentou manter contato com o goleiro Rafael, mas não obteve sucesso, pois o celular do jogador encontrava-se deligado até o fechamento desta matéria.


Vídeo: Cicinho e Mena chegam ao Santos.

Em 2010, nos Estados Unidos, eu almocei com o elenco considerado reserva do Santos, que foi enfrentar o Red Bull em Nova Jersey, território norte-americano. Na ocasião, eu disse na frente de todos, que Rafael seria o goleiro titular do Santos, e em um curto espaço de tempo, acreditava que ele chegaria a Seleção Brasileira, algo que acabou se concretizando. A época, Rafael era apenas o quarto goleiro dos profissionais.
"Todos os clubes tem um bom goleiro, mas só o Santos tem Rafael". 
Parece que a frase acima que usei tanto nas transmissões esportivas de rádio em que trabalhei, está próxima de deixar de existir.

O Santos é dono de 70% dos direitos econômicos de Rafael.





 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by