FOTO CAPA

AINDA ESTÁ DEVENDO

Postado às 20h13 deste sábado, 16 de março de 2013
Atualizado às 19h25 deste domingo, 17 de março de 2013: Com as previsíveis vitorias de São Paulo e Ponte Preta, o Peixe terminou a rodada na mesma posição que iniciou - 3o. lugar.

Na reedição da final do estadual de 2012 e vivendo momentos totalmente distintos, o Santos venceu o Guarani por 2 a 1 no estádio da Vila Belmiro, na tarde deste sábado (16). Os gols do Peixe foram marcados por Montillo e André. Com o resultado, o clube praiano chegou a 24 pontos e assumiu a liderança provisória da competição (pelo menos até domingo, quando Ponte Preta e São Paulo podem ultrapassar o Glorioso).

O time de Muricy Ramalho tinha muitas dificuldades para furar a retranca do Guarani, mas em um contra-ataque que começou com uma cabeçada do zagueiro Edu Dracena no campo de defesa, Montillo, que vem entrando em forma e tecnicamente sabe jogar, abriu o placar. Foi o primeiro gol do argentino pelo Santos no estádio Urbano Caldeira.

No intervalo da partida ao microfone da Super Rádio TUPI/SP, o craque Neymar disse o seguinte: 
“Faz tempo que eu não dava trabalho para adversário nenhum, mas eu voltei” brincou a joia da camisa 11. 
E ele voltou mesmo. Logo no inicio da etapa complementar, Neymar fez uma fileira na zaga bugrina e deixou André na cara do gol para ampliar – 2 a 0. Em seguida, Tiago Pagnussat diminui para o atual vice-campeão paulista.

Apesar da vitória, o alvinegro tanto teve condições de ampliar o resultado, e se não fosse o goleiro Renan, o placar poderia ser dilatado; como o time de Muricy Ramalho conseguiu a proeza de levar pressão do 18º colocado da competição, dentro de casa nos minutos finais da partida. Por pouco, o pior não aconteceu.

Para a próxima partida na quinta-feira (21), também no estádio da Vila Belmiro contra o Mirassol, Cícero que levou o terceiro cartão amarelo fica de fora. Além dele, Neymar e Montillo servindo as seleções Brasileira e Argentina, respectivamente, também não atuarão. O treinador santista garantiu durante a entrevista coletiva após a partida que se Miralles estiver bem, ele retorna ao time. 

FICHA TÉCNICA
SANTOS 2 X 1 GUARANI
Local: Vila Belmiro, Santos (SP)
Data/Hora: 16/3/2013 - 16h
Árbitro: Rodrigo Guarizo Ferreira (SP)
Renda/Público: R$ 312.220 / 10.865 pagantes
Cartões Amarelos: Cícero (SAN); Tiago Pagnussat e Boiadeiro (GUA)
GOLS: Montillo, aos 34'/1ºT (1-0); André, aos 3'/2ºT (2-0) e Tiago Pagnussat, aos 13'/2ºT (2-1)
SANTOS: Rafael; Bruno Peres, Edu Dracena, Durval e Emerson Palmieri; Renê Júnior, Arouca, Cícero e Montillo; Neymar e André (Giva, 24'/2ºT). Técnico: Muricy Ramalho.
GUARANI: Renan; Boiadeiro, Tiago Pagnussat, Cássio e Diogo; Ademir Sopa (Coutinho, 8'/2ºT), Mika, Dener (Cadu, 11'/2ºT) e Wilson (Juan Cominges, 35'/2ºT); Tiago Gentil e Ronaldo Mendes. Técnico: Branco.

NOTAS DOS JOGADORES DO SANTOS

Rafael: Quando chamado, deu conta do recado – 6,0
Bruno Peres: Apoiou bem no primeiro tempo. Já na marcação... 5,0
Edu Dracena: Sacrificado para cobrir a deficiência da marcação do lado direito da defesa. Por cima, foi bem novamente – 6,5
Durval: Não ganhou uma disputa no alto – 5,5
Emerson Palmieri: Ainda tímido, limitou-se a marcar e nisso foi muito bem – 6,0
Renê Júnior: Errou alguns passes que não costuma falhar. Marcou como um leão – 6,5 
Arouca: Discreto – 5,5
Cícero: Não reeditou outras boas atuações – 5,0 
Montillo: Nova boa partida do argentino que está entrando em forma e a técnica ele jamais esqueceu – 7,5 
Neymar: Bem melhor que nas últimas partidas. Pecou na finalização – 7,0 
André: Apesar do gol, não conseguiu tabelar com os companheiros – 5,0 
(Giva): Deu mais movimentação ao ataque. Tem tudo para amadurecer – 6,0
Técnico Muricy Ramalho: Apesar da vitória, não consegue dar padrão a equipe. Na segunda etapa o meio-campo dava bicões para Neymar resolver na frente – 5,0









 

Copyright © Ademir Quintino All Rights Reserved • Design by